O estado da telecom - Techbits

O estado da telecom

por Alexandre Fugita

[Vivo, Claro e Tim] A Vivo está prestes a começar sua operação GSM. A Claro possivelmente vai comprar a TIM. O mercado de telecom brasileiro está vivendo dias agitadíssimos. Com a concretização das mudanças previstas uma nova fase estará começando. Se a Claro comprar a TIM, terá quase 50% do mercado e a Vivo, atual líder do setor, terá que se esforçar bastante para voltar a dominar. Sua novíssima rede GSM pode ser o trunfo que necessita na confirmação do cenário. Neste texto, uma pequena análise do que está acontecendo no mundo da telecom.

Vivo GSM

A Garota sem Fio havia dito que hoje era a data de estréia da Vivo GSM. Aparentemente, até este momento, nada aconteceu. Mas também foi divulgado pela Gazeta Mercantil que a entrada da operação GSM se dará de forma low profile, provavelmente para evitar possíveis gargalos em termos de demanda/ qualidade do serviço.

[Vivo incompatível com demais operadoras GSM] E finalmente, segundo o blog FelipeCN, a Vivo vai operar o GSM em 850 MHz, ou seja, será incompatível com as outras operadoras brasileiras (que operam a 900 MHz ou 1800 MHz). Essa informação deve estar correta pois foi obtida no site da GSM Association (imagem acima), que também diz que a rede da Vivo (lá descrita como Global Telecom, o pedaço da Vivo no Sul do Brasil) também aceitará 1900 MHz. Claro, essa incompatibilidade é resolvida se você possuir um aparelho quadri-band.

TIM e Claro

Se os rumores envolvendo a compra da TIM pela Claro se confirmarem, nascerá uma operadora com quase 50% de market share. Pra falar a verdade não sei se isso é bom, com menor concorrência (diminuição de players no mercado) é possível que os preços possam aumentar o que faz bem para as receitas das operadoras.

São Paulo possui atualmente apenas 3 operadoras de celular, Claro, TIM e Vivo. No Rio de Janeiro há mais uma, a Oi do grupo Telemar. E e por serem 4 operadoras a concorrência é feroz. Os preços são em média mais em conta do que em São Paulo. A situação deve ser parecida nos estados atendidos pela Brasil Telecom e que contam com 4 operadoras de celular.

Comentários do Facebook
31 comentários
  1. Hoje eu procurei em duas lojas e nada de aparelhos GSM…
    Na central deles eles dizem que estão a venda, mas no tele-vendas não.

    Conclusão: Ainda vai demorar pra operação GSM da Vivo começar pra valer….

  2. Olá Felipe!

    É que aquilo que descrevi: “low profile”. Vai ver que até já estão vendendo (como vc disse) e a gente nem sabe, hehe! Não querem uma explosão repentina de uso na rede nova deles para evitar problemas de qualidade de atendimento que toda rede nova enfrenta. Já estão com problemas demais (diminuição de market share, Claro possivelmente comprando a TIM, etc…) para querer precisar de mais um.

  3. Alexandre, acho que não… Uma coisa é eles venderem pouco, dizerem: “Temos, mas esse aqui (*pega o celular CDMA*) é melhor, tem mais cobertuta, etc…”

    Mas dizer que ainda não tem, acho que não…

  4. Se a Vivo não entrar na operação GSM vai perder terreno. Não acredito que ela vá amolecer, fará tudo mais rápido.
    Já a Claro terá mesmo quase 50% do mercado com a compra da TIM. E isso não é bom. Lembrando o último leilão feito pela Anatel sobre o Wimax (em que as teles ficaram brigando pela fatia maior do bolo que não houve – ainda), acredito que a empresa terá porte suficiente para aumentar seu cacife entrando nesse setor.
    E o que me preocupa é o que diz você, havendo monopólio e menos concorrência quem sofrerá mais é o consumidor com preços altos e exorbitantes.

    Apenas para não falar sobre o que já acontece no Nordeste, onde a OI/Telemar/Velox deita e rola.

    Abraços, Alexandre

  5. 5. Neto disse em 30 nov 2006 - 19:18

    Retificando… Em alguns lugares do Nordeste.
    Perdão.

  6. Felipe,

    Eu quis dizer que qdo uma operadora de celular começa uma rede nova, ainda mais a Vivo que deve ter feito isso muito rapidamente se ainda quer entrar no GSM este ano, sempre apresentar problemas. No jornal Gazeta Mercantil afirmam que não haverá propaganda da tecnologia até abril do ano que vem. Isso só pode ser pra tentar evitar um congestionamento das ERBs GSM deles, algo que sempre ocorre em redes novas. Ou talvez pq, de acordo com as mesmas fontes, a cobertura não é completa, só engloba capitais.

