DRM: o início do fim

por Alexandre Fugita

[EMI e Apple] Os rumores da manhã se confirmaram. Hoje a Apple e a EMI anunciaram que todo o catálogo da gravadora passará a ser vendido sem DRM. Aquele discurso do Jobs dizendo-se contra o DRM era, afinal, uma antecipação deste acordo que estava por vir. Vitória, afinal. Esse pode ser o gatilho que faltava para que as outras geradoras de conteúdo sigam o exemplo e eliminem de vez o DRM.

A proposta da EMI/ Apple

Segundo o TechCrunch, as músicas serão vendidas a US$ 1,29, ou seja, 30 centavos de dólar a mais do que as músicas com DRM, estarão no formato AAC (proprietário da Apple) e codificadas em 256 Kbits/s, o dobro das faixas atuais. Quem quiser comprar o álbum inteiro, o preço não mudará, mas a qualidade será maior e livre de DRM, assim como os videoclipes.

A notícia realmente é uma vitória em direção ao que todos pedem: o fim do DRM. Segundo o Jobs há negociações com outras gravadoras e espera-se que até o final do ano 50% do catálogo da iTMS seja DRM-free. A EMI informa em seu pressrelease que músicas sem DRM serão vendidas futuramente em outras lojas on-line, mas que a Apple é sua primeira parceria.

DRM é restrição

No mundo digital as empresas tiveram que inventar um meio de evitar cópias ilegais de seus produtos. Criaram o DRM, que restringe a liberdade de quem compra músicas e filmes, a ser cliente para o resto da vida do mesmo fornecedor. Essa restrição é complicada pois se você foi sempre cliente da Apple e de repente resolve comprar o Zune (tem certeza?), todas as músicas compradas legalmente para o tocador da maçã ficam inválidos. Claro, aqui no Brasil não podemos comprar músicas da Apple, mas isso é só para termos uma idéia do problema causado. O início do fim do DRM está longe do ideal, mas já é um grande avanço.

Comentários do Facebook
9 comentários
  1. Fugita, só uma correção: AAC não é proprietário da Apple: http://en.wikipedia.org/wiki/Advanced_Audio_Coding

    Proprietário é o FairPlay, o DRM que a Apple usa no iTunes.

  2. Cesar,

    Opa, valeu pelo aviso. Já cortei essa informação do texto.

    Abraços!

  3. o fim do DRM foi algo Darwiniano :P

  4. Fugita, você gosta de sensacionalismo. Primeiro disse que o Vale do Silício é aqui e agora que está chegando o fim do DRM hehehehe

    Mas ….. muito boa notícia :-)

    Abraço.

  5. Matt,

    hehe! pois é, só os mais aptos sobrevivem. :-)

    Tonobohn,

    Vixe, eu sensacionalista? hehe! Vou me policiar em relação aos títulos dos posts.

    Abraços a vcs!

  6. É inevitável, acho que a única saída para as megacorporações é aceitar a marcha da história. Está feito.

  7. Paulo,

    É verdade, ou aceitam a marcha da história ou participam ativamente dela.

    Abraços!

  8. O Melhor da Blogosfera Brasileira – Parte III…

    Hoje é sexta-feira e feriado, mas isto não é motivo para deixarmos de publicar na nossa seção com o que melhor aconteceu na blogosfera Brasileira. O Michel do Viu Isso? nos mostra três lições que podemos tirar da vida……

  9. […] Fim do DRM? A Microsoft apóia. Eu também. […]

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email