A questão do plágio na web

por Alexandre Fugita

Na semana passada fiz um comentário sobre plágio de blogs na lista da blogosfera, que gerou uma série de reações, posts e discussões entre blogueiros, não todas por causa do meu comentário, mas em função do problema ser generalizado. Quem produz conteúdo original e de qualidade acaba vítima de copiadores descarados. E já que acabei criando esse pseudo-meme, quase que sem querer, vou discutir alguns pontos abaixo.

Copiar não traz visitação

Quem copia imagina que receberá milhares de visitantes e que o blog crescerá rapidamente. Ledo engano. Primeiro que se não há nada de original no conteúdo de um site, pra quê vou voltar nele? Notícia é commodity, informação é commodity. Diferencie-se para chamar a atenção. Escreva algo original para que os leitores lembrem de você. Traga algo diferente, não seja mais um na multidão. Os copiadores, claro, não fazem idéia do que é uma commodity

Também, ao copiar, mecanismos de busca rebaixam a nota de ambos os textos, o original e o copiado, principalmente este último. Se a pretensão do plagiador era aparecer nas primeiras posições do Google, verá sua nota lá (Pagerank) cair ainda mais.

Creative Commons

O Techbits e uma porção de ótimos blogs por aí licenciam o conteúdo sob Creative Commons. No Techbits a licença permite copiar, distribuir, modificar e criar obras derivadas desde que, cite a fonte, não faça uso comercial e use a mesma licença. Como a intenção dos copiadores é obter lucro rápido na web acabam invariavelmente ferindo a cláusula do uso comercial. Está na descrição jurídica da licença que não é permitida a obtenção “de vantagem comercial ou compensação monetária privada“. Ou seja, nada de anúncios ao redor do texto copiado.

Não fosse isso um problema, nenhum plagiador se preocupa em licenciar o conteúdo copiado sob a forma orientada nos termos de uso. A maioria sequer cita a fonte ou muda a pessoa em que o texto está escrito. Vemos os plagiadores falando “Eu… qualquer coisa…”, quando na verdade o “eu” se refere ao autor plagiado. Vai entender esse povo…

Citar é permitido

Claro, citar é permitido. Que fique claro que não estou reclamando daqueles que citam trechos de texto que escrevi. Longe disso. Estou reclamando de copiadores reincidentes, que mesmo após vários contatos não colocam o conteúdo duplicado dentro dos termos de uso. Pra finalizar, aviso aos que vão plagiar este texto: tomem o cuidado de trocar todas as citações à palavra “Techbits” para o nome do seu blog.

Leia mais na blogosfera:

Comentários do Facebook
25 comentários
  1. E quando o plágio não é somente de conteúdo.

    E quando quem plagia ganha dinheiro com material com copyrights de outra pessoa? Dá cadeia, não;

    pois é exatamente isso que o http://www.morroida.com.br faz com as camisetas vendidas lá. São cópias descaradas, apenas traduzidas, das camisetas da T-Shirt Hell. No site nem os créditos à T Shirt Hell ele dá. O que, mesmo assim, seria ilegal, uma vez que o T-Shirt Hell é feito com Copyrights.

    Tenho enchido o saco do Fábio por lá, mas o máximo que consegui foi ser chamdado de babaca.

  2. Opa Alexandre!

    Uma idéia que poderia ser pensada seria um fundo ou cooperativa para bancar os custos e chateações de ações legais de combate a cópia ilegal de conteúdo alheio.

    Os autores/produtores de contéudo contribuiriam com pequenos valores e quando fosse lesados teriam um advogado e os custos de ações custeados por ests fundos!

    Não resolve completamente o problemas! Mas quando pessoas forem condenadas por uso ilegal da obra alheia, pode ser que o número de infrações diminua…Pode ser!

    []’s

  3. Sacanagem isso, Alexandre. Cara, lembro-me do dia que a menina te acusou de plágio, sendo que a vítima era você.

    Mas plagiador não tem vida longa, pelo menos é no que quero acreditar.

    Abs.

  4. T-shirt,

    Bom, a questão que vc apontou no seu comentário é particular a você e à pessoa que vc acusa. Não vou dar aqui qualquer juízo de valor pq simplesmente não tenho elementos para isso.

    Só deixo avisado que seu comentário é responsabilidade sua. Se isso for causar algum problema para mim, será apagado.

    Sérgio,

    Eu vi o povo na lista da blogosfera discutindo essa cooperativa pra contratar consultoria jurídica/ advogado. Interessante, mas talvez também valha a pena educar. Só uma opinião.

    Mário,

    Depois conversei com ela. Na verdade ela não me acusou. Ela se sentiu enganada ao ver o mesmo conteúdo aqui e em outro lugar… e por ter perdido tempo comentando no post de lá… Troquei algumas idéias com ela e fui até citado no blog dela!

    Abraços a todos!

  5. […] o Alexandre Fugita ficou incomodado (e quem não fica?) com plágio na web. Seus textos foram copiados abertamente pois estavam sob a […]

  6. Existe até um termo pra isso. “KIBADO”.

    O blog com maior número de acessos do país não produz nem metade do seu conteúdo.

