WordPress, A plataforma de publicação

por Alexandre Fugita

Wordpress Acabei de ler no IDG Now! que o WordPress tem crescido bastante no Brasil e pode começar a ameaçar a ferramenta dominante, o ruim Blogspot/ Blogger, da Google. Essa é uma ótima notícia e melhora ainda mais quando descobrimos como foi feita a medição. Os dados são do IBOPE/ NetRatings e levam em conta o domínio visitado, ou seja, o WordPress.com. Conclusão, todos os blogs hospedados em servidor próprio e que usam o WordPress como ferramenta de CMS não estão contabilizados nesta estatística. E tenho certeza que estes, se adicionados, aumentariam significativamente o marketshare do WordPress.

CMS flexível

O WordPress é com certeza um dos CMS (Content Management System) dos mais flexíveis. Basicamente serve para criar um blog, mas quem tiver criatividade consegue transformar o WordPress em base para qualquer tipo de site. Uma loja virtual? WordPress! Um portfólio? WordPress! Um site de notícias? WordPress! Um “qualquer coisa”… WordPress, nem precisa esperar a resposta. Para se ter uma idéia, o ótimo Web Insider, roda em WordPress. O gigante blog Techcrunch também. É a ferramenta de escolha mais usada atualmente.

Se você está pensando em criar um blog ou um site de outro tipo, não hesite em perguntar para o desenvolvedor se tudo aquilo não poderia rodar em WordPress. Você terá uma ferramenta poderosa e flexível ao seu dispor, com facilidade de atualização das informações e além disso, suporte de uma rede de desenvolvedores que criam plugins para tudo que é funcionalidade e também contribuem para a segurança e melhora da plataforma em velocidades incríveis.

Só para vocês terem uma ídeia, outro dia expliquei para um colega que diabos é um blog, ele ficou impressionado e criou o seu, um tal de Tô com fome, que pretende concorrer com o Vale 9 Conto. WordPress, claro!

Outros CMS

Bom, fora o WordPress existem outras ferramentas de CMS gratuitas, baseadas em software livre. Uma delas é o Drupal, usada também por grandes blogs como o BR-Linux ou o Meio Bit. É uma ferramenta bastante poderosa mas ao mesmo tempo mais complicada. Recomendo para usuários avançados.

Também temos o Movable Type, outro mecanismo usado por blogs como o Digital Drops. Não tenho o que dizer pois na verdade nunca usei, mas creio que seja boa também. Alguns preferem o B2 Evolution, como o Sérgio Lima 2.4 e a rede Interney Blogs. Se não me engano é parecido com o WordPress, mas tem suas características próprias que angaria fãs. Quanto a outras ferramentas, quem quiser discorrer sobre elas, fique a vontade nos comentários.

Comentários do Facebook
30 comentários
  1. É excelente que o WordPress esteja crescendo no Brasil. É uma ferramenta bastante superior ao blogger.

    É interessante ressaltar também que a complexidade do Drupal, CMS que você citou e que eu uso em inúmeros projetos, é pelo fato que o Drupal é um CMS voltado para criação de portais e comunidades. É perfeitamente possível criar um blog usando o Drupal. Meu próprio Blog é feito nele. Mas devo admitir que é como usar um canhão para matar um passarinho :-P.

    O WordPress, por ter sido criado (ao menos inicialmente) para gerenciar blogs, possui melhores ferramentas neste sentido.

  2. […] você usa wordpress e seu site é http://www.abcxyz.com.br, o seu feed padrão será http://www.abcxyz.com.br/feed/ (a depender de […]

  3. A vantagem que eu tenho com o Blogger é de não ter de fazer malabarismos para acessar. O wordpress é bloqueado no meu trabalho, o blogger não…

  4. Tem o Textpattern, que possui um livro para quem quiser se especializar. Também tem o Typo3, ferramenta com um foco mais institucional.

    Estou contente com o WordPress no meu blog, mas para CMS, eu fico com o SilverStripe.

    Abraço.

  5. Eu gostei muito do WordPress e pretendo migrar até março do ano que vem. O blogger certamente é muito bom para quem está começando, mas a gama de opções e versatilidade que o wordpress oferece é muito maior.

  6. Realmente, venho utilizando o WordPress há algum tempo (muito pouco, aliás), e ele é excelente. Já estou até fazendo algumas experiências com ele em um domínio em separado, pois gostei bastante do bicho.

