Do you Yahoo? - Techbits

Do you Yahoo?

por Alexandre Fugita

[Do you Yahoo!?] O Yahoo! está em crise. Isso todos já sabiam há algum tempo. O novo projeto de propaganda atrasou e os lucros estão diminuido. Mas o buraco é mais embaixo: estão perdidos, não sabem que direção tomar, o que comprar, o que fazer com os diversos serviços conflitantes que possuem. Tudo isso era apenas especulação da blogosfera e da mídia mas parece que é pra valer. Há alguns dias “vazou” um memorando interno do Yahoo! detalhando pontos de preocupação de um VP Senior da empresa, e lá dizia: precisamos mudar!

Web 2.0 vs. Web 1.0

O Yahoo! tem feito várias aquisições de serviços da chamada Web 2.0. Entre as mais importantes podemos citar o Flickr e o Del.ici.ous. O grande problema é no geral os sites comprados entram em conflito com serviços que o Yahoo! já possui. Como todos sabem o Flickr é o expoente web 2.0 das fotos. Mas o Yahoo! já possui o serviço Fotos versão web 1.0 da mesma idéia. O Del.icio.ous pra quem não sabe é o expoente web 2.0 quando se fala de bookmarking social. Mas o Yahoo! já possui o serviço My Web, novamente a versão web 1.0 da mesma idéia.

E a lista é grande… Alguns podem dizer que o público dos serviços web 2.0 é formado por early-adopters (pessoas que adotam primeiro as novas tendências) e que o serviços web 1.0 tem como público a audiência menos antenada da internet e que, portanto, não há conflito. Bom, seria interessante ver características inovadoras entrando nos serviços antigos assim como uma melhor integração entre eles.

Comprar ou não comprar, eis a questão

Após a aquisição do YouTube pelo Google, os rumores indicavam que o revide da Yahoo! seria a compra do Facebook, rede social concorrente do MySpace e, digamos assim, do quase brasileiro orkut. O preço do Facebook foi às alturas e o Yahoo! não pagou pra ver. Alguns disseram que o problema foi que a tomada de decisões no board da Yahoo! é muito lenta e que isso prejudicou as negociações.

Fora isso a Yahoo! tem comprado propriedades na web de forma agressiva. Só na semana passada incorporou o Blix e o MyBlogLogs, mas sofre de problemas internos que dizem, ajudou a perder a oportunidade de comprar o YouTube em uma disputa contra o seu principal inimigo, o Google.

Mais recursos, menos produtos

Recentemente o Google declarou que precisavam de melhorar e aumentar os recursos de seus softwares do que ficar lançando novos serviços. O Google é famosos por lançar dezenas de serviços beta, alguns deles tão fracos que mais parecem uma versão alpha. O caminho a ser trilhado agora é melhorar o que já existe.

O Yahoo! parece que acordou para o mesmo problema. O tal do memorando, chamado de Peanut Butter Manifesto (algo como Manifesto da Pasta de Amendoim – americanos adoram Amendocrem), descreve que o Yahoo! está espalhando pasta de amendoim por vários e vários serviços sem se preocupar em desenvolvê-los adequadamente. E traça linhas gerais sobre o que deveria ser a nova estratégia da empresa em relação às suas propriedades web. Só espero que o Yahoo! não perca “a mão” e simplesmente mate os ótimos Flickr e del.icio.us.

Comentários do Facebook
14 comentários
  1. Não acredito que o motivo pelo qual o Yahoo! não comprou (ou pelo menos desistiu ao que parece) o FaceBook seja uma suposta crise na empresa.
    Acredito que com tantos aplicativos web e, em decorrencia do mesmo fato sobre o Google citado por você, ela esteja tentando uma reformulação em seus softwares.
    Toda empresa para crescer (ou continuar crescendo) precisa repensar sua filosofia muitas vezes no decorrer do caminho. E principalmente as empresas de internet que, se não evoluem, se ferram rapidinho.
    Acho que o Yahoo! está passando por um momento delicado.
    E espero assim como disse você, que ela não encerre com programas já consolidados como sucesso. caso do Delicious e Flickr.
    Mesmo assim, ainda acho que ela irá encontrar o caminho :-)

    Abraços

  2. Olá Neto!

    Talvez seja realmente um exagero dizer que a Yahoo! esteja em crise. Na verdade vai razoavelmente bem não fosse o fato de que o Google vai muito melhor. E por isso dizem por aí que as coisas não vão bem na Yahoo!.

