IE inseguro por 284 dias em 2006

por Alexandre Fugita

[Internet Explorer] Na minha batalha diária pela adoção do uso do Firefox, tento convencer os usuários do Internet Explorer de que usam um navegador inseguro. Toda segunda terça-feira do mês a Microsoft libera correções para o Windows, em sua maioria corrigindo problemas do IE. Como o Internet Explorer 6 é um software antigo e cheio de falhas, muitas vezes no dia seguinte às correções novos problemas são detectados. É o chamado Zero Day Exploit. A correção, quando vem, demora pelo menos 30 dias. Uma empresa chamada Security Fix, pesquisando o tempo que leva para fornecedores de software corrigirem falhas conhecidas, concluiu que no ano de 2006 o Internet Explorer ficou exposto por 284 dias em um total de 365, ou seja, quase 80% do ano (ver gráfico). Se eu fosse você, trocaria agora de navegador.

Atirando a esmo, acertando em cheio

Acredito que boa parte dos leitores assíduos do Techbits têm cuidados de segurança acima da média dos internautas. Devem usar um anti-vírus, um firewall, talvez um roteador, não clicam em links suspeitos, baixam as últimas correções do Windows quase que imediatamente quando disponíveis no patch tuesday. Vocês estão a salvo de problemas. Mas existem milhões de usuários do Windows espalhados pelo mundo. E com certeza a maioria deles não segue esses procedimentos de segurança em seu uso diário.

No momento em que esses milhões de usuários leigos navegam pela internet, entram em sites aqui e acolá, certamente muitos deles cairão em armadilhas. E realmente caem. Acabam fazendo parte de botnets sem nem imaginar o que é isso, e ligam correndo para aquele amigo geek que sabe tudo de informática quando seu computador começa a se comportar de forma estranha. E aí fazemos as recomendações de sempre. Depois ficamos imaginando como isso pode ainda acontecer com as pessoas? Todos os dias milhares de novos internautas caem na rede. A Engenharia Social conta com a ingenuidade destes novatos para faturar uns trocados.

Existe um browser totalmente seguro?

Não. Nem o idolatrado Firefox escapa dos bugs de segurança. Você pode argumentar então que não faz sentido mudar para ele se vou trocar gato (IE6) por lebre (Firefox). Bom, em geral o Firefox exibe muito menos problemas do que seu concorrente do logotipo azul. E quando surgem falhas de segurança, logo são corrigidos. Não se fica 80% do ano exposto. Outra alternativa é atualizar para o Internet Explorer 7, supostamente mais seguro. Aqui atualizei há tempos, até fiz um review. Mas sinceramente, fico ainda com o Firefox.

Leia também:

Obs: o próximo patch tuesday ocorre no dia 09 de Janeiro de 2007

Comentários do Facebook
17 comentários
  1. 1. Neto disse em 5 jan 2007 - 10:17

    Falou Alexandre!
    E para mim nem tem muita conversa… rs
    O FireFox é o melhor navegador que existe!
    O IE 7 não me convenceu.

    Lembrando sua última indagação:
    Eu tinha um blog, sim! No blogspot.
    Mas como não tinha tempo para atualizá-lo devido aos estudos, acabei o deixando por lá. Era esse http://oespiritodaideia.blogspot.com/

    Mas, tenho planos de fazer imediatamente um novo blog em domínio próprio.
    Você conhece um bom sistema de hospedagem?
    Agradeço resposta.

    Abraços

  2. E o Opera, com fica nessa história?
    Acho que merece um reconhecimento também, não?
    Mais seguro que o lixo do IE eu aposto que é.

    Abraço e parabéns pelo blog.

  3. GOB, mais seguro que o lixo do IE tb não é tão dificil, afinal de contas a microsoft pensa que segurança é perguntar par ao usuario cada passo da execução, o usuario cansa tanto dos avisos q acaba clicando sim pra qq coisa!

    E sobre o IE, cada dia ele me impressiona mais, até onde e quando esse lixo vai se mostrar ruim ?

  4. Olá Neto!

    Pra mim tbém… Firefox na cabeça! hehehe!

    Esse seu blog antigo eu já visitei. Nem suspeitava que era seu, hehehe!

    Olha, sou suspeito pra falar, recomendaria o Dreamhost (minha hospedagem), mas pode ser só pq quero te empurrar um cupom de desconto que rende uns trocados pra mim… O Cardoso recomenda o BlueHost… mesma coisa… rende uns trocados pra ele… Então não sei, hehehehe!

  5. GOB,

    É mesmo… sempre esqueço do Ópera… acho que vou fazer um review dele aqui no Techbits. E tbém deveria fazer um review do Safari, hehehe!

    De qualquer forma é o que vc comentou: com certeza são mais seguros que o IE…

  6. Rangel,

    nossa, é isso mesmo! tantas janelas de confirmação que ninguém lê mais! O meu antigo software firewall (aboli totalmente, agora uso roteador) ficava toda hora perguntando coisas. Eu sempre dava ok, nunca bloqueie algo, imagino. Que segurança é essa, né?

  7. […] o Asa destacou é a segurança do Firefox. Citou aquele estudo que mostrou que o Internet Explorer ficou exposto a vulnerabilidades por 284 dias em 2006 enquanto que o navegador da raposa teve uma janela de apenas 9 dias. Salientou também que […]

  8. […] como CSS, HTML, FLASH, etc é algo impressionante. Além de ter sido considerado o navegador mais inseguro de […]

  9. 9. Mauricio disse em 28 nov 2007 - 12:27

    Dizer que um Fiat utilizado nas corridas de fórmula Fiat é mais rápido que aquele que anda nas ruas é obvio! Agora minha pergunta é: Qual deles pode te oferecer mais conforto, aquel que é depenado para ficar mais leve e por isto corre mais ou aquele que vem de fábrica com todos os acessórios disponíveis? Pq vocês acham que o FireFox é mais rápido que o IE? Simples! O FireFox não tem a maioria dos recursos que o IE possui como padrão (já instalados).

