PlayStation 3: plataforma de computação distribuída - Techbits

PlayStation 3: plataforma de computação distribuída

por Alexandre Fugita

[PS3 no Folding@home] Há cerca de um mês uma nova utilidade foi encontrada para o console PS3 da Sony: ajudar na pesquisa da cura do câncer através do [email protected]. Dias depois uma surpresa: devido à elevada capacidade do chip Cell que equipa este videogame os PlayStations 3 já eram líderes em teraflops, unidade de medida de processamento, frente a qualquer outra plataforma. Pra se ter uma idéia, hoje, 17 de Abril de 2007, os 31 mil PS3 geram 408 teraflops (57%) enquanto os 185 mil PCs com Windows representam 176 teraflops (24%) de um total de 709 teraflops de capacidade de processamento total do programa (veja estatísticas atualizadas aqui).

Venda de processamento distribuído

Claro, isso chamou a atenção da Sony e a empresa estuda a possibilidade de alugar toda essa capacidade de processamento para quem precisar de cálculos extremamente complexos. O [email protected] é um projeto sem fins lucrativos da Stanford e portanto foi aceito sem problemas pelos donos do console. Estão doando tempo ocioso de suas máquinas (e energia elétrica) a um projeto científico e a uma boa causa.

Se a Sony resolver realmente cobrar de instituições para rodar nas máquinas de seus compradores projetos de computação distribuída é quase certo que haverá resistências. Para evitar isso a empresa estuda formas de compensar aqueles que disponibilizarem ciclos ociosos do Cell com descontos em produtos, downloads ou outros tipos de brindes. Se o PS3 não emplacar como videogame pode virar uma central de cupons de desconto e também uma referência em projetos de grid computing.

Projetos de Grid Computing

Existem outros projetos de computação distribuída bastante conhecidos. Um deles é o [email protected] (Search of ExtraTerrestrial Inteligence), que procura sinais de vida extraterrestre inteligente nos cantos mais obscuros do universo. Um outro interessante é o GIMPS (Great Internet Mersenne Prime Search), um projeto que se dedica a achar números primos gigantes, importantes na segurança de criptografia e outros setores da pesquisa matemática. Para se ter uma idéia o último número primo achado tem quase de 10 milhões de dígitos, um número tão grande que deixa o googol no chinelo.

Leia mais:

Comentários do Facebook
23 comentários
  1. Jogo que é bom nada! ;]

  2. Uma boa maneira de vender o PS3. A causa é ótima, e vale a pena todo o tempo de conexão e custo de energia.

    O [email protected] também é sensacional, eu quero fazer contato com os extra-terrestres! ;)

  3. Estou falando bobagem ou foi esse mesmo PS3 que a sony deixou de fabricar pelo baixo número de vendas?
    Já tinha lido sobre o processamento distribuído na Superinteressante, bem legal a idéia de somar computadores para ganhar poder de processamento.

  4. Vinícius,

    Hehehe! O PS3 está se dando melhor em grid computing do que como videogame, hehehe!

    Nick,

    Sim, a causa é ótima. Pelo menos dá-se uma utilidade a um equipamento tão caro. Já houve um tempo que usava o SETI… Agora rodo o GIMPS/ Prime95.

    j. noronha,

    Na verdade a Sony deixou de fabricar o PS3 com HD de 20GB, o de menor capacidade, mais barato. Quanto à computação distribuída, é algo que fascina e faz tempo queria falar disso aqui no Techbits. Agora surgiu a oportunidade ideal.

    Abraços a todos!

  5. Ah Fugita!
    Adiantou-se a mim! estava à espera que chegasse ao petaflop pra soltar uma notícia parecida.
    Muito bom post.
    “Se o PS3 não emplacar como videogame pode virar uma central de cupons de desconto e também uma referência em projetos de grid computing.”
    Simplesmente hilário!

  6. Impressionante. Pelo menos a morte do PS3 será honrosa.
    Opa… morte??
    :P

  7. Pedro,

    Acho que vc deve escrever um post sobre o mesmo assunto. Como blogs são conversações, uma visão a mais sobre grid computing só enriquece a discussão.

    Agradeço que tenha gostado do post e da piada no final dele, hehehe!

    Anderson,

    Hehehe! Agora o PS3 não tem mais razão para morrer. Antes tinha.

    Abraços a vcs!

  8. Mas espera aí. Eu compro um aparelho, ele trabalha, e a Sony vende o trabalho da máquina que eu comprei???

    Sou só eu que acho que isso não faz sentido?

    Aplicando a uma realidade mais antiga: compro uma geladeira, descobre-se que ela pode ser usada para gerar ar frio para resfriar uma casa, a Fabricante da geladeira percebe isso, diz pra mim para quem posso doar meu ar frio, e ganha com isso, e eu ganho descontos para comprar forminhas de gelo?

  9. É interessente esse poder todo, mas as Placas de vídeo estão aarrebentando, se levarmos em conta que a nova série da ATI é ainda mais poderosa, deve ter um aumento significativo nesses números.

