Finalmente alguém processa o YouTube - Techbits

Finalmente alguém processa o YouTube

por Alexandre Fugita

[YouTube] Música de fundo, trechos de filmes ou programas de TV. Todos sabem que no YouTube boa parte do material publicado pelos usuários fere de alguma forma direitos autorais. Mas até agora ninguém processou o site por causa disso. Muito pelo contrário, as empresas de mídia e conteúdo fecharam acordos com o YouTube para não ficar de fora do hit do momento. Só que finalmente alguém resolveu processar o YouTube e, surpreendentemente, não é por causa de direitos autorais.

[atualização em 8/1/7]: leia também sobre o YouTube e o caso Cicarelli

UTube.com

A Universal Tube é uma empresa que fabrica tubos, canos e outros equipamentos, cujo site UTube.com está recebendo uma quantidade enorme de visitantes que o confundem com o seu quase homônimo e ligeiramente mais famoso YouTube.com. A empresa tem 22 anos de mercado e seu site está no ar desde 1994. Mas desde a venda do YouTube para o Google, constantemente o UTube.com fica fora do ar devido à quantidade enorme de acessos em uma espécie de DDoS involuntário por parte dos internautas.
[utube.com] Só pra ter uma idéia antes recebiam 1500 visitantes únicos por mês. Agora esse número subiu para 2 milhões. É o sonho de qualquer site mas uma verdadeira dor de cabeça para uma empresa que negocia basicamente pela internet e está perdendo clientes com um site fora do ar. A Universal Tube diz que já teve que mudar de servidor 5 vezes e que o custo com o tráfego aumentou 100 vezes.

No processo a UTube.com exige que o YouTube mude de nome para evitar ser confundido com fabricante de canos. Também deve aproveitar para tirar uns trocados do site famoso.

YouTube e os vídeos fora do ar

[Comedy Central] Mesmo antes da venda para o Google, o YouTube já retirava vídeos com material ilegal do seu site. Bastava os donos do conteúdo solicitarem. Eu já havia me deparado com uma mensagem informando que determinado vídeo não estava disponível por problemas de direito autoral. Mas isso nunca foi notícia… pelo menos antes da venda.

Agora, qualquer vídeo retirado vira notícia. Tivemos o caso dos vídeos de canais de TV japoneses retirados do ar que gerou especulações sobre o começo do fim do YouTube. E mais recentemente vídeos do Comedy Central, canal humorístico da TV americana que também saíram do ar e foram parar nas manchetes por toda a web. Neste último caso um acordo fez tudo voltar à normalidade.

Torço para que todos os vídeos continuem no YouTube e que essa seja a revolução que nós consumidores desejamos quando se fala de distribuição de conteúdo.

[atualização em 8/1/7]: leia também sobre o YouTube e o caso Cicarelli

Comentários do Facebook
23 comentários
  1. Hahaha! que comédia!
    Agora todo mundo vai querer tirar uma lasquinha né?
    Mas, é simples, é só o google hospedar o site deles lá dentro de mountain view.
    Banda lá é o que não falta! :D

  2. Ninguém gasta tempo e dinheiro processando pé-de-chinelo, né?
    Parabéns pelo site, cada dia melhor.

  3. Olá Rafael!

    Pois é… ou o Google hospeda lá nos servidores deles (pouco provável) ou a empresa muda de nome para UniversalTube.com, sei lá… Mas eu ia ficar feliz se confundissem o nome do meu site com algum famoso por aí, hehehe!

    Se vc procurar no Google por UTUBE em português (pesquise “UTUBE – youtube”) verá que muita gente refere-se ao YouTube como UTube… sério mesmo!

  4. Olá Bia!

    Agora com os bolsos cheios do Google pode chover processo. Mas “dá medo” pois o Google deve ter ótimos advogados pelo menos quando se fala de direito autoral.

    E também talvez as empresas de conteúdo podem nem processar o YouTube pela mesma razão que é ótimo aparecer no Google: gera mais visibilidade.

    Agradeço novamente o elogio!

  5. Se eu fosse o dono dessa empresa, gastava a grana necessária num servidor que aguentasse o tranco e investia era no Google AdSense.
    Com uma visitação dessa, ía tirar brincando os custos do servidor e talvez descobrir uma bela renda extra.