  7. Já vi essa pergunta em algum lugar e vou repetí-la aqui: e quando o blog que cita de acordo com os termos do Creative Commons, mas mantém Adsense e outras formas de capitalizar? Não estaria infringindo a “cláusula” que proíbe uso comercial?

  8. 8. TShirt disse em 25 jun 2007 - 14:59

    Alexandre, longe de mim querer trazer problemas pra você. E caso meu comentário possa te causar problemas, pode apagar sim com certeza. Só quis levantar a questão do plágio com o ganho comercial direto.
    E gostaria de deixar claro que nada tenho a ver com a T-Shirt Hell.

    []’s

  9. Carlos,

    Ah, sim, esse termo é famoso.

    Thássius,

    No meu entendimento, se alguém citar conteúdo, mesmo que tenha anúncios ao redor, não representa infração da licença. O que está acontecendo é cópia total de posts, váras vezes, e com anúncios ao redor. Como esses blogs não devem criar conteúdo prórpio, não dá pra pagar com a mesma moeda.

    Tshirt,

    Ok, como vc levantou a questão, imaginei que fosse parte interessada neste caso. Por enquanto o comentário fica lá.

    Abraços a vcs!

  10. É impossível não copiar nada de outros blogs.

    Eu faço isso direto, copio até texto. Mas SEMPRE coloco Via: fulano de tal.

    Trackback é legal também.

  11. […] estamos discutindo tanto sobre a cópia de conteúdo, outro dia o Alexandre Fugita publicou sobre plágio, sinceramente qual o […]

  12. A velha questo do plgio na web…

    Na semana passada fiz um comentrio sobre plgio de blogs na lista da blogosfera, que gerou uma srie de reaes, posts e discusses entre blogueiros, no todas por causa do meu comentrio, mas em funo do problema ser generalizado….

  13. Lazy,

    Bom, a questão é: seus leitores acham interessante seu conteúdo ou o dos outros? Se vc tiver conteúdo original sempre, vai arranjar leitores fiéis. Se não vai virar um simples agregador de notícias, mas nunca a fonte delas. O que é péssimo, acredite.

  14. Putz, tinha um blog que tinha um endereco que verificava se o conteudo do seu blog foi copiado por alguem! Agora nao estou achando! Alguem sabe de que site estou falando?

    Se soubessem, postem aqui. To a procura!
    []

  15. Muneo,

    Tem o Copyscape. Mas pra verificar muitas páginas precisa assinar. Talvez valha a pena.

  16. Alexandre, é esse mesmo! Valeu! ;)

  17. Artigo realmente interessante. Pena que a grande maioria dos plagiadores não vão ler este texto. Não sei se isso ocorre só no Brasil, pois é uma questão de cultura.

    Quando gostamos do texto de alguem e desejamos comentar, analisar, citar etc… devemos por educação, consideração e por força de lei citar a fonte de origem.

    Não sei que mau a nisso ou que vantagens os plagiadores veem em não faze-lo.

  18. Sucesso,

    Bom, é provável que os plagiadores vejam isso, mas não se toquem que estou falando deles… Infelizmente acabamos enfrentando esses problemas ao publicar bom conteúdo.

    Abraços!

  19. No eupodiatamatando.com eu permito que se copie, modifique desde que mantenha a mesma licença, preserve e cite o nome do autor. Podendo-se usar para qualquer fim, inclusive comercial.
    Eu não me incomodo que copiem, inclusive copiam até muito, eu me incomodo é quando fazem hotlinks que consomem minha banda. Aí fica chato porque eu não tenho banda infinita.

  20. Silveira,

    Aqui também é permitido copiar. Mas peço que citem. Claro que quem quiser pode copiar todo o conteúdo. Mas isso seria muita cara-de-pau apesar de permitido.

    Hotlink é a pior praga que pode existir.

    Abraços!

  21. Olá, Alexandre, tudo bom?

    Sou estudante de Biblioteconomia e estou fazendo um trabalho acadêmico em forma de blog, o plagioemblogs.wordpress.com.

    Estou revirando a blogosfera em busca de descrições de casos de blogs plagiados para utilziar como exemplo.

    Adorei teu artigo e gostaria de pedir autorização para linká-lo em meu trabalho. Se tiveres printscreens, links, etc., que comprovem plágios eu ficaria muito grata – logicamente, eu citaria a fonte das informações e daria os devidos créditos.

    Grata.

  22. Olá Carla!

    Bom, os links no final do post, das leituras na blogosfera, leva a outros textos sobre o assunto.

    Também, já abordei isso no texto:

    http://techbits.com.br/2007/se-vai-copiar-faca-direito/

    Com printscreen e tudo.

    Ah, e pode sim usar como exemplo.

    Abraços!

  23. Olá amigos,
    Este assunto do plágio é mesmo bastante sério, tanto que blogueiros decentes estão se reunindo no lançamento de uma campanha para o extermínio dos sugadores de conteúdo na blogosfera.
    Convidamos a conhecer o post de Pré-Lançamento da campanha criada pelo LEIA-ME blogpost e pedimos contribuição no sentido de divulgação do selo em postagens.
    Obrigado pela atenção.
    http:/carlaolima.blogspot.com

  24. Talvez a ferramenta wwww.docxweb.com pode ajudar.

  25. […] Original | Suposta cópia […]

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email