APIs abertas de dados do governo

por Alexandre Fugita

thackdayEm diversas conversas que já tive com o Pedro Markun do Jornal de Debates um assunto recorrente foram os dados públicos abertos. Nos EUA o presidente Obama determinou um prazo para que todas as esferas do governo abram seus dados publicamente através de APIs para que qualquer um possa usar essas informações como desejar em mashups, webapps, etc. Aqui no Brasil aconteceu no último fim de semana o 1o. Transparência HackDay com o objetivo de mostrar e criar aplicativos que tornem alguns dados públicos abertos.

O mais interessante foi ver que os desenvolvedores e entusiastas que participaram do evento conseguiram extrair alguns dados de bases públicas disponíveis mas não tão acessíveis assim. Mais ou menos como se criassem APIs para dados que não as tem. Genial, não?

Políticos API

Duas dessas iniciativas fizeram isso extraindo dados sobre políticos brasileiros. O projeto do Parlamento Aberto (Helder Ribeiro), listou todos os deputados brasileiros e extraiu uma lista de tudo que eles estão fazendo. Já o projeto Dados Públicos (Pedro Valente) “parseou” o site Transparência Brasil usando o YQL (Yahoo! Query Language) e extraiu informações sobre políticos brasileiros. Por enquanto tais dados limitam-se a uma foto do político e seu CPF. Mas muitas informações poderão ficar disponíveis por uma API.

Multimídia API

O projeto ABrCrawl (Fabricio Zuardi) é um robô que vasculha o site da Agência Brasil e disponibiliza as fotos do sistema para serem usadas por quem quiser. Como a Agência Brasil licencia seu conteúdo em Creative Commons, é possível usar as fotos até comercialmente desde que a fonte seja citada. Usando os dados do ABrCrawl eu imaginei um Agência Brasil Vision, ao estivo Flickr Vision ou Twitter Vision!

Já o projeto MetaVid (Pedro Markun) tem a ideia de se basear no MetaVid americano que pega os streamings do C-Span (uma espécie de TV Senado) e os disponibiliza na web. A ideia aqui é fazer exatamente o mesmo com a TV Senado e canais públicos que mostram sessões plenárias.

USP oauth API

A Universidade de São Paulo (USP) possui seu sistema de login que autentica seus alunos e funcionários quando entram em seu site. Mas e se você quiser autenticar um aluno para um webapp externo de qualquer natureza? Pois é, uma das criações foi um sistema que, dado o login e senha de um usuário, ele verifica se o sistema USP o autentica como válido. Claro, como todo espírito #hackday, não existe autorização prévia da USP para isso. A possibilidade mostrada é criar votações autenticadas mas em webapps externos. Quem sabe isso aumente a transparência da universidade?

Sustentabilidade API

Dois projetos envolveram preocupações com o meio-ambiente. Um deles, o Tr3e (Thiago Carrapatoso), trata os dados do INPE sobre desmatamento e apresenta de forma mais amigável para nós.

O outro projeto foi sobre lixo eletrônico (Maira Begalli). A Maira, idealizadora da ideia, nos contou que não há dados sobre lixo eletrônico (não é spam, e sim baterias, carcaças, essas coisas) disponíveis facilmente. Conseguiu depois de muito esforço uma planilha PDF com informações sobre o assunto. Então essa é uma crítica ao Ibama, Cetesb ou outro órgão que trate do assunto. Cadê as bases de dados? No final ela apresentou um vídeo sobre o assunto.

Educação API

O projeto Mapa da Eja (Bianca Santana) tem o objetivo de tornar disponível informações sobre escolas que promovem a Educação de Jovens Adultos. Esses dados são pouco divulgados e adultos que não terminaram os estudos não sabem onde procurar esse tipo de informação. Uma mapa já localiza as escolas que tem o EJA e futuramente a ideia é plotar também os adultos que precisam desta educação como forma de sensibilizar a sociedade para o problema.

Clone do Planalto

Claro, o blog clone do Planalto não é um projeto do Transparência Hack Day. Mas não poderia deixar de mencionar aqui tal acontecimento já que os criadores do clone são também os organizadores do #thackday. O Markun e a Daniela B. Silva criaram o clone do Planalto no espírito de transparência. Um blog que simplesmente clona todos os posts do blog oficial com a diferença de permitir comentários. Ótimo, não?

Governo API

Pois é, depois de toda essa discussão, cadê as APIs abertas do governo? Seria realmente interessante que todas as esferas da administração pública tornassem informações abertas através de APIs. Restaria aos cidadãos criarem ferramentas que utilizassem esses dados para os mais variados projetos.

Com a Copa em 2014 e as Olimpíadas em 2016 no Brasil muita gente já começou a se mobilizar para que informações financeiras sobre esses dois projetos fique disponíveis e abertas à população e essa é uma grande oportunidade do Governo brasileiro adotar APIs abertas para dados públicos. Será?

Leitura recomendada:

Comentários do Facebook
6 comentários
  1. […] This post was mentioned on Twitter by dudu tomaselli. dudu tomaselli said: APIs abertas de dados do governo – Techbits http://bit.ly/3FVunU […]

  2. […] http://techbits.com.br/2009/apis-abertas-de-dados-do-governo/ a few seconds ago from choqoK […]

  3. Também existe essa iniciativa http://brasil.aiegua.com.br

    Mantida e desenvolvida pelo twitter.com/1anonimo

    Pode ser útil para o “Projeto Dados Públicos”

    forte abraço!

    o/

    ~
    cinco
    Pirate Party Brazil Member

  4. […] APIs abertas de dados do governo – techbits […]

  5. parabéns pelo tópico, vou acompanha-los sempre…abraços e obg… William Douglas – Web Analytics

  6. ótima postagem, não conhecia este blog desde então,
    mais um seguidor!

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email