Vampiros não existem

por Alexandre Fugita

[Mundo Pequeno, via Wikipedia, CC] A constatação acima foi uma das “descobertas científicas” mais interessantes que li no ano passado. Vampiros alimentam-se de sangue e tornam vampiros as pessoas mordidas. Se cada vampiro “alimenta-se” de duas pessoas normais por dia e essas passam, a partir daí, também a transformar outras duas pessoas normais em vampiros a cada noite, depois de poucas interações todos nós seríamos vampiros, o que não é verdade e, portanto, vampiros não existem. Mas o que isso tem a ver com tecnologia? Essa explicação dos vampiros é uma progressão geométrica que demonstra que todas as pessoas estão de alguma forma conectadas. Algo que me fascina é a teoria dos seis graus de separação (ou do mundo pequeno) que diz que todos nós estamos conectados a qualquer outra pessoa deste planeta por até seis outras pessoas. E a internet tem várias evidências de que isso talvez seja verdade.

Oráculo de Bacon

O Oráculo de Bacon é um experimento feito pela Universidade da Virgínia (EUA) usando a base de dados do IMDb (Internet Movie Data Base). Neste site estão relacionados atores, diretores e todo pessoal que já trabalhou em algum filme. O sistema desenvolvido é centrado no ator Kevin Bacon e a quantos graus de separação todos os outros estão ao redor dele. Neste caso, grau de separação significa quem trabalhou com quem. O interessante é que a grande maioria (mais de 80%, de cerca de 800 mil) dos atores e diretores de cinema está a até 3 graus de separação de Kevin Bacon.

Meme da blogosfera

Há cerca de três semanas o Bruno Alves iniciou uma tag (ou meme) sobre os objetivos de 2007. Cada blogueiro escrevia os seus e convidava outros cinco para fazer o mesmo. Depois o próprio Bruno Alves constatou ter criado “um monstro” pois aquele post se multiplicou atingindo centenas de blogs, constatados na árvore genealógica do meme publicada aqui no Techbits (como disse, esse assunto me fascina). Analisando a árvore, nota-se uma série de repetições, mostrando que os blogs estão relacionados em uma espécie de teoria do mundo pequeno.

Orkut

Talvez alguém devesse entrar no Orkut e verificar a validade da teoria. Lá com certeza conseguiriam mostrar que o mundo pequeno existe e que nem seis graus de separação são necessários para se chegar a qualquer outra pessoa da comunidade. Na essência toda rede social trabalha sobre essa teoria. Analisar as relações entre usuários, quem conhece quem, etc, deve levar a conclusões próximas à do Oráculo de Bacon.

Rec6

Todo esse assunto me levou a tecer uma teoria. Muitos já perguntaram por que será que o Rec6 tem esse nome? Alguns já filosofaram dizendo que o nome não ajudava em nada pois Digg ou Eu Curti remetem mais à finalidade do site do que um tal de Rec6 como nome… O Rec6 faz parte da Syxt, ou seja, o nome desses dois serviços faz alusão ao número seis. O Rec6 e o Syxt são redes sociais. Redes sociais… Vampiros não existem… Hum… Depois de muito pensar cheguei à conclusão de que o nome tem a ver com a teoria dos seis graus de separação. Acertei?

Comentários do Facebook
41 comentários
  1. Eu acho que você acertou com força, amigo.
    Meus parabéns! Muito interessante o post.

  2. Tinha lido a respeito da teoria dos 6 graus de separação na wikepedia, realmente é algo fascinante e como você escreveu, o orkut está ai para comprovar.
    A respeito do nomo do rec6 é uma incógnita, hehe. Independente do nome, no Brasil é meu serviço favorito.
    Abraços!

  3. Karlisson,
    Acertei os motivos do nome do Rec6? hehehe! Ah, que bom que gostou do post… estava “receoso” se fazia sentido… hehehe!

