O grande problema da web como plataforma

por Alexandre Fugita

Fora do Ar Ontem pela manhã o serviço TinyURL estava fora do ar. Twitters de todo o mundo estavam em desespero pois os links enviados através da plataforma não funcionavam mais. Em Agosto o Skype sofreu um blecaute de alguns dias. Milhões de usuários, alguns dependentes do serviço para trabalhar, tiveram prejuízos incalculáveis. Mês passado, fui escrever um texto para o Techbits e o Google Docs tinha sumido. Qual é o ponto que quero chegar? O crescimento da web como plataforma esbarra em problemas de capacidade de serviços em se manterem on-line. Quando esse objetivo não é alcançado, Houston, temos um problema.

APIs, o ponto fraco da internet

Mashups são os serviços mais suscetíveis a problemas de downtime em outros serviços web. Ao usarem APIs de terceiros, disponíveis na internet para fazer a mistura de conteúdos, ficam dependente daquele serviço para funcionar corretamente. Vamos supor que seu mega serviço de localização de restaurantes via celular dependa das APIs do Google Maps para mostrar a rua daquela comida mineira fantástica. E se o Google Maps falhar? Você pode perder um usuário por culpa do Google.

Em casos de missão crítica, o ideal seria manter tudo o que é necessário para um serviço funcionar, sob sua responsabilidade. TinyURL no Twitter? Não, que criem sua própria ferramenta de URLs  pequenas. Google Docs totalmente on-line? Que exista uma opção que rode mesmo sem conexão com o servidor do serviço. Essa última opção está para surgir via Google Gears ou Firefox 3. Mas por enquanto, ficamos dependentes de muitos fatores.

APIs, o ponto forte da internet

Ao mesmo tempo que as APIs têm sua fraqueza, são exatamente o ponto forte da internet. Aplicações que antes ficavam confinadas a uma máquina podem dialogar com quem quiser através da internet. Dados são compartilhados, uma infinidade de possibilidades se abre. A atual geração de aplicações web está muito boa em termos de confiabilidade na entrega do serviço. Mas, você já sabe, se for missão crítica, pense duas (ou mais) vezes.

Comentários do Facebook
20 comentários
  1. 1. Baduel disse em 20 nov 2007 - 16:22

    Acho muito importante que se levante estas questões mais isto ,pego como exemplo google docs,pode ocorrer no seu desktop tendo algum problema….A questão e que se deve ter alternativas e isto que estes APIS nos trouxeram mais LIBERDADE mas INTERATIVIDADE e como você situou trabalho em conjunto de forma mas fácil…E novamente parabéns, pelas linhas traçadas…

  2. Bem legal abordar esse tipo de assunto Fugita. Esse realmente é um problema atual da web. Não é possível construir um negócio ou um aplicativo realmente sério em cima de APIs ou serviços que não nos forneça um SLA (service level agreement).

    Para prover um SLA, o fornecedor da API talvez tivesse que cobrar um determinado valor do desenvolvedor. Isso seria chato para aquele desenvolvedor que está apenas testando a API.

    Uma possível solução seria uma versão da API para testes (ambiente de desenvolvimento). E a mesma versão da API, em termos de funcionalidade, mas paga e com SLA (ambiente de produção).

    Desse modo seria possível construir aplicativos e negócios baseados em mashups e também seria criado um ecossitema mais sólido nesse contexto, tanto para o provedor da API quanto para o desenvolvedor.

  3. É, confesso que apesar de totalmente empolgado com todos esses serviços online, minha participação nos mesmos é ínfima.

    A não ser serviços como o “Del.icio.us”, serviço extremamente prático que faz que com possamos acessar nossos favoritos de qualquer lugar.

    Mas isto é tudo. Ainda reluto em deixar armazenados no GoogloDocs muitos de maus documentos, muitos deles até que confidenciais (e continuo utilizando a excelente ferramenta BrOffice/Openoffice). Apesar de toda a aparência de “bom menino” do Google, não seria de se espantar se isto mudasse de uma hora para outra.

    É esperar pra ver,e espero realmente que o Google continue sempre assim.

    Agraços!

  4. O melhor da blogosfera…

    O grande problema da web como plataforma, em Techbits.

    Anotações sobre o BlogCamp MG, em BlogCamp Brasil.

    Haicai, em Ter Par Pra Trepar.

    Porque a Lei de Murphy existe: dez filmes que comprovam a teoria, em Meu Doppelgänger Perdido.

    Novos…

  5. O Google Docs se tornou muito útil para mim nos últimos meses. Principalmente devido aos problemas com meu computador e o fato de postar coisas no meu blog direto do trabalho.

    Me ferrei há umas duas semanas: bloquearam o Google Docs no serviço. Não a página. Mas, quando logo, tem alguma palavra gerada pelo link que tornou o acesso proibido. Tsc.

  6. Eu ainda não consigo confiar totalmente nessas plataformas online… Ainda vou levar um tempo para me converter ao GoogleDocs.

  7. Pô Fugita! você que é mó arroz de festa em Blogcamps da vida só se inscreveu agora no de Curitiba!?

    Tava achando que vc não ia!

    Eu e a Amanda estaremos por lá!

    Abraços!

  8. Sobre missões críticas!!

    O ERP via WEB que eu desenvolvi para a Empresa que trabalho era para ser hospedado em um datacenter da vida.

