Google Code Jam: programe-se

por Alexandre Fugita

[Nerdson: Bom de bola] Se você achou graça na tirinha acima, esse post é pra você. Mas se não entendeu, mesmo assim continue lendo para não perder a viagem. A piada geek foi retirada do blog tmp/karlisson e, segundo o próprio Karlisson, “é altamente nerd“. O motivo para colocá-lo aqui é que vou falar sobre o Google Code Jam América Latina 2007, competição que premiará os melhores programadores (ops!) desenvolvedores da região. Se você se considera um deles, não perca tempo. O prazo para inscrições acaba em cerca de uma semana (23 de janeiro, 10h, hora de Brasília, -2:00 GMT) e há muitos brasileiros inscritos.

A competição

Você pode escolher uma entre cinco linguagens de programação disponíveis: Java, C++, C#, VB.NET e Python. Há três fases on-line, cronometradas, que vão eliminando os que pontuarem menos. Após essas peneiradas os até 50 finalistas ganham uma viagem a Belo Horizonte para participar da fase final nos escritórios da Google. Prêmios variam de 350 a 6 mil reais. É uma chance de chamar a atenção da gigante da internet e, quem sabe, arrumar as malas de vez para Minas Gerais ou, vai saber, para Califórnia. (obs: isso é apenas uma suposição…)

As regras – há muitas – são encontradas no site do Google Code Jam Latin America 2007. Se você realmente achou a piada do início do post divertida, vale a pena tentar.

(*) obs: o Google Code Jam está anunciando no Techbits. Estou escrevendo um post sobre o assunto pois pode ser de interesse de parte dos leitores do blog.

Comentários do Facebook
11 comentários
  1. Muito bom texto, excelente uso da tirinha, meus parabéns! :D
    Eu até participaria do Google Code Jam, mas não sou tããão bom em programação quanto gostaria. Boa sorte aos participantes brasileiros!

  2. Olá Karlisson!

    Eu é que agradeço a autorização para uso da tirinha. Como o assunto é relacionado achei divertido colocá-la neste texto, hehehe!

    Como assim não vai participar do Google Code Jam? Vc fez um jogo!! Eu vi e joguei, muito bom! Acho que vc deveria participar!

    Falou!

  3. Aê Alexandre!
    O Google Code Jam é mesmo a bola da vez para os programadores.
    É uma pena não poder participar quem trabalha com Ruby.
    É a minha linguagem de programação favorita.

    Sou fanático por Ruby on Rails ;-)

    Abraços

  4. Opa Neto!

    Eu tbém não sei programar nas linguagens disponíveis… Mas não é impossível aprender em uma semana (!) certo? hehe! Afinal é tudo muito parecido… só muda a sintaxe. Queria mesmo aprender Ruby, alguma dica?

    Abraços!

    obs: visitei seu novíssimo blog. Legal!

  5. Olá Alexandre!
    Obrigado pela visita (fico feliz que tenha gostado do blog- me sinto honrado)
    Quanto ao Ruby, está nos meus planos para estudar esse ano.
    Não sou muito entendido de Ruby, mas confesso que a facilidade de aprendizado dessa linguagem me motivou a querer aprendê-la ainda mais e melhor rs

    A única coisa que posso te afirmar agora é que, com o Ruby, você faz em uma semana o que passa uns 3 meses pra fazer com os códigos java.
    Por aí já dá pra ter uma idéia , não é? ;-)

    Obrigado e abraços! amigo!

  6. Ei, Neto!

    Já assinei seu feed! Será um prazer acompanhar seu blog, não tenha dúvidas!

    Ruby on Rails parece que está na moda, certo? Eu li sobre essa facilidade, achei interessante. Talvez tente aprender mais pra frente.

    Eu, pra falar a verdade, não domino nenhuma das 5 liguagens do Google Code Jam. Já mexi em uma, brinquei com outra… Sei que as linguagens de programação são muito parecidas umas com as outras (pelo menos as que conheço melhor, hehe). Já fiz muitos programas em variadas linguagens, ou seja, a lógica da coisa eu tenho experiência. Não decidi ainda se participo… é possível… só que precisaria estudar um pouco da estrutura da linguagem que escolher.

  7. O google code jam, assim como a maioria dos campeonatos de desenvolvimento são baseados em algoritmos e técnicas de programação. A linguagem não é importante, por isso existem várias opções. Entretanto é bom conhecer alguns macetes de cada linguagem e acostumar com o tempo e tipo de problemas para não esbarrar em problemas simples, como de leitura da entrada apenas.

  8. Opa Renato!

    Ah sim, o que importa é a lógica de programação e não a linguagem. Eles querem ver quem é “mais esperto” (no sentido de lógica matemática, essas coisas) que os outros, hehehe! E claro, ter alguma experiência com a linguagem é importante pois pode acontecer de alguma coisa vc não saber como se faz…

  9. Ahah, eu posso ter feito um jogo, mas isso não quer dizer que eu seja um bom programador. Posso conhecer várias linguagens e técnicas de programação, mas não tenho o “dom” da programação eficiente e rápida exigida para um concurso desses ;)

  10. Karlisson,

    Ô loco, não fala isso! Eu vi seu jogo, não é possível que vc não tenho o dom da programação! Imagina eu que nunca fiz um jogo, como devo estar me sentindo agora, hehehe!

  11. 11. Júlio disse em 19 jun 2008 - 11:14

    Pessoal alguém aqui já participou do code jam?
    Pensei em me escrever, quero saber se os algoritimos são todos em inglês, e se são muito complexos…
    Se alguém puder responder eu agradeço.

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email