    Thiago,
    Pelo menos pra isso o orkut serve, hehe! Eu já vi experimentos realizados via internet para provar essa teoria dos seis graus mas nunca participei de uma. Deve ser interessante! Qto ao nome, foi apenas uma suposição… já que estava falando disso e veio a idéia, pq não criar uma teoria conspiratória? hehehe!

  4. Uma coisa que ajuda a confirmar essa teoria são os vários comentários de como é díficil indicar alguém, depois do terceiro ou quarto níveis, pois “todo mundo” já foi indicado.

    Recentemente fui convidado para uma nova tag e já estava distante do início da mesma, assim, pude sentir na pele a dificuldade de achar blogueiros que ainda não tinham sido citados.

    E olha que assino perto de 900 feeds, imagino para quem assina 100 ou 200.

    Abraço

  5. Bruno,

    É verdade… todos conhecem todos, ou conhecem os que os outros conhecem… no final, como vc deve ter visto naquela árvore, há várias repetições. É o mundo pequeno!

    Qto aos seus feeds: 900?! Nossa… Fui verificar agora e assino exatos 2^7 feeds, bem menos que os seus 900, hehehe!

  6. Nossa viajei legal lendo o teu post haha

    Faz sentido sim a sua teoria, apesar de não ter me interessado pelo assunto antes. Algumas pessoas dizem que o 6 vem do syxt e o rec vem da palavra ‘record’.

    Depois vou dar uma pesquisada pra ver como andam as especulações sobre o nome rec6…

  7. Lucas,

    Legal! Esse post já estava na minha lista de “coisas a escrever” há muito tempo. E finalmente saiu do forno para o blog.

    Qto à teoria do nome do Rec6, é apenas uma teoria…

    Abraços!

  8. 8. Agostinho disse em 18 jan 2007 - 14:19

    So um detalhe minha gente: vampiros PODEM se alimentar SEM transformar as pessoas em vampiros.

    Podem se alimentar de animais ou MAIS provavelmente terem um ESTOQUE de sangue na geladeria…ou seja…isso nao prova que vampiros nao existem…

    mas o artigo foi muito bom! =))

  9. Agostinho,

    Hehehe! É verdade… e se os vampiros desenvolveram um sangue sintético?

    Mas pensando melhor, mesmo com estoque, cada pessoa pode fornecer poucos litros de sangue e, dependendo da quantidade, não sobrevive. Vamos supor que os vampiros continuem transformando ao atacados em vampiros e não os matem por extração total do sangue. Então com esse estoque talvez demorasse um pouco mais para todos virarem vampiros, mas um dia aconteceria… Agora se eles puderem optar por não transformar pessoas em vampiros, aí não tem jeito, eles devem existir. :-)

  10. Será que essa teoria vale para os excluídos digitalmente? Será que entre a menininha órfã do Afeganistão e o geek de Porto Alegre só há 6 graus de separação?
    Se bem que a menina pode ser filha bastarda de um general do Talibã, que antes de ser general fez um treinamento caprichado nos EUA com um professor de lutas, que chegou a lutar com um dos Gracie e perdeu, e esse Gracie fez colégio no Brasil, estudando na mesma classe da melhor amiga do irmão do geek de POA.
    Ai ai

  11. Olá Rachel!

    Isso é apenas uma teoria… mas é bem possível que funcione para o exemplo que vc deu. Vamos supor que eu conheça cerca de 200 pessoas (lembre, conheço, não quer dizer que tenho muito contato). Se cada uma dessas 200 conhece outras 200, em seis graus de separação, vai dar um número astronômico que nem sei como escrever…

    Talvez o colega do primo do filho do amigo da sua amiga more lá no Afeganistão, vai saber… as possibilidades são quase infinitas depois de algumas interações.

    obs: visitei seu site o BoringBoring e achei muito legal! Nada mal pra um site uncool, hehehe!