  7. Olá Neto!

    Essa é uma possibilidade, devido à menor quantidade de competidores, os preços aumentarem. Mas também não podemos ser contra a eficiência, no sentido de que se a Claro realmente comprar a TIM quer dizer que ela está bem internamente, muito eficiente a ponto de poder gastar com a aquisição de uma concorrente. Se bem que dizer que uma operadora celular é eficiente não faz muito sentido, :-)

    O grupo Telemar domina um tipo de triple play. Mas encontramos outros casos parecidos: NET + Embratel + Claro, ou ainda Brasil Telecom Fixa + celular + internet. Até a Telefonica está fazendo a sua parte nessa, ao ter adquirido parte da TVA semanas atrás.

  8. 8. A garota sem fio disse em 1 dez 2006 - 02:18

    Posso esclarecer uma coisinha… A Vivo disponibilizará inicalmente aparelhos pré-pagos agora no início de dezembro. O objetivo é vender no Natal e dizer: “estou chegando!!!”
    Os aparelhos podem ser utilizados para pós, porém não haverá chip disponível… Somente em 2007. Don’t worry!!
    Chegará logo!! Garanto para vcs: A Vivo é a operadora que possui a melhor teconologia e será a melhor em cobertura!
    A única que possuirá as tecnologias GSM, CDMA, TDMA e AMPS e futuramente WCDMA
    Bem… Só isso posso dizer aos leitores da Techbits! Mais fofocas vcs verão nos próximos capítulos!! hehe
    Bjoka!!

  9. Olá!

    Ei, vc não é a mesma garota sem fio que eu cito no texto! Mas ok, hehe! Eu sei quem vc é…

    Interessante as informações que vc passou. Mas ter 4 tecnologias é vantagem? Pra mim o ideal é ter apenas uma.

    Bom, aguardo mais fofocas (sobre tecnologia, claro). hehe!
    Até!

  10. Claro + Tim + Embratel

    Vai ser dificil brigar com eles!!!!

  11. Olá Alessandro!

    É verdade, ficará difícil… Mas não aconteceu nada até agora… será que vai mesmo ocorrer essa fusão?

  12. 12. Citação de Techbits em 18 dez 2006 - 09:13

    Exclusivo: testando a rede Vivo GSM…

    Enquanto a rede Vivo GSM não começa sua operação comercial, podemos especular sobre alguns fatos. Várias fontes informam que a Vivo começará a vender aparelhos desta tecnologia ainda este ano. Bom, se eles quisessem aproveitar o Natal, estão at…

  13. 13. SOARES Michael disse em 25 dez 2006 - 14:19

    primeiramente um feliz natal a todos…….
    uma coisa que eu gostaria de saber!!
    será que a operadora Vivo teria o suporte para demandar a tecnologia GSM operando à 900 MHz??? será que em um cenário tão agitado seus clientes teriam toda a confiança para comprar aparelhos Quadriband já que são os de maior tecnologia que temos no mercado, provavelmente os mais caros….e como faria para inserir toda a sua cultura organizacional em uma nova empresa?
    já que tria que fazer várias alteraçôes que pelo que pouco que seiexistem divergncias em tcnologias das empresas.
    isso tudo não sobrecarregaria a Vivo??

  14. Olá Soares Michael!

    A Vivo vai operar em 850MHz. Todas as outras operadoras brasileiras usam redes 900 MHz ou 1800 MHz. Usando um aparelho quadband desbloqueado será possível usar a rede da Vivo e, trocando de chip, a rede de outras operadoras.

  15. 15. Michael disse em 26 dez 2006 - 19:24

    Alexandre.. boa noite

    mais com isso a vivo vai ter que usar os aparelhos Quadriband desbloqueados, que serão mais caros doque os mais utilizados triband…. mais até ai tudo bem.. ai eu pergunto, o fato dela estar utilizando as torres da Claro, Tim e Oi num ficariam mais caras as ligaçoes dos aparelhos GSM da Vivo com relação as demais operadoras??
    pelo que intendo , o imposto que as operadoras cobrariam da vivo seria adicionado às ligaçôes efetuadas pelos seus clientes, certo ??

