Meme: responsabilidade nos blogs

por Alexandre Fugita

[Blogs: teia de relações] Recentemente fui convidado por dois amigos blogueiros – o Manoel Netto do Tecnocracia e o Wagner Fontoura do Boombust – a discutir sobre ética e responsabilidade nos blogs. Na medida que os blogs começam a ganhar destaque aqui no Brasil, na medida que somos considerados como fonte de informação para muitas pessoas, surge a necessidade de um debate mais aprofundado do assunto. Fora do Brasil blogs já são parte do dia-a-dia das pessoas. Aqui, apesar de uma pesquisa mostrar que somos o 5o. país que mais lê blogs, somos considerados marginais em relação à grande mídia. Aos poucos a visão do público e das empresas está mudando para melhor.

Analogia: quanto mais sexo, melhor

Estudiosos aplicando teorias econômicas dizem que se você é uma pessoa prevenida, quanto mais sexo você fizer, mesmo que com diferentes parceiros, estará contribuindo para diminuir a incidências de DSTs como um todo. Para entender melhor, leia a seguir a citação do livro de Steven Landsburg, em seu livro More Sex is Safer Sex (Mais sexo é sexo mais seguro, ainda não publicado no Brasil), retirado da revista Veja:

“Se você sempre foi cuidadoso e seletivo, poderá elevar a qualidade média do conjunto de parceiros sexuais. Só por entrar no jogo você o torna mais puro. Graças a você, todos os que vão à caça hoje à noite têm uma chance melhor de encontrar alguém saudável.”

O que isso tem a ver com blogs? O Manoel Netto diz em seu texto sobre responsabilidade em blogs que estamos vendo a ascensão de tubérculos e salsichas à blogosfera. Ele se refere às centenas de blogs de conteúdo de baixa qualidade que surgem e morrem todos os dias e que nada acrescentam à discussão.

Pois a teoria do Steven Landsburg encaixa-se perfeitamente neste contexto. É só nós, que supostamente publicamos conteúdo de qualidade, continuarmos a publicar mais e mais. O fato de publicarmos com qualidade significa que no geral estaremos aumentando a qualidade geral dos textos da blogosfera, mais ou menos como na teoria do “mais sexo é sexo mais seguro”.

A confiança do público

Quando você vai comprar algo ou usufruir de algum serviço novo, nada como um dica de amigo. Se algum conhecido seu recomendar aquele celular, aquela operadora de internet, aquele filme, certamente você será influenciado caso necessite tomar uma decisão de compra. Pois os blogs funcionam de maneira similar. Ao permitir discussões, blogueiros se aproximam de seus leitores, coisa que na chamada mídia tradicional não existe. Um ótimo texto do Júlio Daio Borges do Digestivo Cultural, mostra que jornalista tradicional se assusta com blogs pois aqui existem leitores, eles reagem aos textos, comentam, questionam.

Responsabilidade e opiniões

Uma das discussões da blogosfera é em relação ao formato que os blogs assumiram: pitadas de opinião mesclada com outras informações. Na mídia tradicional emitir opinião está fora de questão. Só nos editoriais isso é permitido. Diferentemente, o que os leitores de blogs procuram é exatamente a opinião do blogueiro em relação aos assuntos, o que é perfeitamente natural. Também devemos tomar o cuidado de verificar a fundo os fatos, tentar não “comer bola” ou falar alguma besteira infundada. Se possível dar uma visão dos dois lados, mesmo que seja favorável a apenas um.

Agindo assim ganhar credibilidade frente ao público em geral, empresas e mídia tradicional é uma questão de tempo. E finalmente blogs se tornarão cada vez mais primeira fonte de consulta da maioria das pessoas.

Leia mais:

Comentários do Facebook
13 comentários
  1. “Na mídia tradicional emitir opinião está fora de questão. Só nos editoriais isso é permitido.” my ass, Fugita.