  12. Alexandre
    Se você conhecesse 200 pessoas e cada uma delas conhecessem outras 200, distintas, e assim por diante, seriam, depois de seis graus : 64.000.000.000.000 pessoas. (64 trilhões de pessoas)

    Mas, é claro, cada um não conhece 200 pessoas DISTINTAS

  13. Renato,

    Hum… então é essa a conta, hehehe! Claro, como as pessoas conhecem pessoas entre si, os anéis vão se fechando e essas 64 trilhões de interações, resumidas no nosso planeta com 6 bilhões de pessoas acaba fazendo funcionar o tal dos seis graus de separação. No final o mundo é pequeno e todos se conhecem, hehe!

  14. Realmente interessante por mostrar evidências da teoria!

    Legal mesmo este lançe de 6 níveis!

  15. Já testei a teoria do seis degraus várias vezes e ainda não achei falha. Um tio meu, que já morreu e morava no interior do interior, por essa tese, era relacionado com o Silvester Stallone, que eu conheci numa festa em San Diego, separado apenas em dois degraus. Esse mesmo tio também estava apenas dois degraus distante do Papa João Paulo II, que minha prima viu quando esteve em Porto Alegre.

  16. Sérgio,
    Há evidências por todos os lugares. Tive que encurtar o post pois já estava grande demais, hehehe!

    Noronha,
    Acho que também tenho umas histórias assim, mas prefiro não contar aqui no blog. Claro, não chega em pessoas tão famosas assim, mas mostra um pouco desta teoria.

    Abraços a todos!

  17. pode ser que sua teoria dos vampiros seja logica,mais os vampiros nao sao logicos sao seres miticos ???????

  18. Rogerio,

    É verdade… talvez a lógica não funcione para os vampiros, vai saber…

    Falou!

  19. Mais uma evidência do Oráculo de Bacon……

    … Ou fazendo um WorkAround ao convite do Felipe!

    O Alexandre Fugita explica nesta entrada o grau de separação entre as pessoas:

    “Algo que me fascina é a teoria dos seis graus de separação (ou do mundo pequeno) que diz que todos nós e…

  20. 20. vampira disse em 31 mar 2007 - 10:41

    é calro que os vampiros existem! todos nós o somos, só que não nos lembramos. todas as luas cheias, já bem depois da meia-noite, levantamo-nos e abrimos a asas para a escuridão. Quem é que não se sente poderoso nessas noites? De manhã acordamos e estamos de volta ao nosso quarto, sem nos recordarmos de nada. Pois eu digo e volto a dizer: eles existem e estão entre nós!!!

  21. E os de brasilia não contam como vampiros e sugadores de sangue!!!

  22. Vampira e Josue,

    Ou todos nós somos vampiros ou eles não existem. Acho a segunda hipótese mais provável. Claro, tem os políticos, mas essa é outra história, hehehe!

    abraços!

  23. o que vc me fala sobre vampiros porque eu acredito neles

  24. Edymara,

    Vampiros não existem. Está provado neste post.

    Abraços!

  25. […] dos Seis Graus de Separação – Techbits: (…) todos nós estamos conectados a qualquer outra pessoa deste planeta por até seis […]

  26. 26. van disse em 20 jul 2007 - 07:40

    Vampiros? Claro que nao! Se nos questionarmos a nós próprios “Será que existe vampiros?” então porque nao perguntarmos”Também existem unicórnios ou centauros?” Pois é, é que estas criaturas imaginadas por nós, seres humanos, foram personagens de histórias de imaginação. E eu admito que até gosto. Mas agora achar que existe mesmo, acho que vai um grande passo!

  27. Van,

    Ainda bem vampiros não existem!

  28. 28. francielly disse em 21 dez 2007 - 19:57

    Quem me garante quevampiros não existem?
    Essa eu quero ve vcs me responderem!!!!!!!!!!!

  29. 29. Yasmin disse em 22 dez 2007 - 00:40

    Para mim, isso ai eh 1 baboseira du karaças!!! fguh kem disse já agora, que se os vampiros mordem alguém, essa pessoa se transforma logo em vampiro tmbem?! Eles mordem so as raparigas virgens para se regenerar, logo, essas também se transformam em vampiras. O resto é só para alimentar e sobreviverem… Mas matar ou não, isso depende da vontade dele/la. Eles podem mto bem matar ou transformar t num deles!