    Na categoria CMS’s, também, posso citar o Xoops, um dos CMS’s mais utilizados no mundo. Uso e recomendado a todos.

    Poderoso e flexível, com uma comunidade enorme de suporte, tanto lá fora quanto aqui no Brasil, enorme quantidade de módulos disponíveis, que vão desde galerias de imagens, livros de visitas e formulários de contato totalmente personalizáveis até gestores de textos e conteúdos os mais diversos, gestores de destaques/imagens, sistemas de newsletter (com cadastro, validação, remoção e relatórios), sistemas de enquetes, gerenciadores de notícias, sitemaps, links, etc. Ufa, a lista é extensa.

    Vale a pena conhecer. :)

  7. A garota sem fio também utiliza Movable Type.

    Eu tinha um blog feito por mim mesmo em PHP, mas o dia que eu conheci o WordPress eu joguei horas de trabalho fora…

    Outro dia eu vi alguns trabalhos das meninas do Elaspod… sites totalmente feitos em WordPress.

    O problema de fazer Sites em cima WP é que qualquer alteração dos desenvolvedores pode colocar todo seu site para baixo…

  8. O DD é feito com o Movable Type, mas por pouco tempo, pois pretendo migrar para WP no começo do ano. Entre o Movable Type e o WordPress, escolha sempre o WP!

    Abraços!

  9. Vale a pena conhecer. :)

  10. O Nick Ellis tem razão!!!
    O pod sem fio tb saiu do Movable Type e tb foi para o WordPress… o blog da garota sem fio reza a lenda que também está migrando…

  11. Felizmente eu já comecei meu blog em WordPress, então não tive que me preocupar com migrações e afins. Sem dúvida é o melhor CMS do mercado, e além de tudo é grátis.

  12. Boa!

    Eu trabalho com dois dos citado, o Drupal uso há anos por conta da influencia do Avorio, no Flash Brasil, e ele tem aguentado o tranco. O Drupal no Flash Brasil esta com o recurso de grupos organicos que lhe da caracteristicas de rede social, permitindo criar comunidades e tem ainda um plugin de blog simples, e ja tem gente criando blog la.

    Blog por Blog, eu prefiro o WordPress, hoje mesmo procurando uma solucao que converte um feed em post, algo alem de um “digg”, tipo um blog de blogs e não é que uma das primeiras respostas do Oraculo era uma extensao do WordPress !

    O Blogspot apesar da recente atualizacao, tem deixado a desejar, la por exemplo ainda nao é possivel criar posts programados como no wordpress.

  13. Eu utilizo o B2evolution (www.b2evolution.net) que está em processo de lançamento da versão 2.X. As principais vantagens é de já ser multi-blogue “de fábrica” e ter um excelente sistema anti-spam.

  14. Bom eu sou um grande fã de wordpress, diria um fã radical até.

    Eu já usei o B2 e o Drupal, não tenho o que falar mal deles, mas em termos de segurança o WP foi o que menos me deu dor de cabeça.

    O wordpress vc instala brincando e sai usando sem muita frescura, sem falar que o plugin akismet resolve o problema de spam.

    Como foi bem dito, o wordpress, dependendo da criatividade, pode ser usado até como máquina de fazer café, mas eu conheço pessoas que mesmo usando o wp-cache, teve que mudar de ferramenta pq o WP é muito pesado se você tem um tráfego e páginas pesadas no teu blog/site/portal.

    []s

  15. Marcus VPB,

    Ah, sim, o Drupal realmente deve ser melhor para gerenciar portais mas também pode rodar blogs. É mais completo. Mas prefiro o WordPress mesmo.

    Enio,

    Esse pode ser um fator determinante quando escolhemos a ferramenta de blogagem. Mas você poderia optar por hospedar seu blog em outro lugar e usar o WP!

    Helder,

    Valeu pelas indicações de outros CMS!

    Thiago,

    Certamente é isso. O Blogger é bom para iniciantes, mas restringe as opções quando vc quer crescer.

    Marcos,

    Já tinha ouvido falar do Xoops, mas não conheço mais do que isso. Quanto ao WP, certamente é muito bom!

    Jonny,

    Ô loco! Vc fez um CMS em PHP? hehehehe! Bom, como vc mesmo comentou pelo que estou sabendo a Garota Sem Fio está migrando tudo de MT para WP.

