Os dois lados da moeda

por Alexandre Fugita

moedasCertamente o tuíter será rei de muitos textos do dia de hoje. Tudo por causa de um apagão de quase 4 horas (no meu caso) que o sistema elétrico brasileiro enfrentou no final da noite de ontem e início da madrugada de hoje.

Mas não é bem assim, diria a Marion Strecker, diretora de conteúdo do UOL. Nos portais de notícias houve apuração, entrevistas. Jornalistas foram a coletivas de imprensa para saber o que estava acontecendo. Mas não é bem assim, diria algum tuiteiro mais exaltado. Então como é que é?

Recentemente fiz um post sobre “O valor da informação“. Nele falo que a notícia, o registro simples e puro de um fato, está virando commodity. Mas também falo que se a notícia for uma informação em tempo real ela deixa de ser commodity. A cobertura jornalística feita pelos portais da internet, rádios e redes de TV tentaram ser o mais rápidos possível na divulgação de informações. Ótimo! Esse trabalho de apuração é importantíssimo e não será substituído.

O que acontece é que o Twitter realmente é ótimo para sabermos o que está acontecendo em tempo real. A característica caótica das mensagens postadas é suficiente para sabermos o que se passa em vários lugares diferentes. Em menos de 2 minutos percebi que a falta de luz não era do meu bairro, nem da minha cidade, mas muito mais ampla do que isso.

Já as notícias da grande mídia foram importantíssimas para suprir a minha timeline do Twitter com informações postadas por pessoas de todo o Brasil sobre o que de fato havia acontecido de acordo com informações de fontes confiáveis. E tudo trabalhou em conjunto para que meu vício por informação fosse suprido.

3G

E se não fosse o 3G e as torres de celular nada disso seria possível. Milhares de pessoas ficaram ligadas nas notícias através de suas conexões 3G dos celulares oumodens para notebook. As torres de celular aguentaram bem o apagão e, pelo menos no meu caso, permitiram navegar na internet, checar o Twitter e sites de notícias. Vitória da tecnologia.

Comentários do Facebook
5 comentários
  1. Desde que estou no twitter, essa foi a primeira vez que percebi todos em volta do mesmo assunto. Talvez seja o fato de não ter tantos contatos para seguir.

    Muitíssimo interessante foi perceber que até mesmo as rádios noticiosas, em determinado momento, também deixaram de funcionar, o que deixou como única opção o Twitter, já que nenhuma outra mídia funcionava no momento.

  2. eu vejo o Twitter como uma grande ferramenta de divulgação de idéias, pensamentos e muito mais. Antes eu relutava em entrar no twitter, mas agora vejo como uma poderosa ferramenta em todos os quesitos principalmente o marketing.

  3. O Twitter veio para revolucionar a comunicação, mas vai ser muito mais abrangente do que agora, pois as pessoas ainda o estão descobrindo. Ele ainda vai dominar uma fatia maior das comunicações, e um fato como esse fortalece esse meio de comunicação.

  4. Parabéns pelo trabalho.

  5. Olha, eu acho o seguinte, eu admiro muito o twitter, e mesmo todo mundo reclamando, o 3G me salvou. Digo isso porque em minha cidade não tem ADSL, e neste dia eu usava um notebook, prescisava saber o que acontecia, soube através de grandes portais, usando internet 3g, e pela repercussão de alguns poucos no Twitter. Ainda sim, este blog mesmo parado, é muito admirado por min. Continue com seu bom trabalho Fugita, você merece, por tudo que fez. Abraço!

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email