    Eu, pessoalmente, acredito em vampiros. Porquê? Eu explico:

    Vampiros… De certeza que a gente os conhece hoje me dia por alguma coisa…. De certeza que ninguém os inventou so por se lembrar assim do nada! Se os conhecemos por algum motivo eh, sim… Muitas pessoas, dizem, já ter tido contacto com vampiros e já terem visto eles… Talvez vampiros não passem só de pessoas, pronto, não v dzer, malukas, mas…. Pertubadas que bebem o sangue d’outras porque lhes dá prazer… Agora essa história d’os vampiros voarem, subirem paredes, terem poderes fantásticos, que se transformam em morcego… Isso sim, talvez seja invenção das pessoas… Ou talvez não! Pode mto bem ser verdade, tu não acreditas neles, mas talvez eles existam mesmo, tdo que estás a fazer eh ignorar a verdade… Eles podem também não existir! Klaru! Deus queira qu eles não existam, nã me convinha atravessar me nu caminhu dum! Há! E mais 1 cena:

    Os vampiros existem sim, ta mais que provado, porquê?

    Porque os morcegos são vampiros…..

  30. 30. neto disse em 26 mar 2008 - 16:17

    eu acho q os vampiros…..existem
    os vampiros sugam sangue das suas vitimas mas eles so as transformam em vampiros se quiserem e eles podem ate ir a doaçao de sangue pedir…eles dao eu acredito e continuarei a acreditar neles pork eles existem e ponto final e n vai ser essa teoria q me vai fazer mudar de ideias mesmo ate as pessoas q n sao vampiras..admitam pelo menos q ja provaram pois eu ja e digo q n e mau.

  31. Sou um vampiro mas falem para todos que isso não existe porque quando chegar a hora nos revelaremos para os humanos.

  32. olha gente e dificiu entender por que eu levei uma mordida de um vanpiro. uma 01:00 da manha eu levantei para tomar agua e quando eu fui volta para cama eu levantei o cuberto e vi um vampiro com os dentes enormes eu corri para a cozinha gritando os meus ir mãos acordarão na ora que eu gritei eles tinha virado vampiro eles mi morderam e eu dormi profundo era dia eu levantei fraco e meus iramãos falarão que eu tomei uma mordida deles. e eles falarão que eu virei um vampiro o vampiro que estava de baixo do coberto tinha mordido eles passou a ora e eu virei um vampiro eles falaram para eu ir atras deles eles melevarão um uma casa com quatro mulher desmaiadas eles mandaram eu morde uma delas eu falei não mas minha cabeça comecou a doer muito parecia que a minha cabeça ia sair e fundo do meu corpo falava para morde o meu corpo ficou descontrola do eu não conseguia me dominar e mordi e ate hoje mordo pessoas do meu bairro so que ten muitas pessoas vivas e acredite eles esintem sim! o meu bairro e en santo amaro tome cuidado augumas pessoas que eu mordi devem ter vivido tome muito cuidado com agente eu posso esta em sua casa.

  33. Mas eu tenho de provar sobre dos vampiros e ninguém estão por aqui mas eu gostava de lhe conhecer. Há um problema, estou em Portugal e vivo nas Caldas da Rainha mas eu gostava de me transformar assim.

  34. 34. Carla disse em 19 jul 2009 - 06:09

    o-Ô
    Cara,vc tm certeza de q vampiros qndo vão se “alimentar-se” transformam necessariamente as pessoas em outros vamps?
    Isso é meio sem noção,tentar provar algo q nunk viram