    Porque uma coisa dessas nunca acontece comigo!!! :D

    Um Abraço.

  6. Olá Silvinho!

    Juro que pensei a mesma coisa… afinal maior visitação significa maior possibilidade de receita para um site! Mas o Google pune sites que são ad-farms ou link-farms banindo-os do Adsense e do mecanismo de busca. Mas para um blog seria uma benção! hehe!

  7. […] […]

  8. 8. Langstain Almeida disse em 6 nov 2006 - 10:20

    O Google é um órgão privado de prestação de serviço público. O site prejudicado é privado com função privada, atendendo a um clientela restrita. O interesse público deve estar acima do privado, motivo pelo qual o site Utube deve se retocar o suficiente para não tirar proveito individual da procura do Youtube. Se o Utube não sofrer a modificação necessária, isto deve ser feito por força de sentença judicial.

  9. Olá Langstain!

    O que aconteceu foi uma coincidência fonética. Eu, na primeira vez que ouvi falar do YouTube, imaginava que estavam falando da banda U2. Fui acostumando o ouvido para perceber que falavam de um novíssimo serviço de vídeos na internet. A empresa de tubos UTUBE teve a “sorte” ou “azar” de ter um nome foneticamente muito parecido com o de um site que tornou-se sucesso mundial.

    Acho que uma solução intermediária que não envolvesse a mudança dos nomes das organizações envolvidas seria o ideal.

  10. 10. Fabricio Campos disse em 8 jan 2007 - 14:09

    Eita mesmo sendo parecido é um pouco dificil confundir… e mesmo assim não iam se confundir 2 vezes ¬¬Utube pra Iu Tube sei la =)

    só pra comenta vlw ! (y)

  11. Olá Fabrício!

    Sim, aparentemente é difícil confundir. Mas qdo ninguém conhecia, UTube soava igual a YouTube ou até, U2, aquela banda. E a confusão estava armada.

    falou!

  12. 12. Francisco Alves disse em 20 jan 2007 - 16:10

    Uma empresa de canos processo o utube…

    Isso é gravissimo!

  13. Francisco,

    Realmente, gravíssimo, hehehehehe! O título do post foi proposital pra chamar a atenção mesmo. Na época as discussões eram para saber quem seria o primeiro a processar o YouTube por violação de direitos autorais. E no final foi uma fábrica de canos que tomou a iniciativa, hehehe! Achei divertido criar um post sobre isso, hehehe!

    Até!

  14. Excelente post ! Não sabia desta história. Vou pesquisar pela net para saber como acabou esta história. É um ataque DDOS involuntário !

    òtimo post.

  15. Dominio,

    Essa história é interessante, né? Mas não faço idéia de como tenha terminado. Provavelmente a Big Company Inc. (GooTube) deve ter pago as despesas da UTube e feito algum acordo para trocarem de site, sei lá… Ou o GooTube passou a hospedá-los de forma que o servidor agüenta qualquer tranco.

  16. […] de Apoio: Finalmente alguém processa o YouTube do blog […]

  17. Que fim levou o UTube.com?…

    Meses atrás, quando o Google comprou o YouTube, um site chamado UTube.com foi bastante afetado. O nome YouTube pode parecer fácil agora, mas muita gente não sabe como escrever isso. Então iam ao mecanismo de busca mais próximo, ou à barra de ende…

  18. […] começo a UTube relutou e chegou a exigir que o Youtube mudasse de nome. Mas a poeira abaixou e a inteligência venceu: que tal usar esses usuários confusos parar gerar […]

  19. 19. Douglas Stuart disse em 8 out 2012 - 22:49

    ese you tube e uma merda ele nao carega os videos

  20. 20. Joaquin Barbosa disse em 21 jan 2013 - 11:07

    eu quero processar o youtube por ficar dando erro e n da pra ve os videos

  21. essa pocaria n abre as pagina q eu quero ver e nem carega os vidios

  22. PORCARIA CARREGA N CARREGA OS VIDEOS

  23. porcaria carrega…. meu…..

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email