O Orkut, a Polícia Federal e a privacidade

por Alexandre Fugita

[Orkut] Uma notícia que me chamou atenção é que a Polícia Federal[bb] ganhou acesso especial ao Orkut. Segundo a matéria da Folha, agora eles podem rastrear IPs, tirar comunidades do ar, enfim, verificar pessoas. Os que me conhecem pessoalmente sabem que sou nada fã do Orkut. Sempre critiquei que lá a privacidade não existe, há muita exposição, essas coisas. Mas mesmo assim defendi o site de relacionamentos do ataque do Ministério Público meses atrás. Agora com a PF no Orkut, o melhor a se fazer é sair correndo de lá.

Só por curiosidade

Se você faz parte do Orkut[bb], que jogue a primeira pedra se nunca (nunca mesmo) vasculhou a vida de outra pessoa “só por curiosidade”. Nenhuma pedra será lançada. Faz parte da natureza humana querer saber as últimas fofocas das outras pessoas. Agora, a Polícia Federal tem acesso especial ao Orkut. Ora, agentes da PF são pessoas. Nada impede que “só por curiosidade” um agente federal vasculhe a vida de outras pessoas que nada tenham a ver com as investigações em andamento. Como já disse, faz parte da natureza humana.

O mais grave deste acordo do Google[bb] com a PF é que o acesso privilegiado não necessita de qualquer tipo de autorização judicial. É só chegar lá e vasculhar a vida de quem os policiais quiserem. Fácil assim. Abusos serão cometidos.

O Brasil, as tecnologias e a privacidade

Esse mês foi terrível em termos de atentados à privacidade por parte de órgãos do governo brasileiro. Um Senador fora de si queria aprovar um projeto de lei obrigando a todos se identificarem na internet, mandando documentos, essas coisas… Um órgão fiscalizador resolveu rastrear obrigatoriamente a localização todos os carros deste país. E agora a Polícia Federal tem acesso privilegiado à maior comunidade virtual do Brasil.

Não sei quanto à você, mas esses abusos me preocupam. Se as pessoas querem se interagir em uma comunidade virtual, que deixem elas em paz, nada de Polícia Federal. Se precisam ir a algum lugar com o carro, que ninguém saiba sua localização. Se você quer comentar aqui neste blog, que não necessite de documentação. Pronto, é isso. Mas no andar dos acontecimentos só posso chegar à conclusão que a privacidade foi pro brejo.

Comentários do Facebook

Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /var/www/vhosts/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273