  10. Olá Fugita,

    Diferentes temas, mas algo em comum. Veja meu post sobre essa empreitada do PS3: http://baldorium.blogspot.com/2007/03/marketing-cientfico.html

    Acabei de conhecer seu site, muito bom, parabéns.

  11. Pedro,

    Pois é, isso é polêmico. Não quis pegar pesado neste tópico pois a Sony ainda estuda formas de compensar quem disponibilizar ciclos ociosos. Se não fizer isso nunca vai dar certo essa idéia.

    Jefferon,

    A placa de vídeo não influencia na processamento da computação distribuída. Só serve para mostrar o resultado na tela, mas não ajuda em nada no processamento.

    RoninBone,

    Legal seu post, vou colocar como link no final texto. Agradeço que tenha gostado do blog, apareça sempre!

    Abraços a vcs!

  12. O Melhor da Semana nos Blogs Brasileiros – Parte V…

    Mais uma edição da nossa já famosa coluna “O Melhor dos Blogs Brasileiros”, trazendo muitas notícias interessantes de blogs mais interessantes ainda. O Gui Leite achou o programa TVShows, que encontra arquivos .torrent com seriados especificad…

  13. 13. Jeff Brown disse em 21 abr 2007 - 15:23

    Alexandre, dê uma olhada nessa FAQ:

    http://folding.stanford.edu/FAQ-ATI.html

    As placas de Vídeo estão se tornando GPGPU muito potentes, pode observar as estatísitcas do FOLDING, e verá que por proporção elas apresentam muito mais poder de processamento que o PS3 ou processadores comuns. A príncipio somente as placas de vídeo da ATI da série X9000, podem utilizar o cliente [email protected] Mesmo as placas TOP da Nvidia, ainda não podem rodar o [email protected], pois me parece que é mais complicado programar para as placas da Nvidia.

    A série X1900, pode chegar a mais de 500 gigaflops

  14. Jeff,

    Uau! Putz, então falei besteira no comentário #11. Legal saber que é possível usar o poder das placas de vídeo para outra coisa como o [email protected] Isso é novidade pra mim, hehehe!

    Então acho que agora vale a pena comprar uma dessas pq não será sub-utilizada.

    Abraços!

  15. 15. Jeff Brown disse em 23 abr 2007 - 22:31

    É um poder absurdo que essas placas vêm apresentando, a ATI já está trabalhando a idéia de oferecer soluções GRID com a nova geração que está sendo lançada. Isso pode ser ótimo para supercomputação de baixo custo, como em universidades de países em desenvolvimento e pequenos laboratósrios científicos.
    A contrapartida é que essas placas costumam vir com 512MB de memória limitando no momento a arquivos não muito grandes, mas a nova geração vai ter 1 GB de memória, e talvez as placas destinadas a GRID possa ter mais.

  16. Jeff,

    Realmente pelo que vi o poder é muito grande. Lidar com vídeos requer processamento! Ainda bem que também dá pra usar isso pra outras coisas.

    Quanto a esse projeto de Grid da ATI, achei interessante, vou pesquisar mais. Valeu!

  17. 17. laura cristina bruzzi arantes disse em 3 maio 2007 - 10:18

    quero jogar como faço

  18. 18. laura cristina bruzzi arantes disse em 3 maio 2007 - 10:19

    quero jogar com faço

  19. Laura,

    Esse [email protected] não é jogo…

  20. 20. Léo disse em 3 maio 2007 - 16:24

    Rapaziada além de ajudar a Universidade de Stanford posso te dizer que tenho o 360 e o PS3 e tenho de ser honesto comigo e com outros que têm o 360, o PS3 matou o 360 na boa…
    Fora que o 360 de dois amigos meus já morreram…
    Sony ainda é a Melhor no Segmento Video Game.

  21. […] do [email protected] (para mais informações sobre, visite [email protected]: PS3 ajudando a ciência e PlayStation 3: plataforma de computação distribuída) , pode ser que o XBox 360 também entre na onda. E, na minha opinião, seria ótimo para a […]

  22. 22. Yuri disse em 14 jul 2007 - 14:14

    pessoal, o ps3 concerteza ta fazendo mais sucesso como pc do que como video game, agora ele esta a rodar o linux, e com isso ele pode ser plataforma para desenvolviemento de muita coisa. eu mesmo penso em comprar um ps3 e colocar aqui junto com meu pc pra ter um super computador em casa. a unica coisa ruim do ps3 aionda eh a a capacidade de memoria de 256 mb de xdr, ainda eh baixo se eles lancassem um maquina com 1 gb de memoria todo mundo que gasta furtuna em computores de alto porte poderia pagar seus 3000 num PS3 e ficar muitissimo satisfeito…hehehe, ps3 ainda vai fazer muito barulho neste segmento.

  23. 23. Roberto disse em 7 mar 2008 - 19:36

    bom se o ps3 morrer, será um final feliz para a sony que fez muito sucesso no ps2; portanto em falar de video game o xbox é tecnicamente melhor nos gráficos não fica para traz ou melhor supera é só fazer as contas para quem entender.

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email