MS – 44bi + Y! < G

por Alexandre Fugita

Flickr BSOD, by @gravehearA véspera do feriadão tem sido quente no mercado de tecnologia, principalmente web. Sim, a Microsoft fez uma oferta de 44 bilhões (62% de ágio) pelo controle da Yahoo!, algo como 27 YouTubes. Eu já estava com o dedo no botão publicar para um outro texto quando alguém gritou no Twitter, parem as impressoras, vamos ter que rodar tudo novamente, entrou uma quentíssima.

Já não é de hoje que a gigante de Redmond mostra interesse no pessoal de Sunnyvale. Muitos rumores já circularam sobre esse possível negócio e sempre com cifras exorbitantes. A Microsoft morre de medo da Google, não há dúvidas agora. Claro, não demorou e no próprio Twitter já começaram as piadas… Será que o Flickr agora vai dar BSDO?, by GuraveHaato desu ka?.

Timing perdido

A conta lá no título não fecha. Na verdade o sinal de menor deveria ser maior… eu sei, estou explicando a piada… Mas não é piada, é a realidade. A Microsoft é um elefante gigante que demora para reagir. Deveria ter comprado o Yahoo! 3 anos atrás. Se fechar o negócio agora, vai ser só pra manter as aparências, pois seu negócio na web não é nada vistoso frente ao pessoal de Montain View.

Lembrem-se, a Microsoft demorou para acreditar que as internets teriam futuro. É famoso o memo do Bill Gates alertando o board da fabricante do Windows que teriam que prestar atenção nessa tal de internets. Os tubos talvez valham dinheiro, pensaram na época. O consultor deles deve ter sido o Ted Stevens.

O que será dos ótimos Flickr e Delicious se a negociação se concretizar só o tempo dirá. Só espero que não percam a aura cool e inovadora que por enquanto mantém na web.

Comentários do Facebook
13 comentários
  1. Espero que eles mantenham o padrão “cool” o xbox 360 hehehe :)

  2. O Google já possui (ou está conquistando) alguns dos principais sinônimos da internet:

    _vídeo;
    _feed;
    _email;
    _busca;
    _publicidade online;
    _localização geográfica;
    _pacote de escritório online;
    _comunidade virtual;
    _blog.

    A Microsoft comprar o Yahoo! e levar o sinônimo de fotografia online e o ex sinônimo de buscador, é coisa bem pequena, sem falar na morosidade para as coisas acontecerem dentro da empresa de Gates, como você mesmo citou.

    Por isso, se for pensar bem, duvido que isso mude alguma coisa (pelo menos para melhor) para o usuário!

  3. Pior que está não pode ficar. O Yahoo! não tem rumo, não tem norte, a aposta de virar uma empresa de mídia na web foi um “epic failure”, as tentativas de recuperar mindshare (reforma do Y!Mail) não funcionaram.

    Mas o Y! ainda tem um forte serviço de hosting, particularmente focado em pequenas empresas nos EUA, o que pode vir bem a calhar à Microsoft, que não tem uma oferta de hosting. Ainda é forte na Ásia, particularmente no Japão, onde o Google ainda é inexpressivo (AGORA é que entendeu que no Japão tem que fazer parceria com alguém de lá!). Ainda tem algumas coisas ‘trendies’ (Flickr, delicious, Upcoming.org). E o Yahoo!Mail, lembremos, ainda é bem maior que o Gmail. O suficiente para que a junção da oferta e dos resultados de ontem já façam as as ações do Google despencarem 8% no pretrading.

    No mundo Web 2.0, sim, MS – 44bi + Y! < G . No mundo lá fora… acho que não.

  4. 4. Flavio disse em 1 fev 2008 - 16:39

    Discordo do título!

    Em grande parte dos índices, seja de unique visitors / mês, seja de tempo de permanência, número de usuários do e-mail, entre outros, os sites do Yahoo! passam o Google.

    Sim, o Yahoo! é sim maior que o Google em grande parte dos índices. Se quiser, tenho as consolidações de índices da Nielsen / Net Ratings aqui e posso mostrá-los. Os únicos aspectos em que o Yahoo! não passa o Google é na capacidade de monetizar os seus “digital real estates”, no índice de crescimento e no valor da marca.

