Tim e YouTube: cheiro de Net Neutrality

por Alexandre Fugita

The Internets (is a series of tubes) Peraí, deixa eu entender… saiu por toda a mídia tradicional que a Tim e a Google acabaram de fazer um acordo aqui no Brasil para disponibilizar o YouTube mobile para os clientes da operadora… Ok, tudo bem, nada de mais… se fosse só isso… Segundo as matérias que li quem quiser assistir a vídeos do Iutubiu precisa pagar R$ 2,10 por megabyte. Cuma? Sim, para assistir ao YouTube via rede celular TIM é necessário pagar dois reais e dez centavos por megabyte de tráfego de dados. WTF!?

Lembra daquela história de net neutrality, que gerou o termo “a series of tubes” quando falávamos das internets? Pois é… parece que a TIM está promovendo exatamente isso ao cobrar esse trocado por acesso privilegiado a algo que está livremente disponível na web. Mesmo que fosse Chuck Norris, tinha que ser de graça. Sim, estou reclamando de R$ 2,10 por megabyte (R$ 1,50?). Sim, isso é um absurdo, na internet não deveria existir tarifa para tráfego de serviços abertos.

E, claro, a culpa não é só da operadora de capital italiano. A Google tem sua parcela de culpa, diga-se de passagem, fazendo algo muito feio, bobo e sujo nisso tudo. Não eram eles, diretamente de Montain View, que lutavam contra a cobrança de pedágio para maiores velocidades de dados nas internets, no case Net Neutrality no Senado americano?? Cadê a coerência Hohagem? Cadê a coerência, Eric Schmidt? Não estou encontrando… e, teoricamente, o Google é especialista em encontrar coisas…

Vamos jogar limpo, Google e TIM. Nós consumidores brasileiros não somos idiotas. Não apliquem aquilo que consideram asqueroso lá fora aqui no nosso país. Sério, confio nas duas empresas, ambas são minhas fornecedoras essenciais em termos de internet e mobilidade. Ausência de net neutrality, tô fora!

Leia também:

Comentários do Facebook
14 comentários
  1. Essa eu não entendi…
    basta acessar o youtube pela TIM que vc já paga por assistir algum vídeo?
    Qual vantagem os assinantes teriam? Não consigo ver.

  2. O acordo entre a Tim e o Google se refere ao YouTube Mobile, um site novo e destinado exclusivamente a usuários de celulares.

    Não me parece que o conteúdo do YouTube Mobile esteja “livremente disponível na web”. Entrei no site ainda agora pelo navegador comum e não consegui ver nenhum vídeo.

  3. […] já que demovemos alertar sobre o quão esperta a Operadora TIM está sendo. Fiquei sabendo pelo TechBits e depois por algumas outras fontes que a TIM deve estrear a possibilidade de levar acesso a todos […]

  4. Ops, pelo post do Undergoogle eu percebi que o site funciona em qualquer celular com acesso à internet.

    Mas ainda está pra ser demonstrado que tenha sido acordado qualquer tipo de “acesso privilegiado” ao YouTube.

    Talvez esteja havendo alguma precipitação. Ainda nem se sabe direito os termos do acordo. Acho muito difícil que esse valor de R$ 1,50 seja uma SOBRETAXA em relação ao valor da conexão normal para internet.

  5. Pessoal, tem informação desencontrada no post e nos comentários. O YouTube Mobile está disponível para todos no endereço http://m.youtube.com. O acordo da TIM é somente para ter o acesso direto a partir do portal WAP da própria TIM e no menu TIM do celular.

    As taxas são referentes ao pacote de dados que a TIM já oferece. Como qualquer outra operadora, a navegação é paga por pacotes de dados e estas são as taxas cobradas atualmente. Não existe acesso pago ao YouTube Mobile.

    Na reportagem consta:
    “O acordo não é exclusivo. Clientes de outras operadoras podem até mesmo digitar o endereço do YouTube no navegador de internet do aparelho de telefonia móvel e assistir aos vídeos. Segundo Marco Lopes, diretor de marketing da TIM, a vantagem para os clientes da operadora é a facilidade de já ter o YouTube integrado no portal para celulares da TIM. O acesso ao YouTube custará R$ 1,50, mais impostos, por megabyte. Lopes apontou que assistir a um minuto de vídeo sairá por cerca de R$ 0,90”

    Ver em http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20080130/not_imp117313,0.php

    Grande abraço,
    Giovanni

  6. 6. Semtex disse em 31 jan 2008 - 16:12

    Bom, 2,10 reais por MB é mais caro que internet em 1995, quando eu pagava 30 (30 dólares na época) reais por 12h/mes a 14kbps. Mas o absurdo mesmo é que a TIM cobra apenas 1,50 e o governo 0,90 para assistir as inutilidades do youtube. Isto mesmo, 40% de imposto!!! Qualquer país sério corta imposto primeiro e depois tenta crescer economicamente. E ainda tem gente que acha que o programa de ‘inclusão digital’ é formidável. É isto aí, continuem assistindo bastante youtube para financiar um computador para o coitadinho que mora em São Paulo, AM desfrutar o mesmo youtube enquanto o gerador da cidade estiver funcionando.