  16. 16. Eduardo disse em 27 dez 2006 - 12:32

    O principal motivo (dentre outros), que levou a Vivo a migração para GSM, é a equalização da rede, ou seja seu atual acionista majoritário e decisor – “Telefonica” opera com está tecnologia em todos os paises onde atua e não podia ter uma execção no Brasil.

    Por tanto a Vivo poderá até adotar a estratégia aparelhos de preço mais baixo (tri-band), em seus usuários pré-pago por exemplo aqueles cujo perfil não é migratório entre redes, mas quando a rede Vivo se consolidar em GSM o romming Nacional e principalmente o Internacional forçará a adoção de parelhos compativeis com todas as redes GSM de oepração da Telefonica Movil e outras mundo afora.

    Como o aparelho é o unico equipamento tangível, entre operador e cliente usuário final, a estratégia atual de adoção de tipo qualidade, valor agregado, benefícios etc. etc. do aparelho celular afeta diretamente a imagem do operador junto ao cliente, e é um diferencial competitivo muito importante, está diretamente relacionado a imagem do operador celular no Brasil, o que é um erro.

    Em minha opinião, o melhor caminho para Vivo e os demais operadores GSM do Brasil, é desvincular sua estratégia comercial do aparelho celular, vendendo sim (explicando ao usuário) os benefícios da sua rede e tecnologia, cobertura, qualidade etc. – que é o verdadeiro “core bussines” do operador e deixar os aparelhos pelo deselvolvimento do mercado varejista e consumidor final, Marcas, beneficios de cada marca, valor de cada marca, o quanto o consumidor etá disposto a pagar, pelo o que a tecnologia, a marca etc.. etc.. oferece.

    O mercado destá forma se tornaria mais competitivo, com maior tecnologia empregada e explicada em terminais, e melhor conhecimento por parte do usuario, sobre o que é um bom sistema em funcionamento, e o que é um bom terminal, cada um no seu negócio, só assim o consumidor teria vantagem.

  17. Olá Michael!

    A Vivo defende a utilização conjunta das torres e antenas de celulares para a implantação do W-CDMA, a evolução do GSM. A atual instalação GSM da Vivo não é compartilhada com as outras operadoras e sim própria. Não sei como funcionará o roaming GSM, se fará roaming GSM em locais que, não possui rede, etc…

    De qualquer forma, qdo usando a rede Vivo GSM a operadora não pagará às concorrentes já que usará rede própria. Pagará algo se a ligação for destinada à concorrente, mas não por causa de uso da antena alheia e sim pois há acordos neste sentidos entre todas as operadoras.

  18. Olá Eduardo!

    Concordo com vc no quesito desvincular a venda de aparelho à linha celular. Mas, além de encarecer o dispositivo (fim dos subsídios), a operadora depende da venda deles para que os clientes usem sua rede. Desta forma ficam com um problema… Como pode a operadora vender linhas de celular mas não o aparelho? A solução fica incompleta e clientes podem achar que não faz sentido…

    Não creio que o motivo principal seja que a acionista majoritária use o GSM para decidir por completo pela tecnologia. Pesou também a saúde financeira da Vivo. Subsidiar aparelhos CDMA é mais caro que GSM. Continuando assim para o futuro o rombo só tendia a aumentar. Investir em uma rede GSM sai no final mais em conta do que continuar subsidiando aparelhos CDMA.

  19. 19. Eduardo Medeiros Lima disse em 28 dez 2006 - 20:54

    Caro Alexandre!

    É um prazer decorrer com pessoas que conhessem e se interessam pelo assunto.

    Com relação aos terminais, a opinião de que os operadores deveriam sim, desvincular seus produtos de aparelhos, é minha, ainda não houvi nenhum operador do Brasil tendenciar-se para está estratégia, mesmo assim defendo piamente esta posição; com o avanço tecnológico e a convergência dos terminias celulares em cameras de fotos, MP3, MP4, memory sticks, sintonizador de Radio, TV etc… o que vier pelo futuro, em minha opinião cada vez mais o terminal se descarecteriza como um produto passível de subsidio com o objetivo de retenção do usuário, tornando cada vez mais a estratégia do subsidio do terminal como retenção arcaica e antiguada.

    Tenha como exemplo um bom aparelho como um W800i Sony/Ericsson com camera de resolução de 2 mega pixel, com flash, (exelente diga-se de passagem), já há inumeros consumidores substituindo suas cameras digitais por ele, o motivo é sua portabilidade (conseito; levo minha camera em todo lugar!!), e é inconsistênte um operador de telefonia celular subsidiar um consumidor que deseja uma Camera de Fotos e o celular é um subproduto entende?
    Os novos aparelhos celulares que estam convergindo em varios aparelhos eletronicos, com bilhoes em investimentos por parte de fabricantes são hoje um produto magnifico para o Varejo e estam sendo desprezado por uma estraégia de subsidio cada vez retem menos o usuário.