    Por isso, nunca acreditei que o Yahoo! estava de fato em crise e, hoje, acredito mais ainda que esses caras vão se manter líderes e aprenderão a monetizar e rentabilizar seus negócios on-line.

    A Microsoft é lenta sim, perde o timing como qualquer gigante, mas tem em seus quadros os profissionais mais brilhantes da face da Terra, uma incrível capacidade de reverter posições de mercado e muito dinheiro, mais que o Google, diga-se de passagem.

    Um dia, alguém disse que a MS havia perdido o timing quando lançou o Internet Explorer e o XBox. Quem ganhou?!

    Mais recentemente quando entrou nos mercados de publicidade on-line, na distribuição de conteúdo digital (Zune) e na compra do Yahoo! passaram a dizer o mesmo.

    Quem vai ganhar?

    Eu tenho a minha aposta.

  5. 5. Gustavo disse em 1 fev 2008 - 21:45

    Bem, duvidar dela no Xbox360 e ela mostrou a que veio, todo ano duvidam da capacidade dela de aumentar seus lucros, e como sempre ela apresenta lucros formidáveis e crescente.
    Como foi dito, acho que o que mais pode acrescentar ao yahoo a compra pela MS é a capacidade de fazer dinheiro, como é provado por qualquer produto que eles lancem.

  6. Fugita, mais uma vez parabéns pelo furo e pela qualidade do conteúdo que você produz. De fato a Microsoft substimou a internet, eu me lembro claramente que o Bill Gates anunciou que iria investir na MSN, na epoca uma rede privada nos moldes do AOL (da epoca). Lembro tambem que ha um ano atras o mesmo Bill Gates falou que dormiram no ponto e que estavam cinco anos atrasados em relação ao Google.

    A sensação que temos é que em termos de modelo de negocio de software, algo bem disruptivo esta surgindo por ai, ja temos nossos palpites, que a computação ubiqua ira levar nossos aplicativos triviais para a web, como ja o fazem, mas sinto que tem algo mais ai, algo mais impactante.

    Hoje mesmo conversando com meu filho, que se auto intitula um “performance maniaco” ele falou que por tras dos jogos, continua rodando toda uma parafernalia de aplicativos do sistema que na verdade poderiam “congelar” para aumentar a performance do jogo, falamos até de brincadeira no “Game OS” um SO compativel com o windows que faz este “chaveamento”.

    Podemos estar vivenciando uma mudança assim, uma simplificação de aplicações desktop e uma sofisticação dos sistemas distribuidos. Ou melhor uma migração do desktop para a web, eu pessoalmente uso intensivamente a suite google (docs, etc), agenda, notepad, bloglines,del.icio.us, dotproject, e por ai vai.

    Isto pode explicar bem a intenção da MS, que corre o risco de ficar com a “batata quente” na mão.

    Mas mesmo assim fica aquela sensação de que tem mais alguma coisa que eu ainda não pesquei…

  7. Espero que a Microsoft não consiga adquirir o Yahoo, já basta o dominio na área de sistema operacional (infelizmente).

  8. […] Alexandre Fugita, no Techbits […]

  9. eh galera, a microsoft ta afim de levar a yahoo pra casa, mas se há a possibilidade de a google se interessar pelo negócio, acho que não vai dah pra microsoft não. Pelo motivo de a google já ser a maior empresa de internet do mundo. Acho que se houver interesse a yahoo vai se tornar mais um dos sites de sucesso da google.

    Belo post, super interessante.

    vlw um grande abraço

  10. Cerca de 27 vezes o que o Google pagou pelo YouTube?? Já era, a era “Do you Yahoo!”?.

  11. 11. Marco disse em 9 fev 2008 - 09:10

    o google nao vai deixar que a microsoft compre a yahoo!
    nao lhes convem!

  12. ah e para mim tambem axo melhor que a microsoft nao compre!

  13. 13. Marco disse em 9 fev 2008 - 12:19

    Alexandre,
    Baixei o Messenger 9.0 windows Live Messenger BETA(version 2009 ,e não tenho tido sucesso em abrí-lo porque dá error code 81000032d
    Será que é porque o problema se resume só no BR ? Como devo proceder para ter sucesso?
    att, Marco

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email