    Só que como 90% dos acessos vinham da sede, achamos melhor deixar o servidor aqui mesmo, ganhando velocidade de acesso e também para não sofremos com uma possivel queda de sinal (tanto pelo datacenter quanto pelo speedy).

    Azar dos 10%, que nem sofreram tanto assim.

    Quem dera se pudessemos ter um “Google qualquer serviço” dentro da intranet da empresa… rs rs rs

  9. Fugita, gostaria que desse uma olhada no nosso novo projeto que estamos disponibilizando para nossos notebooks aqui no Brasil. Chama-se My Creation, é para Customização e personalização de notebook, pois verificamos a grande quantidade de pessoas que estavam fazendo este tipo de serviço por conta própria e estamos tendo sucesso. Se você gostar e tiver interesse em divulgar em seu blog, posso te mandar um release.
    Estou cuidando da parte On Line aqui da CCE Info e diariamente estou acessando seu blog, como outros de grande influência que temos aqui no Brasil.
    Acima de tudo te parabenizo pelo trabalho, e seu blog é muito útil para nós que atuamos no ramo da tecnologia, e já quero ter este primeiro contato não só como empresa, mais também pra minha vida particular que é de meu interesse estar atuando neste ramo.

    um forte abraço, e desde já agradeço a atençã.

    fico no aguardo da resposta!

  10. Também vejo esse mesmo problema, mas acho que se os serviços disponibilizassem as APIs e isso de algum jeito pudesse rodar direto dos servidores de quem utiliza seria sensacional.

  11. […] e um servidor que hospeda uma API cair ou der algum problema, o sistema ficaria inutilizável. Fugita que o diga. Se você dependesse do Google Docs e ele caísse, o que […]

  12. Seria utópico buscar uma rede que funcione 24×7 sem interrupções, garantindo assim que as requisições do mundo inteiro sejam processadas sempre? Tenho minhas dúvidas.

    Eu sempre mantive nos comentários aqui no Techbits a opinião de que ainda não dava para depender totalmente dos serviços web, e continuo sustentando essa idéia.

  13. […] a problemas de downtime em outros serviços web. Ao usarem APIs de terceiros, disponíveis na internet para fazer a mistura de conteúdos, ficam dependente daquele serviço para funcionar corretamente. […]

  14. […] A Web como plataforma: escalabilidade, vulnerabilidade e integração online/offline […]

  15. Baduel,

    Tento equilibrar aqui artigos exaltando as maravilhas do mundo on-line e também suas agruras. hehe!

    Hugo,

    Concordo plenamente. Como não tenho contratos de SLA com ninguém, por exemplo, aqui no Techbits evito colocar widgets de outros serviços. Só coloco coisas essenciais pois posso ficar dependente daquele serviços estar ok para o Techbits rodar redondo. O mesmo é válido para qualquer serviço web, mashup ou widget.

    Marcos,

    Documentos confidenciais ficam melhor mesmo no seu HD, desde que também muito bem protegidos! Quanto ao Google e o fato de um dia ele poder ser “evil”, já abordei esse assunto, ainda que de raspão, outras vezes. Entendo que na internet é fácil mudar de fornecedor, os concorrentes estão a um clique do mouse. Claro, não é tão simples assim, mas é parecido. Então o Google morre de medo de se tornar evil. Eu pularia fora em um instante!

    Pablo,

    Bom, há alternativas como o Zoho Office. Já tentou?

    Rodrigo,

    A grande vantagem é a colaboração e o fato de vc acessar de qualquer lugar. Isso é fantástico. Não teste, pq se vc testar não vai conseguir voltar atrás!

    Jonny,

    Nesse caso é melhor mesmo rodar o ERP localmente. Mas a plataforma continua a ser web, eba!

    Camilo,

    Bom, certamente surgirão soluções, talvez incrivelmente inovadoras, para tratar desse problema sério. Quem sabe uma base local que se sincroniza algumas vezes por dia?

    Thássius,

    Isso soa utópico demais, sim, hehe! Não dá pra depender para coisas de missão crítica da sua empresa. Mas para a maioria das coisas, sim.

    Abraços a todos!

  16. Realmente, deixar tudo on-line tem a vantagem de ser acessível de qualquer ponto do planeta, contudo assumir uma Internet 100% do tempo on-line é impossível.
    Daí é que entra o profissional de TI para dizer o que fica on-line e o que fica stand alone. O cenário ideal é uma aplicação híbrida e bem projetada para tal a fim de reduzir os pontos fracos de cada tecnologia e expandir os pontos fortes.

  17. Houston, we had a problem.

  18. A pergunta é: deixar os docs locais dá maior disponibilidade que deixar online?

  19. Petter,

    Fantástico o seu comentário. É mais ou menos isso, mas o profissional de TI tem medo e em geral prefere tudo em servidores locais.

    Semtex,

    Hehehe!

    José Antonio,

    Eu tenho acesso à internet 24h por dia através do smartphone. Consigo acessar meus docs a qualquer momento, em qualquer lugar. Chamo isso de disponibilidade! Claro, a internet pode cair, essas coisas, mas acredito que hoje em dia a rede esteja extremamente estável a ponto de muitos considerarem manter coisas on-line algo seguro.

    Abraços!

  20. […] o WPF. Num ambiente em que temos até “sistema operacional” online, apesar dos problemas que sabemos que existem, é consenso que quem apostar nisto agora, ou já tiver apostado num cenário […]

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email