    Com relação a rede, parece que a Vivo já detalha no projeto o compartilhamento de infraestrutura, mas quanto ao compartilhamento total de infra+rede acho q aindá não há uma definição, me parece q na fase 1 GSM a rede é apartada e só há compartilhamento de infra.
    Mas também concordo que o compartilhamento completo de rede também é uma tendêmcia e deve ser adotado em breve, os fabricantes já oferecem está tecnologia em ERBs.

  20. Olá Eduardo!

    Se não me engano a Oi desvinculou a venda de linhas pré-pagas da venda do aparelho. Isso pq em geral celulares pré-pagos não possuem subsídio ou ele é mínimo comparado com os pós-pagos. Creio que a idéia deles é mostrar que eles provém o serviço de telecomunicações e que os fabricantes é que vendem o aparelho. Assim também ficam livres de mais um item para administrar… Os aparelhos de hoje evoluíram bastante. Muita gente usa mais o celular para outras coisas do que efetivamente como telefone.

    Eu ainda fico com um pé atrás em substituir uma câmera (mesmo que amadora como as CyberShots da Sony) pela câmera de um celular. Tá certo que alguns aparelhos estão com resoluções respeitáveis de 2 MP ou mais, mas ainda é melhor um aparelho que faça bem uma coisa (tirar fotos) do que um aparelho que faça duas coisas mas “meia-boca” em ambas as tarefas (tirar fotos e celular). Concordo que levar uma coisa só (celular com câmera, agenda, mp3, etc…) é melhor do que carregar um monte de gadgets.

    Sim, a Vivo defende compartilhamento de infra na implantação da 3G W-CDMA. Vamos ver no que dá. Eu já escrevi sobre o assunto no post Redes celulares 3G unificadas.

  21. 21. MARCONE disse em 16 jan 2007 - 12:17

    VAI SER DIFICIL MESMO BRIGAR COM A CLARO TIM EMBRATEL E VOCES ESQUECERAM DA VESPER QUE TAMBEM FAZ PARTE DO GRUPO DO MEXICANO CARLOS SLIM (OU ALGO PARECIDO) AFINAL O HOMEM É O SEGUNDO MAIS RICO DO MUNDO PERDENDO APENAS PRA O CRIADOR DA MICROSOFT O SENHOR BILL GATES, SERA QUE ELES TEM DINHEIRO?
    AKI NO ES A CLARO DOMINA NA QUESTAO DE COBERTURA GSM, ELA TEM DIGAMOS 82% NOS MUNICIPIOS A TIM VEM LOGO ATRAZ COM 68% E USA EM ALGUMAS CIDADES A COBERTURA DA CLARO POREM COM O NOME DELES, OI INFELIZMENTE É PESSIMA APESAR DOS DESCONTOS COM TELEFONE FIXO ELA POSSUI 32% DE COBERTURA O SINAL DELES É FRACO DENTRO DE CASA NAO FUNCIONA, A VIVO NO SISTEMA CDMA POSSUI 100% DE COBERTURA, MAS VEJAMOS BEM: O CALL CENTER DELA É PESSIMO OS ATENDENTES NUNCA DAO AS INFORMAÇOES CORRETAS EU QUE JA TRABALHEI COM VIVO EMPRESAS SEI BEM O Q SE PASSA. MAS A VIVO PEGOU A ANTIGA ESTATAL TELEST CELULAR OU SEJA MESMO SENDO AMPS ELA JA TINHA TUDO MONTADO E POR ISSO CONSEGUIU SE ESTABELECER MELHOR LOGO EM SEGUIDA VEIO A ANTIGA ATL PRA BRIGAR COM A TELEFONICA CELULAR HOJE VIVO, POR ISSO EM QUESTAO DE GSM, NAO TEM DUVIDAS A CLARO DOMINA, A TIM VEIO LOGO DEPOIS E POR INCRIVEL A PAREÇA PASSOU PELA OI Q PARECE ESTAR PARADA NO TEMPO. O BRASIL DEVERIA LIBERAR ESSAS REDES PRA QUEM QUISER QUEM SAI MELHOR NA HISTORIA SOMOS NÓS COMSUMIDORES E O PROPRIO PAIS COM A RECEITA E IMPOSTO DELAS.
    ACORDA BRASIL, MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES NÃO QUER AJUDAR NAO ATRAPALHA.

