Clown co.: o YouTube killer

por Alexandre Fugita

Ontem as redes de TV americanas Fox e NBC anunciaram a criação, para este ano, de mais um YouTube killer. Mas segundo o TechCrunch, há um pequeno problema: o serviço não tem nome e a piada interna dentro do GooTube chama essa associação de Clown co. (palhaço, pra quem não sabe). Por causa disso perderam várias oportunidades de divulgação e se demorarem muito para escolher um nome correm o risco do Clown co. tornar-se o apelido oficial do site a ser lançado.

Um pouco de história

Quando o YouTube surgiu todos ficaram maravilhados. Quando o site ficou famoso e os vídeos ilegais fazendo sucesso, as redes de TV ficaram com um pé atrás e preocupadas. Aí o Google comprou e os advogados ficaram atiçados. Alguns fizeram acordos como a BBC e outros processaram como a Viacom. Todas sabem que se não mudarem seu modelo de negócios vão perder dinheiro. Por isso essa idéia do YouTube killer.

Distribuição de conteúdo

Já falei várias vezes no Techbits e volto a repetir. O atual estado da distribuição de conteúdo não é nada favorável ao consumidor. O YouTube é o oposto da TV, por isso seu sucesso. Além disso as restrições são em parte responsável pelo surgimento do mercado paralelo de pirataria e P2P.

As criadoras de conteúdo estão preocupadas. Não sabem que direção tomar. O surgimento da Clown co. pode ser a mudança que todos esperamos. Ou não. O fato de somente duas empresas terem feito acordo para criação deste novo serviço pode ser sinal de problemas. Cadê os outros? Será que cada um vai tentar criar seu próprio YouTube killer? A Viacom já fez das suas, criou um site para assistir aos seus programas e tem acordo com o Joost (ver análise do Joost aqui), este sim um candidato fortíssimo a competidor do YouTube.

Vamos esperar pra ver. E o governo brasileiro ainda insiste em discutir e regulamentar a TV digital… Pra mim é uma tecnologia que quando surgir já estará morta.

Comentários do Facebook
5 comentários
  1. Fala Alexandre!

    Imagino a situação que estaria Steve Chen e Chad Hurley se o Google não tivesse comprado o YouTube. Provavelmente o YouTube teria sido extinto.

    Todos dizem que o Metacafe está se destacando, o Yahoo! Videos está crescendo, o UnCutVideo da AOL está criando bases e outras coisas… com certeza outros novos serviços de videos serão criados mas conseguirão se destacar? Tudo depende diretamente dos usuários.

    Abraços!

  2. Renê,

    Realmente eles estavam em uma sinuca de bico com as despesas lá em cima e a receita lá em baixo. Foi muito bom a venda para o Google.

    Sempre que surge um negócio inovador aparecem os seguidores. Em geral o pioneiro continua a dominar o mercado por bastante tempo, até surgir outro inovador. O Metacafe é interessante pois paga seus editores. O Yahoo! eu nunca entrei… esse da Aol nem sabia que existia.

    O que espero é que encontrem um modelo de negócios viável e que seja bom para o usuário e o YouTube parece estar no caminho certo.

    Abraços!

  3. […] disse muito bem o Alexandre Fugita no Tech Bits, enquanto acompanhamos essa briga lá fora, a TV Digital no Brasil é um sonho tão distante que […]

  4. estava esperando esse post há dois dias, hehe.

  5. Solon,

    Eu sou assim, tão previsível? hehe!

    Abraços!

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email