    Já o pessoal do ElasPod, não vi o trabalho que fazem usando WP. Mas vou procurar!

    Nick,

    Faz bem em mudar para WP. Aliás, estou vendo muita gente migrando para o WP, vindo do MT ou do Blogger…

    Voker,

    Sim, vale!

    Thássius,

    Eu também, não sei se por sorte ou conhecimento, comecei com o WordPress. E eu nem sabia mexer em PHP!

    Caribé,

    É bom ouvir alguém que usa o Drupal, assim como o Marcus. Acho que cada um tem suas necessidades e por isso existem várias plataformas. Ainda bem!

    Glaydson,

    Bom, o WP tem a versão MU (Multi-User) para multi-blogs. Mas parece que não é lá muito compatível com plugins, essas coisas…

    Rodolfo,

    Máquina de fazer café com WordPress? Onde? Quero comprar, hehehe! Bom,o Akismet não resolve totalmente o problema do spam. Pra mim ele é apenas um dos elementos que uso para combater essa praga já que acaba gerando outro problema: milhares de spam para analisar, um a um…

    Abraços a todos!

  16. Opa Fugita!

    O wordpress MU não é fácil de instalar nem de administrar, (Bruno Alves q

  17. Ops, cliquei sem querer no enviar… continuando…

    A Nova versão do B2Evolution tem uma ferramenta que importa todas as entradas e comentários do wp 2.3 :-)

    Já facilita as coisas num possível migração!

    A única coisa que o wp ´e melhor que o b2evolution é na quantidade de plugins…

    No mais é tão bom quanto, se não melhor! (momento evengelista!) :-)

    []’s

  18. Já pensei nesta migração, Fugita. Mas ainda não consegui nem dar uma identidade decente ao blog. É coisa para um pouco mais adiante…

  19. […] da blogagem coletiva sobre a AIDS – Amigos da Blopgosfera Árvore Genealógica Online – Arquivinho WordPress, A plataforma de publicação – Techbits Tutorial Blogger Backup – Dicas […]

  20. Estou desenvolvendo (tentando) um tema para o wordpress e realmente é muito simples, principalmente em comparação ao blogger, que utilizo para meu outro blog.

    Tambpem já utilizei o joomla, que é muito bom e com inúmeros recursos.

  21. Realmente o WordPress é um CMS bastante fácil e rápido de configurar.

    nota: o site do Ministerio da Cultura agora roda usando o WordPress. :P

  22. Eu testei alguns, mas o que mais gostei foi o wordpress mesmo. Até agora não tive nenhum problema
    vale1clique.wordpress.com

  23. WordPress necessita um server poderoso e é perfeito para os usuários “end user” (que não necessitam instalar o CMS), mas eu penso que os administradores de sistema preferirão logo o novo Movable Type 4 para duas razões: requer menos recursos e deixou para controlar o layot com drag&drop.
    MT4 pode funcionar aonde WordPress não pode ser nem instalado. Este é um ponto forte (desculpe para o meu portoguese, sou italiano)

  24. Sem dúvida o WP está acima da maioria dos CMS´s, já andei estudando Joomla, Drupal, Xoops, B2Evo, E107 e realmente uma coisa que falata ao WP é a questão do multiblog nativo.

  25. 25. Bible Black disse em 28 dez 2007 - 11:19

    Valeu pelas indicacoes de outros cms!

  26. Oi pessoal,
    Tem este assunto no site Jornal livre (Jornal livre) e dvds no site Permuta livre.

  27. […] em WordPress. Você terá uma ferramenta poderosa e flexível ao seu dispor, com facilidade de atualização das informações e além disso, suporte de uma rede de desenvolvedores que criam plugins para tudo […]

  28. Bom saber disso, eu migrei do blogger pro wordpress, o número de visitantes dobrou.

    Sem contar que o wordpress é limitado (blogs hosteados lá), mas o fruto disso é que são mais rápidos de abrir… o blogger é sempre uma surpresa, o meu blogger já chegou a um dia a travar o pc de um leitor (eu era iniciante, pega leve) de tanto flash e script…

    Mas no geral é assim, os bloggers são mais pesados.. eu espero que haja concorrência pro google melhorar não só isso, mas no visual também… quanto tempo o blogger não tem menu?

  29. O que mais gostei foi o wordpress mesmo.
    Foi o que correspondeu melhor até agora.

  30. É a melhor opção para as nossas publicações.

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email