A importância do Feedburner para o Google - Techbits

A importância do Feedburner para o Google

por Alexandre Fugita

[Google Feedburner] Toda semana o Google compra alguma empresa. A bola da vez é o Feedburner. Após os rumores da semana passada, foi anunciado oficialmente que o Feedburner é do Google. Não há informação de valores mas o mercado estima que a compra foi feita por 100 milhões de dólares. Para quem não sabe, o Feedburner é o maior sistema gerenciador de feeds RSS do mundo. É utilizado pela maioria dos blogs – incluindo o Techbits – e muitos sites grandes como PC World e Reuters. Tecnicamente nenhum site precisaria do Feedburner para gerenciar seu RSS. Sistemas de gestão de conteúdo como o WordPress ou Drupal criam seus feeds automaticamente. Mas queimar o feed no Feedburner traz uma série de benefícios para leitores e publicadores. É isso que o Google está comprando.

Leitor de feeds é leitor VIP

O leitor do seu site que o acompanha através de feed RSS é VIP. Ao assiná-lo esse usuário está dizendo que gosta do seu conteúdo, aprecia as informações e opiniões que passa, está atento ao que é publicado. São leitores fiéis que quando você os encontra, lembram direitinho de um post antigo seu sobre determinado assunto. Ah, e preferem o feed completo.

Em resumo, são leitores que estão realmente interessados em seu conteúdo. Dito isso, vem a pergunta: o que o Google tem a ver com isso? Tudo! Eles estão no negócio de vender anúncios. Faturaram cerca de 10 bilhões de dólares fazendo isso no ano passado. Publicar anúncios para esse público antenado significa atingir em cheio os alvos importantes. Anúncio direcionado para o leitor antenado, simples assim. O potencial é enorme.

Distribuição de conteúdo

Hoje é impossível manter-se informado tendo que entrar em cada um dos sites que você conhece para obter informação. O negócio é usar RSS para otimizar o tempo e maximizar a absorção de conhecimento. A web continua lá pois é o meio pelo qual sites e blogs são encontráveis, onde a estrutura de hyperlinks funciona e você vê e é visto. Mas a função de distribuir informação de forma eficiente está com o feed RSS.

Essa aquisição mostra como os feeds estão se tornando parte importante da distribuição de conteúdo. O surgimento de serviços que misturam os feeds (Pipes, PopFly) é outro sinal desta importância. A web é a janela para o mundo. O feed é onde você o acompanha.

Comentários do Facebook
14 comentários
  1. Ninguém esperava por essa notícia hoje!

    Agora o Google tem o gerenciamento e acesso direto ao conteúdo de milhões de sites/blogs que produzem feeds. É assustador saber que mais uma empresa torna-se parte do império do Google, que a cada dia parece aumentar o ritmo de crescimento.

    Para nós editores essa compra indica melhorias no serviço que já era excelente e a possibilidade de geração de renda através de feeds com a integração do AdSense.

    Isso é só o começo e o Google deve ter planejamentos bem maiores para o FeedBurner.

    Abraços!

  2. Melhor que a notícia foi o texto.

    “A web é a janela para o mundo. O feed é onde você o acompanha.”

    Disse tudo!

    Parabéns ;)

  3. Competências necessárias na Era da Informação…

    Que vivemos uma superdosagem de informação ninguém duvida. Que procuramos maneiras eficientes de otimizar nosso tempo para maximizar nosso contato com a informação (e quem sabe transformá-la em conhecimento) é também bem conhecido!

    Mas, corr…

  4. Muito bom o texto. Realmente, RSS é a melhor forma para receber informações e muito importantes.

    É muito melhor receber o conteudo a ter que ir buscá-lo. Talvez até perdendo tempo, já que o blog/site pode não estar atualizado.

    Abs.

  5. Renê,

    Na verdade eu esperava por essa notícia desde que o rumor foi divulgado pelo Techcrunch. Acho que a compra do Feedburner pelo Google vai beneficiar os editores de blogs e sites que usam tal serviço. Além de ficar gratuito naquele serviço premium deles, acho que a monetização via feeds vai se tornar uma realidade para muita gente.

    Túlio,

    Hehehe! Eu escrevi o texto todo baseado nestas últimas sentenças, hehehehe!

    Mário,

    Quem usa RSS tem uma vantagem competitiva frente a quem não usa.

    Abraços a vcs!

  6. O RSS faz parte de um grande avanço em tecnologia.
    O poderoso Google não ia ficar de fora dessa.

    Acredito que deve aprimorar o Reader com o Feedburner.
    Com anúncios adsense só tem a ganhar.

    Abraços

  7. Estou curioso para saber para quanto vai estes 10 bilhões de faturamento com a aquisição do Feedburner.

  8. Tem mais alguma coisa boa para o google comprar? Façam suas ofertas e aguarde que o dinheiro entra. Para eles são centavos.

  9. Neto,

    Sim, o RSS é quase fundamental nos dias de hoje. E como o Google não é bobo, entrou de cabeça neste mercado.

    kadu,

    Hehehe! Com certeza vai aumentar bastante. Fora o aumento normal, o Feedburner deve dar outro incremento na receita.

    Silvano,

    Sempre vai surgir um idéia inovadora que o Google pode querer comprar. Isso dá medo na verdade. Aquela brincadeira que vão dominar o mundo pode se tornar real.

    Abraços!

  10. 10. Keika disse em 3 jun 2007 - 22:38

    Olá!
    Vim verificar se o seu blog era mesmo interessante… Muito bom mesmo !!! Vou acompanhá-lo agora…
    Um beijo da sua nova amiga =P (aquela que voce conheceu no developer day)

  11. Olá Keika!

    Que bom que gostou, hehe! Mais uma assinante. Está faltando presença feminina aqui no blog, hehehe!

    Abraços!

  12. […] é segredo que a Google vem neste ano com toda força e fazendo aquisições. A empresa faz compras como se estivesse em um supermercado, expandindo sua rede de […]

  13. Eu estou esperando o Google transformar o Blogger na maior plataforma de blogs que existe… =)

  14. Diego,

    Hum… o Blogger já foi uma plataforma boa. Hoje não é mais, ficou para trás no tempo. Ainda é bastante usada, mas não é boa…

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email