Encontros e desencontros

por Alexandre Fugita

[Café.com Blog] Essa semana aconteceu em São Paulo o Café.com Blog de tecnologia, idealizado e promovido por Manoel Netto, Lúcia Freitas e Revista Bites. Dez blogueiros e vinte empresas misturados em um mesmo salão. A intenção do Manoel Fernandes, publisher da Bites, é exatamente promover a interação entre empresas e blogs. Nitidamente podemos notar que o ano de 2007, foi o ano que as empresas no Brasil despertaram para a existência desta comunidade influenciadora chamada blogosfera.

Achei a iniciativa da revista Bites fantástica e vai de ao encontro dos interesses de todos os envolvidos. Mas o formato da reunião foi um pouco engessado. Claro que uma desconferência não se encaixaria no modelo esperado por parte do público, mas acho que faltou um pouco mais de interação entre as partes, blogueiros e empresários. Uma das tentativas de quebrar esse gelo foi misturar o pessoal de terno com o de camisas (arquivo PDF, com uma descrição do encontro).

A presença de nomes de peso como Forrester Research, iG (sim, o Caio Túlio Costa estava lá), S2 (assessoria de imprensa da Microsoft), Espalhe (agência de marketing de guerrilha por trás do caso Gossip Girl, que provocou buzz na twittosfera), Edelman (vide Phil Gomes), entre outros, mostra que tem gente de peso interessada nos blogs. O caso do encontro com blogueiros promovido pelo pessoal da gigante de Redmond foi apresentado como um dos pilares desse interesse.

A questão a saber é se o interesse das empresas e seus executivos é real. Já que blogs são formadores de opinião, qual é o interesse deles na gente? Querem um canal de mídia espontânea ou querem uma parceria interessante (anúncios!) para ambos os lados e de longo prazo? Creio que o melhor é algo balanceado nesses dois conceitos.

Leia mais:

Comentários do Facebook
14 comentários
  1. Alias, se a Espalhe viesse perguntar para mim qual fofoca colocar sobre você, eu ia dizer:
    “o apelido do Fugita no colegial era…”

    rs rs rs rs rs

  2. Jonny,

    Hehehe! Vou mandar um ataque DDoS para o seu blog, hehehe! Brincadeiras à parte, meu apelido não tem nada demais!

  3. rs rs rs!

    Não contaria nem por um link PageRank 10! rs rs rs

  4. Meu primeiro comentário no techbits e já vou dar uma de chato…

    No trecho “Achei a iniciativa da revista Bites fantástica e vai de encontro dos interesses (…)”, o correto seria “Achei a iniciativa da revista Bites fantástica e vai ao encontro dos interesses (…)”. “De encontro” denota conflito.

    E para não parecer tão chato assim logo no primeiro comentário, parabenizo aqui o conteúdo do blog, que já é leitura obrigatória no meu google reader. :)

    []s

  5. Post legal Fugita, sempre fico feliz em ver esse tipo de coisa acontecendo porque é bom para todo o “meio ambiente” que gira em torno da web.

  6. Ainda é difícil acreditar que as empresas querem parcerias para ajudar alguém.

    A maioria só quer saber de ganhos.

    Mas quem sabe algum dia.

    Aqui no interior a coisa é pior. Na empresa onde trabalho a palavra “blog” é bloqueada para acesso.

  7. Issamu, eu netendo da seguinte maneira: Claro que as empresas querem mais é ganhar. Mas se os blogs forem vistos como formadores de opinião confiáveis, serão veículos interessantes para a divulgação de produtos. Não é a toa que já estão aparecendo diversos post patrocinados. Com pontos de vista, na maioria das vezes, muito mais interessantes que os “press releases” em revistas e jornais. Ganham os blogueiros, que vivem dos acessos (e, claro dos eventuais patrocínios), os leitores, que têm informação mais confiável, e as empresas, que têm divulgação diferenciada.

  8. Concordo em parte com Issamu. As empresas realmente ainda objetivam o lucro, mas atualmente também querem se mostrar palpáveis, boazinhas e conscientes. Acho que os blogs podem ajudar neste sentido, visto que nós acabamos por humanizar as empresas ao contar para nossos leitores nossas próprias experiências.