    Pode ser o efeito Fox News, mas dê uma boa olhada na mídia tradicional e você vai ver que a opinião está comendo solta nas notícias. Às vezes extremamente escondida dentro da notícia, como manda a boa e velha técnica de manipulação. Às vezes só ouvindo um dos lados da notícia (a prática do bom jornalismo manda ouvir os dois lados, não?). E por aí vai.

  2. Excelente artigo.
    Acredito que você reuniu de forma concisa os pontos básicos para um ética dos blogs e o excesso de reclamações sobre a qualidade de alguns destes.

  3. Cesar,

    É verdade. Acontece bastante, principalmente quando se noticia política, um jornal ser mais legal com determinada idéia ou não. O que eu quis dizer é que teoricamente, em um suposta tese, naquele mundo perfeito, isso não aconteceria nas páginas noticiosas e sim nas editoriais. Há muita coisa envolvida. Apesar de ser favorável à colocação de opinião em blogs, fico imaginando o dia em que essa mídia se tornar mainstream e nos cobrarem total imparcialidade.

    Paulo,

    Valeu, tentei colocar algumas coisas que queria falar, faltou bastante coisa… mas um texto longo demais é um convite à não leitura.

  4. Apesar de ser favorável à colocação de opinião em blogs, fico imaginando o dia em que essa mídia se tornar mainstream e nos cobrarem total imparcialidade.

    .

    Já tentam, vide os “selos de qualidade” e todo o blá, blá, blá que sempre surge.

  5. Alexandre isso foi um meme?

    Bem, conheço editor chefe, que foi mandado embora de um jornal por causa da opinião (não lida antes de ser publicada) de um mero estágiario freela.

    Pelo menos eu não corro esse risco. Essa é a diferença. Por acaso você tinha que passar pelo aval do Leo quando escrevia para o meiobit?

  6. Obrigado pelo link, notei que esqueci de “passar o meme adiante”, é a inesperiência com memes…

    Ótimo post, eu não conhecia a teoria do mais sexo é sexo mais seguro. Muito interessante, vou me lembrar dela, e realmente está em nossas mãos segurar as pontas da credibilidade e respeito dos blogs.

    Valeu, segue firme!

  7. Ótimo post, eu não conhecia a teoria do mais sexo é sexo mais seguro.

    Vou apresentar essa teoria à minha namorada como desculpa para sair sozinho na sexta-feira, hehe…

  8. j.noronha,

    É verdade, tem esses selos… Quanto a apresentar a teoria à sua namorada, existe um pequeno problema: ela pode usar do mesmo argumento para sair sozinha sexta a noite…

    Issamu,

    Sim foi um meme. Em relação ao Meio Bit, não precisava de aval não. Mas eu submetia alguns textos quando achava necessário. Nunca houve restrição.

    Marco,

    Nem precisa passar a diante, acho. Eu nunca passo adiante, oficialmente. Não gosto muito dos convites. Na verdade acho que não respondo à maioria (dos memes), hehehe!

    Abraços a vcs!

  9. Belo texto Inagaki!
    Hoje eu busco as informações que quero primeiramente na blogosfera, se não achar nada ou ainda estiver em dúvida, procura outras fontes.
    Abração

  10. Neto,

    Inagaki?! hehe!
    Também tenho esse mesmo costume, procuro primeiro na blogosfera e depois recorro a outras fontes. E em geral não preciso chegar nas outras fontes pq a blogosfera me satisfaz.

  11. 11. Guilherme Borges disse em 17 set 2007 - 09:30

    Responsabilidade é servir a um clube de apoio para a comunidade um exemplo é o LEO clube.

  12. “Menos é mais”. Ainda que seja menor o número de blogs de qualidade, o conhecimento e reconhecimento destes acaba sendo maior. Ótimo texto.

  13. Vincent,

    Concordo em gênero, número e grau. Qualidade gera reconhecimento. Quantidade não.

    Abraços!

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email