    A história envolvendo o Facebook (de que não comprou devido a problemas internos) apareceu em alguns sites pela blogosfera como possibilidade. Na época, pós-união Google YouTube, especulações giraram em torno da Yahoo sobre processos de tomada de decisões.

    Eu já queria falar dessa “crise” da Yahoo há algum tempo e como surgiu novamente a oportunidade (manifesto do amendoim), surgiu o texto, hehe!

    Agora, vamos aguardar pra ver o que acontece!

    Até!

  3. 3. João Tomaz disse em 8 dez 2006 - 12:41

    Att.: Alexandre Fugita.
    Gostaria de comunicar ao amigo que sou usuário do Yahoo!, principalmente do serviço My Web – versão web 1.0, onde acreditei que poderia “guardar” as informações que jugasse importantes nesta ferramenta. Hoje, 08.12.2006, não as acho mais, pois quando as procuro através do My Web 1.0, sou redirecionado automaticamente para o My Web 2.0, onde não tenho informações escenciais nele ainda. Estou “no prejuízo”, pois tenho um trabalho da faculdade para entregar hoje e os temas/temáticas necessárias para a execução do supracitado trabalho está “escondido” no My Web 1.0, e não consigo ou não sei, transferí-los nem para o My Web 2.0. O meu trabalho é sobre o ‘Terceiro Setor’ e é um tema muito abrangente e investi o meu conhecimento no armazenamento das diversas temáticas do ‘Terceiro Setor’ no My Web 1.0. Como proceder? Voçê pode me orientar?

  4. Olá João!

    Bom, apesar de ter citado tais serviços no texto (Yahoo My Web), não os utilizo. Não saberia como proceder. Acredito que se foi uma atualização que o Yahoo fez em seus serviços, em algum lugar vc encontrará as informações que armazenou. Eles são uma empresa que não costuma dar “cano” nos clientes.

  5. Otimizando sua conta no Yahoo Grupos…

    Muitas pessoas utilizam o serviço do Yahoo Grupos para interagir com alguém que também tem interesse por um assunto em comum. Existe grupo para (quase) tudo no Yahoo Grupos, ou no seu irmão Yanke, Yahoo Groups. Desde assunto…

  6. 6. emerson disse em 27 dez 2006 - 13:10

    João tomaz

    tive o mesmo problema que você.

    entre no endereço http://myweb.search.yahoo.com/

    lá eu encontrei meu o my web 1.0

  7. O Yahoo! está de volta…

    Essa semana foi particularmente boa para o Yahoo!. Anunciaram a a nova versão do Yahoo! Go, softwares para dispositivos celulares que facilita e integra seus serviços com usuários de celular. O anúncio foi feito no keynote da Motorola na CES 2007. …

  8. […] que a plataforma é gratuita, de uso livre através do registro, em que é criada uma conta Yahoo!. Mas nem tudo é doce, a versão Free, embora de grande extensão, é limitada, sendo que a conta […]

  9. […] é um serviço de compartilhamento de media com uma plataforma semelhante ao Flickr, recém adquirido pela Yahoo. Mas ele vai além, quando coloca à disposição o upload não somente de fotos, e sim de vídeos, […]

  10. […] circulou no alto escalão do Yahoo! o manifesto da pasta de amendoim (também coberto no Techbits aqui). As preocupações apontadas no documento mostravam que muita coisa não estava certa na gestão […]

  11. Que eu saiba o Y! Fotos morreu. Agora a parte de imagens do Yahoo está totalmente concentrado no Flickr.

    A diferença é que o Google ainda é sinônimo de buscador (e e-mail, ok), enquanto que o Yahoo já não é mais sinônimo de nada. De atraso, talvez. Ele dizem que querem ser a ‘homepage’ das pessoas, mas acho que essa época já passou.

    A homepage atualmente quem faz é o usuário.

  12. Thássius,

    Sim, o Y! está meio perdido. Aquela tal da pasta de amendoim é o que está mudando algumas coisas para melhor. Vamos esperar.

    Abraços!

  13. […] para trás pela sua incapacidade de se renovar. E até recentemente houve um executivo que fez o Manifesto da Pasta de Amendoim, apontando que a empresa criou dezenas de produtos sem foco e sinergia entre eles. Além disso, os […]

  14. […] para trás pela sua incapacidade de se renovar. E até recentemente houve um executivo que fez o Manifesto da Pasta de Amendoim, apontando que a empresa criou dezenas de produtos sem foco e sinergia entre eles. Além disso, os […]

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email