  7. […] j? que devemos alertar sobre o qu?o esperta a Operadora TIM est? sendo. Fiquei sabendo pelo TechBits e depois por algumas outras fontes que a TIM deve ?lan?ar a possibilidade de levar acesso a todos […]

  8. Sei que serei apedrejado por defender a TIM, mas essa tarifação é vantajosa para o cliente casual, que não tem um pacote de dados.
    Porque os R$2,1/MB do YouTube só são cobrados se você acessar pelo menu da TIM, usando o ponto de acesso usado pela TIM TV.

    Pro usuário normal, que usa pré-pago e paga de R$15 até R$48 por MB, essa tarifação é vantajosa. Ele paga os absurdos R$15 quando está navegando na página do Youtube, mas quando o streaming começa, ele paga só R$2,10/MB.

    Eu queria é que o acesso GPRS normal fosse R$2,10/NB, isso sim :)

  9. Fugita,

    Isso é só o fruto de um modelo de negócios temporário, que obviamente mudará em um futuro muito próximo. As empresas de telefonia não podem de uma hora pra outra simplesmente “liberar” o acesso. Existem questões estruturais das redes, que as operadoras precisam testar pra saber se vão aguentar o fluxo de dados. Enquanto elas ampliam a capacidade de dados de suas redes, elas ganham dinheiro assim, cobrando 2 reais por MB baixado.

    Aqui no Reino Unido há 1 ano atrás era assim, hoje já fazem planos de internet ilimitada no celular (internet mesmo, nada de portalzinho WAP) por preços super-acessiveis, e tem o Iphone tambem, que o contrato padrão inclui internet ilimitada.

    É questão de tempo…

  10. O dia em que a TIM liberar um serviço grátis via celular, a galinha cra dentes.

  11. Esse valor de R$2,10/MB cobrados é por acesso ao YouTube via portal WAP da TIM. Vale a pena para quem não tem um pacote de dados contratado ou mesmo para usuários pré-pagos, cujo valor do MB utilizado é de R$15,73. No caso de clientes pós-pagos sem plano de dados contratado, o valor cai para no máximo R$5,99/MB. Evidentemente que para ambos os casos é vantajoso que se acesse o YouTube pelo Tim WAP, pois sai mais barato.

    Entretanto, para aqueles que como eu tem pacote de dados, o melhor é acessar o YouTube diretamente pelo navegador, sai MUITO mais barato. Não há restrição da TIM para acesso do YouTube pelo navegador.

  12. 12. Marcilio disse em 18 abr 2008 - 20:22

    Ola pessoal realmente a tim cobra 2,10MB trafegado no youtube tenho um plano de dados de 1GB acessei por algumas vezes o youtube , so percebi que era cobrado por fora quando chegou a minha conta , que veio cobrando um serviço cujo a sigla é (VAS), liguei para saber do que se tratava daquele valor que estava sendo cobrado e da quela sigla , foi quando me disseram que se tratava de alguns acesso ao youtube que eu tinha feito o valor foi de 60 reais ainda bem que eu tinha acessado pouco se não eu tinha me lascado sem saber pois no site nao informa que sera cobrado por fora bom ai esta um prova viva que realmente o acesso ao youtube sera cobrado sim 2,10 por MB fora o trafego ao portal caso vc nao tenha um pacote de dados!!!!!

  13. Marcílio

    Depois que vi teu comentário, peguei minhas faturas pra ver se nada tinha passado sem eu perceber. Não encontrei nenhum VAS em nenhuma delas, considerando o período de lançamento desse esquema de cobrança da TIM. E olhe que eu vi alguns vídeos do youtube no celular.

    Mas aí fica a pergunta: você acessou via portal WAP da TIM ou direto no site móvel do youtube?

  14. 14. nic disse em 2 maio 2008 - 14:08

    acho que a tim deveria investir mais no interior para melhorar seu sinal de transmissão e ganhar mais clientes ou dinheiro

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email