    Vocês devem ser adeptos tb do Linux acertei!…rsss

    Como desenvolvedor de sistemas baseados na web, vejo de perto a dificuldade de se implementar no FireFox, e estou falando de javascript, .net 2 e XML….acho um absurdo uma rotina simples escrita em js não rodar no FireFox….

    Quanto ao Linux, sem comentários….

    Só para finalizar…já utilizei ao longo de 20 anos todo o tipo de sistema operacional, até mesmo o OS/2 agora conhecido como OSX que rodava na época em equipamentos PS2 (Personal sistem 2 da IBM), e até hoje nunca sequer ninguem conseguiu bater o windows ou o IE, por uma questão muito simples…ambos são desenvolvidos para facilitar e não para complicar, esta facilidade tem um preço mas que a maioria está disposta a pagar (estou falando da velocidade do IE), e realmente prefiro utilizar meu tempo para coisas mais úteis ao invez de ficar pensando numa rotina que funciona bem no IE e não no FF. Acho que realmente os desenv. do FF é que deveriam pensar em nós desenvolvedores e tentar normalizar o máximo possível seu produto como IE que hj é lider de mercado, quando eles pensarem assim volto a pensar em utilizar o FF ou outra ferramenta qualquer.

  10. Mauricio,

    Bom, se você é desenvolvedor web deve saber que existe uma tal de W3C. O IE não segue as regras básicas de padrões web. Por isso é um problema para todo desenvolvedor criar sites ou serviços padrões para ele e não o contrário como você afirma.

    O Firefox tem a vantagem de permitir milhares de pessoas desenvolverem suas funcionalidades. Não é fechado e não demora 5 anos para soltar uma versão nova. Respeita padrões web e é ótimo para desenvolvedores que sabem o que é W3C.

    IE é um erro, um bug que a Microsoft insiste em colocar no Windows. Sério, é uma verdadeira porcaria.

    Abraços!

  11. 11. Mauricio disse em 29 nov 2007 - 16:30

    Caro,

    conheço sim o W3C, e sua história que começou em 1994, um ano antes da primeira versão do IE que veio com o Win95 em agosto de 1995.

    Vamos pensar como empresário:

    80% dos usuários utilizam o IE para navegar na net, ou seja tenho que pensar neles prioritariamente e depois no restante que se dividem em Mozilla, FF, blablabla…Quem deve seguir quem? Meu amigo uma diga de negócio:

    “A vantagem é sempre de quem chegar primeiro!”

    Quanto a software livre, lembre-se que o Navigator era pago, mas graças ao IE foi disponibilizado na net grátis, depois seu código foi aberto e ai começou o destrambelhamento….

    Abraços!

  12. Mauricio,

    Claro, vamos pensar como empresários:

    Para desenvolver seguindo os padrões web gasto X. Para adaptar ao IE, vou dobrar ou triplicar o tempo de desenvolvimento e conseqüentemente os custos.

    Os 20% os usuários que não usam IE são os que fazem 80% das compras. Jogar fora esse mercado deve ser suicídio empresarial.

    Conclusão: vamos seguir os padrões. É melhor pra todo mundo.

    Abraços.

  13. […] no site via pesquisa Google. O post fala sobre os problemas de segurança do Internet Explorer – 284 dias inseguro durante o ano de 2006 – e recomenda o uso de outros navegadores como o Firefox. Nenhuma novidade, apenas uma […]

  14. 14. Mauricio disse em 5 dez 2007 - 19:52

    Caro amigo,

    certamente esta informação não confere com a realidade. Os únicos usuários de Firefox que conheço são Desenvolvedores, Tecnólogos e pessoas que gostam de tudo que é novidade (aventureiros), tipo aqueles que desembolsaram cerca R$ 1.5 por um Iphone pra no final descobrirem o que a Apple já sabia, que seu “aparelinho” era na verdade um grande equivoco, tanto que teve seu preço reduzido cerca de 30% após 3 meses ao lançamento, ou aqueles que achavam que o Second Live era a oitava maravilhosa do mundo. Mas voltando ao nosso assunto, esses usuários somam cerca de 20% do público e fazem parte do grupo economicamente ativo da internet, mas meu amigo dizer que eles representam 80% de tudo que é comprado na internet é um grande equivoco. Explico melhor, quantas mulheres você conhece com o perfil descrito acima, ou seja que gosta de tecnologia e vão atras de tudo que é novidade, ficam instalando e desistalando software na sua máquina? Eu não conheço nenhuma, mas sei que as mulheres sozinhas representam cerca de 42% dos internautas e são responsáveis por 38% de tudo que é comprado na Internet…qual será o navagador que elas utilizam, o Firefox ou o IE? … t+

  15. Mauricio,

    O perfil do usuário do Firefox não é mais esse. Talvez fosse assim uns dois anos atrás. Hoje o público do FF é muito mais amplo. Conheço muitas pessoas que usam o Firefox, sem qualquer distinção de sexo, padrão de vida, etc… Fechar os olhos para esse fenômeno é um erro grave. Recomendo ler meu outro texto que fiz, depois dos seus comentários aqui:

    http://techbits.com.br/2007/vamos-matar-o-ie6/

    Abraços!

  16. […] como CSS, HTML, FLASH, etc é algo impressionante. Além de ter sido considerado o navegador mais inseguro de […]

  17. […] como CSS, HTML, FLASH, etc é algo impressionante. Além de ter sido considerado o navegador mais inseguro de […]

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email