  22. Marcone,

    Isso se a Claro vier a comprar a TIM, certo? Pelo que parece o negócio não vingou.

    Só uma dica: tentei, mas não consigo ler seu texto. Letras MAÍUSCULAS prejudicam a leitura e são considerados como gritos na internet.

    Até!

  23. 23. Marcone disse em 17 jan 2007 - 09:35

    Desculpe Fugita mas é que onde uso o pc o teclado fica automaticamente em caps ligado devido ao sistema gerencial que so aceita em maiúscula, mas vc nao conseguir ler o texto ai foi demais…

    mesmo assim obrigado pela dica.

    Bom pelo que parece ela vai comprar sim, ja comprou a Tim Peru, e pelo que a politica da empresa prega, eles querem ser os “mandachuva” da America Latica, hoje ja considerados os maiores, com mais número de clientes.

  24. Olá Marcone!

    Sei que a Telecom Italia está vendendo ativos na América Latina para amortecer as dívidas em seu país de origem. Acho que só falta o Brasil, né? Mas li que parece que desistiram ao reavaliarem que vale a pena continuar no nosso país.

    obs: eu exagerei um pouco… li o texto sim, mas não gosto muito de letras maiúsculas… desencana, hehehe!

    Abraços!

  25. 25. MARCONE disse em 17 jan 2007 - 23:34

    Bom pelo visto entao a Claro tera que brigar feio com a Vivo pra comprar a frequencia nos estados que ainda nao atua ou seja 1900 mhz, alem dela estar no mercado a mais tempo que a Vivo ela também quer ter 100% de cobertura no Brasil.
    Fica a duvida: a Vivo entrando gsm nos estados onde nao tem a cobertura, ela vai poder colocar o cdma também?

    Eu ainda acho que o Brasil deveria evoluir e liberar a cobertura de todas as operadoras pra todos os estados.

  26. Marcone,

    Nos estados que a Vivo não atua (MG e parte do NE), acredito que não irão implantar CDMA, só GSM mesmo. Essa história deles comprarem a licença para 1900 MHz estava gerando controvérsias entre as concorrentes pois a Vivo pagaria um preço quase simbólico enquanto que as concorrentes pagaram muito caro para explorar o mesmo território anos atrás. Não sei em que “pé” está esta discussão.

    Se liberassem a cobertura de todas as operadoras em todos os estados acho que ia faltar faixas de freqüência, impossibilitando essa “evolução”.

  27. 27. Elcy Junior disse em 27 mar 2007 - 16:06

    Gostaria de Saber uma probabilidade de quando começa a operar em Fortaleza.

  28. Ontem notei uma coisa estranha no meu celular TIM Pré-Pago…
    apareceu o nome da Claro no visor.

    ficou assim:
    TIM
    Claro SP 11

    Foi por alguns segundos, mas deu pra notar, seriam testes sendo feitos na rede GSM das operadoras?

  29. Elcy,

    No site da Vivo talvez vc tenha essas informações. O pessoal está discutindo profundamente Vivo GSM no seguinte post:

    http://techbits.com.br/2006/exclusivo-testando-a-rede-vivo-gsm/

    Alexandre,

    Estranho, acho que sem querer pegou sinal da Claro, mas não significa nada…

    Abraços a vcs!

  30. 30. andre disse em 14 mar 2008 - 13:37

    Não estou conseguindo ter na minha máquina(compaq presário F500) com sistema operacional Winds XP ao mesmo conecção por vez da internet pelo tempo o Tim móvel e broadcom wiereless. Eu tinha instalado o tim móvel e nao conseguia instalar o broadcom wiereless, agora consegui instalar e conectar a internet sem fio, mas nao consigo mais a conecçao com Tim móvel. O que devo fazer?

  31. 31. EDIMILSON SILVA PEREIRA disse em 16 set 2008 - 19:43

    ola pesoal meu nome e Edimilson e a minha internet e discada pela oi e A pior do mundo so recebo no maximo 56 kbps e quando baixa eu fico sem .A aqui no meu bairro nao tem velox eu pago 75RS pelo serviço e nao tenho QUeria saber a opiniao de alguem sobre a conecçao atraves de moldem se alguem ja tem e conhece o serviço por farvor fale pra min porquer ja nao aguento mais essa DISCADA

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email