    O investimento em blogs, e em internet de modo geral, é inevitável e um caminho sem volta. Hoje vi um vídeo do Google que falava que fecharemos 2007 com 40 a 50 milhões de usuários de internet no Brasil. Quem pode se dar ao luxo de ignorar tamanho mercado, e que sabidamente tem mais dinheiro para gastar?

  9. Maior prova de que as empresas estao entrando de cabeca no mundo dos blogs nao pode haver. Cada encontro promovido pela midia e por empresas so vem enriquecer o dialogo entre blogueiros e o mundo corporativo.

  10. Bela discussão, pessoas. As empresas estão “cheirando” os blogs. Ainda não usam (e não sabem, portanto, do que se trata). Sabem que formamos opinião e isto vale ouro. A apresentação do Sotero é valiosa – apesar de chatíssima para alguns blogueiros presentes.
    Hora de profissionalizar, aprender a colocar valor no que fazemos (e não são centavos de adsense, estamos combinados?) e modelar como vamos agir.
    Prometo que escrevo sobre o assunto logo logo, lá no novo blog: Café com Blog

  11. […] Encontros e desencontros – Techbits […]

  12. fugita, acho que as iniciativas são interessantes. mas tô curioso pra saber o que as empresas (ao menos você citou algumas) têm de expectativas em relação aos blogs e redes sociais em geral. rende outro post, será? :)

  13. Olá Fugita. Como você sabe eu também estive no Café com Blog, como observador. Minha posição é interessante, pois represento os dois lados.

    Temos um blog (Corporativo. Mas temos!)e temos interesse em investir em blogueiros, assim como em todos os formatos que geram redes sociais.

    O que ficou claro pra mim é que, as empresas em geral, podem até não entender exatamente como funciona a Blogosfera e suas particularidades, mas sabem que pode ser um bom negócio. Só estão aguardando alguém anunciar um meio ou um formato que torne viável o investimento em blogs.

    Do outro lado, os blogueiros blogando seus blogs (eu sei, é pleonasmo) com grande visitação e audiência, com público fidelizado, alguns até tem dados precisos sobre a audiência e nível de atenção. Só estão aguardando alguém anunciar um meio ou um formato que torne viável o investimento por parte das empresas.

    Ficou claro, não é. Só falta aguém apresentar uma solução viável. Alguém se habilita?

  14. debuc,

    Legal, sempre agradeço quando alguém nota erros de português! Corrigido logo que vi seu comentário!

    Agradeço também que goste do Techbits!

    Hugo,

    Certamente, eventos deste tipo são ótimos para toda a blogosfera, por exemplo, e não só para aqueles que estiveram por lá.

    Issamu,

    Todo mundo quer ganhar dinheiro. Essa é a essência do capitalismo, das empresas. Não as culpo por isso. Mas espero que também exista outros interesses além deste para com os blogs. Precisa ser um ganha-ganha.

    Enio,

    É exatamente esse o interesse das empresas: somos formadores de opinião. O que quero é uma parceria em que todos – incluindo o leitor – saiam ganhando.

    Thássius,

    A internet é o melhor meio para uma empresa se “marketear”. É possível atingir públicos de nicho sem desperdiçar, essas coisas. Ainda bem que os blogs estão no centro disso tudo.

    Lúcia,

    Exato, concordo com vc em todo o seu comentário. Você provavelmente é uma das pessoas aqui que tem a maior autoridade para discorrer sobre tudo isso. Quanto ao seu post, estou aguardando!

    Henrique,

    Bom, essa questão é difícil de eu responder, pra falar a verdade. Creio que elas todas têm suas intenções, boas ou não. O que importa é que elas sabem que nós somos formadores de opinião. Vamos ver, talvez quando estiver inspirado, faça outro post! :-)

    Paulinho,

    Talvez esse seja o grande negócio do bilhão de dólares que todos estamos procurando.

    Abraços a todos!

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email