Questão de segurança

por Marco Arribas

A guerra continua...[Original version in English here] Uma idéia corrente hoje em dia é que o Linux é melhor que o Windows em se tratando de ameaças de vírus e spywares. Usuários de Mac OS também dizem o mesmo, apontando duas causas principais: o número de vírus para Windows – certamente maior – e o nível de conhecimento de seus usuários. Eu concordo totalmente com o primeiro argumento, já que a maioria absoluta das pessoas usa PCs rodando Windows. Entretanto, o nível de conhecimento dos usuários é realmente importante?

Windows vs Mac vs Linux

Apesar da análise passional de seus respectivos usuários, não há dúvidas que o Windows é superior ao Linux e Mac OS, inclusive no número de malware. Motivos: popularizou fortemente a utilização de computadores, enquanto o Linux – uma herança Unix de geeks (afficionados em tecnologia) sem prentensões de lucro – e o Mac OS (fácil instalação de software, porém difícil de encontrar um que sirva) ficaram para trás. Gerações de empreendedores e usuários domésticos tiveram fácil acesso a computadores baratos e compatíveis. O Windows também permitiu aos empregadores diminuir custos, já que treinar pessoas para lidar com processadores de textos e planilhas eletrônicas de diferentes plataformas requer dinheiro, assim como paciência dos usuários.

Recomendações

Voltando ao assunto do nível de conhecimento dos usuários não ser importante, posso dizer que seguindo regras simples é possível reduzir de forma significativa as ameaças de vírus.

Primeiro, instale um software anti-vírus e depois, sabendo que a maioria dos vírus chegam por e-mail ou de sites suspeitos, preste atenção no que você está baixando. Há vários programas para Windows: se você está inclinado a gastar alguns trocados, McAfee e Norton são melhores que freewares (softwares gratuitos), como AVG e Panda. A propósito, usuários de Linux e Mac OS, quantos anti-vírus estão disponíveis para suas plataformas? (ok usuário Mac, que tal QUANTOS são gratuitos?). Hoje em dia não vale a pena acreditar que uma alma malvada não irá criar um vírus para seu sistema só porque você não está protegido.

Outra dica é manter seu sistema operacional sempre atualizado. E para completar, não se esqueça de checar a extensão do arquivo que você está baixando. Em geral, se você nunca notou, a extensão é formada por aquelas três letras logo depois do ponto em um arquivo de computador.

Identifique a ameaça

Não faça download de arquivos anexados ao email (nem mesmo se vierem de sua mamãe!) que tenham as seguintes extensões: .EXE, .COM, .BAT, .VBS, .CMD. Elas representam arquivos executáveis, o que significa que podem ser maliciosos. No caso da web, baixe estes tipos de arquivos apenas de sites confiáveis, ou seja, tenha cuidado com sites pornográficos e sempre verifique o endereço da web.

Bom, você recebeu um arquivo de seu amigo por email. Na maioria das vezes, a única decisão racional que você precisa tomar é se o anexo é uma música, um texto, foto ou vídeo. Isso é fácil:

  • músicas: mp3, wma, mid, aac, ogg
  • texto: doc (cuidado com vírus de macro), pdf, txt, asc
  • fotos: jpg, gif, png, bmp, tif
  • vídeo: avi, mpg, mov

Estes tipos de arquivo você pode baixar sem se preocupar, considerando que não há como eles enviarem instruções para o processador de seu computador(*).

(*) A vulnerabilidade Windows Metafile descoberta no final de 2005 permitia a uma imagem (extensão .wmf) executar código malicioso no seu computador rodando Windows, mas isso é assunto para outro post.

ORIGINAL VERSION in ENGLISH

A security matter

A common thought nowadays is that Linux is better than Windows regarding virus threats. Indeed, MacOS users claim the same, pointing out two main causes: the number of Windows viruses – surely much higher – and the level of knowledge of their users. I totally agree with the first argument, since the absolutely majority of people use Windows-based PCs. However, is the level of their users really important?

Windows vs Mac vs Linux

Windows is by no means inferior to Linux and MacOS about viral infection, despite the passion of their respective users. It also popularized enormously computer utilization, while Linux – a Unix heritage of computer geeks with no desire to make a profit – and MacOS (easy to install a software, but hard to find one) were put far behind. Generations of both home users and entrepreneurs were able to have easier access to cheaper and compatible computers. Windows permitted employers to decrease their costs as well, since training people, for instance to deal with a word processor or a spreadsheet program designed for different platforms, requires money as well as patience by the user.

Recommendations

Back on the issue of why the level of users is not important, I can say that by following simple instructions, it is possible to significantly reduce virus threats.

First, install any antivirus software, and second, since most virus are downloaded either by email or from malicious sites, pay attention to what you’re downloading. There are several programs for Windows: if you’re willing to spend some money, McAfee and Norton are better than freewares, like AVG and Panda. By the way, Linux and MacOS users, how many antiviruses are available? (ok MacOS users, what about how MANY are free?). It doesn’t pay these days to believe that some evil soul will not make a virus for your system just because you’re not protected.

Furthermore, don’t forget to check the file extension when you’re downloading a file. File extension is generally the three letters after the last dot of a computer file.

Threat identification

Do not download files from email (not even from your mamma!) that contain the file extension: .EXE, .COM, .BAT, VBS, CMD. These are all executable files, which means that they might be malicious. In the case of websites, download them only from trusted websites, i.e., be careful with x-rated sites and always check the web address.

Now, you’ve got a file from your friend by email. Most of times, the only reasonable decision to make is to decide if it’s a song, text, picture or video. Here it goes:

  • Songs: mp3, wma, mid, aac, ogg
  • Text: doc (but beware of macro viruses),pdf , txt, asc
  • Pictures: jpg ,gif ,png ,bmp ,tif
  • Video: avi, mpg, mov

You can download them without being worried, considering that these files cannot send any instructions to your computer processor.

That’s all folks,

Marco Arribas

Publicado sob autorização do autor.

Comentários do Facebook
2 comentários
  1. E ae Marcão! Bela estréia! Parabéns! Mas eu acrescentaria outra recomendação para aumentar a segurança: não usar o Internet Explorer, também conhecido como IECA, hehe!

  2. 2. Renato Olivares disse em 30 ago 2013 - 16:55

    Melhor antivírus do mundo é o BAV: http://antivirus.baidu.com/pt/?referrer=bwt. Além de grátis, roda super bem e não deixa passar nada.

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email