  35. 35. Lamothe disse em 10 ago 2009 - 12:48

    Bom, deixo esse recado revelador a todos os fãns de vampiros que aqui comentaram…
    Eu adoro coisas sobrenaturais e com o lançamento da série “Twilight”, as pessoas começaram a se interessar por esses tais vampiros de sangue…
    Eu fui tentar explicar o vampirismo cientificamente, e consegui! Para a alegria de todos, eu posso provar. Em 1986, na Universidade de Ohio, nos EUA. Um cientista explicou o vampirismo de forma simples e prática:
    1- O vampirismo é o subproduto de várias doenças raras em conjunto, isso é fato.
    2-As doenças são: Anemia, essa doença comum pode causar a ânsia por sangue pela falta de glóbulos vermelhos no organismo.
    3- A anemia também causa a Gengivite, uma doença dentária que diminui a gengiva fazendo com que os caninos pareçam maiores.
    4-A anemia em casos agudos ( graves ), pode causar uma doença chamada protoporfiria eritropoiética, que causa a hipersensibilidade na pele, ou seja, ela causa queimaduras em contato com o sol.
    5- Todas essas doenças funcionam como um efeito dominó, causando no doente e/ou vampiro, um surto psicótico, fazendo com que possam atacar pessoas pela sua sede.

    Essa doença é muito rara, mas existe sim. Esses são os verdadeiros vampiros e não aqueles fanáticos que implantam dentes e compram capas pretas…

    Espero que tenha ajudado a todos, Lamothe.

  36. Oi, gostaria de primeiramente dizer que respeito a opniao de voces que nao acreditam mas, parem para pensar, tirem dois dias ou mais para pensar nessa pergunta que vou fazer…
    SE VAMPIROS NAO EXISTEM PORQUE E PARA QUE CONTINUAR COM O “MITO” VIVO? PORQUE ENTAO NAO FOI ESQUECIDO? PRA QUE ENTAO CONTINUOU EM PESADELOS, SONHOS E SE TORNARAM OBJETOS DE DESEJO DAS PESSOAS?
    Nao acreditarei em respostas sem importancia e nem ligo para pessoas que me criticaram, minha “vida” ja foi longa o bastante e aprendi a conviver com isso.

  37. 37. Malk disse em 18 ago 2010 - 00:18

    Bom interessante sobre a teoria dos 6 mas…
    Quanto a essa “descoberta cientifica”… falar que vampiros vao transformar aqueles de quem se alimentam é tolisse.
    Pois é so pesquisar e na maiora parte vai encontrar que para transformar a pessoa ela deve beber o sangue do vampiro tambem, e em alguns locais ainda vai ter escrito que a pessoa precisa morrer pra ressucitar “morta” rss
    Ou seja se beber e nao morrer o sangue vai “sair” ser dluido com o proprio sangue e quando a pessoa morrer nao vai se transformar

  38. 38. Malk disse em 18 ago 2010 - 00:20

    Essa descoberta.. é deste cara Costas Efthimiou?
    se ele keria falar sobre algo que nao conhece deveria ter pesquisado melhor o assunto.

  39. Olá, odiaria ser inconveniente, mas à todos que necessitam acreditar descabeladamente que eu e o resto de minha familia não existe, tudo bem, nossa existência não é possível ser provada cientificamente, não somos um erro, uma doença!
    Vocês humanos apenas não nos aceitam por sermos incrivelmente superiores a vocês!
    Não sejam infantis tentem estar a meu nível…. Ah esqueci meio impossível não? Eu tenho 313 anos, vivi, errei e me feri já o que era para toda a “vida”!
    Mesmo nos desprezando, não tem ocorrido tantas atividades nossas normalmente, mas falar que não existimos apenas por isso ofende!
    Vão querer que voltemos a ativa???
    Ah é, e os humanos que não gostarem do meu recadinho e mandarem um xingando-me, eu não ligo, sinceramente! Bom, para os humanos que acreditam na minha existência digo obrigada, talvez possamos não encontrar um dia!!

  40. Ah e com todo respeito, pensem, PORQUE E DAONDE ALGUEM PENSARIA EM NÓS DO NADA????
    EXATAMENTE, PORQUE EXISTIMOS, MAS SE AINDA RESTAREM DUVIDAS É COM VOCES!

  41. eu queria muito conhecer um vampiro acho muito legal muitas gentes naõ acredita ou tem medo eu naõ eu acredito e naõ tem medo ADORO VAMPIROS

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email