Google: máquina de publicidade - Techbits

Google: máquina de publicidade

por Alexandre Fugita

[Google] Muita gente que converso não faz idéia de como o Google ganha dinheiro. Sempre faço a piada – sem graça, por sinal – perguntando se eles não pagam mensalidade para usar os serviços do Google. As pessoas ficam confusas… Aí explico que a busca, juntamente com algoritmos que traçam o perfil das pessoas, mais localização geográfica e outras variáveis são usados pelo Google para mostrar anúncios direcionados, com grande chance de atingir seu objetivo. E todos ficam maravilhados. Pois é, o Google é um CRM gigante que vende anúncios.

Google e DoubleClick

A notícia do fim de semana foi a compra da DoubleClick pelo Google pelo preço de dois YouTubes. A DoubleClick representa tudo que o Google nunca quis ser em termos de publicidade on-line. Com anúncios intrusivos, pouco relevantes, surpreende o acordo de 3,1 bilhões de dólares por uma empresa de publicidade on-line das antigas que fatura cerca de 10% disso por ano. O segredo está na aposta para o futuro e também no fortalecimento do Google em uma de suas competência principais: vender anúncios. Ao mesmo tempo evita que concorrentes como a Microsoft ou o Yahoo! se aproximem de seu domínio.

Monopólio

Agora surge a história de que a Microsoft está preocupada com o possível monopólio do Google quando falamos de publicidade on-line. Toda ironia vem do fato de que a Microsoft é uma gigante que sempre negou ter monopólio apesar de estar presente em quase todos os PCs do mundo. O mercado de sistemas operacionais é praticamente impenetrável, mas como os softwares estão migrando para a web o jogo está mudando rapidamente de lado. Com a emergência de gigantes da internet quem reclama agora de monopólio nas concorrentes é a própria Microsoft.

Diversificação

Mas o Google não está contente só com a web. Que anunciar em todos os lugares. Na TV, nos jornais, rádio, etc… Hoje mesmo acaba de anunciar uma parceria para anúncios em rádio com a Clear Channel, maior rede de rádios dos EUA. Se o Google conseguir criar formas de anúncio altamente relevantes em outras mídias, certamente não só empresas de publicidade on-line é que devem se preocupar e sim o mercado como um todo.

Comentários do Facebook
11 comentários
  1. É bom a Microsoft abrir o olho mesmo, pois o Google e a sua máquina de fazer dinheiro vão dominar o mundo como nós o conhecemos.

    Abraços

  2. Fugita, eu estava pensando em escrever sobre o que esta pensando o Google, que estratégia ele estaria desenvolvendo.

    Mas você “matou a pau”, ele esta querendo se tornar uma maquina de publicidade. Só falta agora eles comprarem o Spot Runner, algumas emissoras, produtoras e quem sabe até agências.

    Mas ele também esta criando um concorrente do PayPal, acho que so estamos enxergando a metade da estrategia.

    Será o Cerebro (do Pink e o Cerebro), o estrategista do Google ?

  3. É inevitável se perguntar “O que o Google vai fazer?”. Os caras compram muitas empresas, contratam muita gente e no que todo esse povo esta trabalhando? De blogueiro a criador do UNIX os caras contratam tudo quanto é cérebro brilhante.

  4. Nick,

    O ciclo atual mostra que o Google está com o atual modelo de negócios vencedor. Mas a gigante de Montain View se parece cada vez mais com a Microsoft há alguns anos atrás. Não duvido nada que com esse crescimento exagerado o Google vire um elefante como a Microsoft e surja uma nova e inovadora empresa que seja a nova candidata a conquistar o mundo.

    João,

    Na verdade o Google é fortíssimo em publicidade on-line. O negócio deles é gerar pouco dinheiro de milhões de fontes e assim ganhar rios de $$. Esse checkout já existe faz um tempo mas não sei pq estão dizendo que lançaram agora (culpa do IDGNow! que fez uma manchete errada sobre o assunto dias atrás.). Não sei se é o Cérebro pois eles só agem de noite. Mas o Google tenta dominar o mundo o tempo todo, hehehe!

    Vinícius,

    Eles querem juntar em uma só empresa tudo que é gente brilhante deste mundo. Pelo menos, por enquanto, estão saindo produtos e serviços bastante úteis e no estilo “don’t be evil”.

    Abraços a vcs!

  5. 5. gustav disse em 18 abr 2007 - 00:01

    O interessante é que o faturamento do google, e seu lucro liquido, é muit pequeno perto da MS!

  6. Gustav,

    Sim, bem menores. Mas no ano passado, no ranking da Forbes o Google cresceu uns 40% – foi a empresa que mais cresceu dentre as pesquisadas – enquanto a Microsoft ficou estável, sem crescer ou diminuir… Por isso a concorrência se preocupa.

    Abraços!

  7. Um fato que sempre me chamou a atenção foi que o Google, mesmo sendo uma empresa bilionária, com práticas agressivas de compra de outras empresas e crescimento vertiginoso, consegue ainda manter sua boa imagem, ao contrário da Microsoft.

  8. el poland,

    A Microsoft era assim alguns anos atrás, creio que uma década atrás. Mas agora virou “do mal”. O Google deve estar no mesmo caminho, vai saber…

  9. […] – Google: máquina de publicidade […]

  10. principalmente quem faz conteúdo, né?!

  11. Ceila,

    Exato. O Google propiciou todos os geradores de conteúdo a monetizarem seu trabalho. Terceirizou para eles o relacionamento com o comprador de publicidade. Ótimo, não?

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email