Campus Party: falhas, falhas e falhas

por Alexandre Fugita

Campus Party 2008 Olha só que divertido. Resolvi acompanhar a coletiva de imprensa final do Campus Party como blogueiro do Techbits. Depois de muito discurso finalmente chegou o momento das perguntas. Como estava com algo entalado na garganta resolvi levantar a mão para pedir o microfone. A moça que controlava a ordem das perguntas logo chegou questionando se eu era de algum veículo. Normal, ela nunca deve ter me visto na vida.

Falha 1

“Sim, sou do blog Techbits”, respondi. E ela: “… é… nós estamos dando preferência primeiro para veículos de imprensa. Eu vou lá (apontou para os dinossauros) e se der você pergunta no final.”. Como? Questionei esse modus operandi, disse que eu sou um veículo como outro qualquer, que história é essa que blogs não podem perguntar na ordem da fila e só se sobrar tempo? Será que ela não viu nenhuma das inúmeras discussões sobre esse assunto que rolaram durante a semana?

Jornal Neandertal

No final consegui meu espaço e, claro, resolvi criticar na frente do trio organizador do evento o que tinha acabado de acontecer. Eu quis enteder por que diabos eles acabaram de se vangloriar de que o Campus Party Brasil teve 70% da banda usada para upload (ou seja, UGC segundo eles) e eu, que faço parte desse fenômeno, tinha que ficar à margem em uma coletiva? Os organizadores ficaram indignados com meu questionamento… Seriam eles dinossauros disfarçados?

Falha 2

Pra finalizar, já que estava em poder do microfone, fiz a minha pergunta planejada. Questionei o procedimento de segurança em relação aos nossos notebooks e computadores. Foi sorte não terem roubado nada. Vamos ver se eu entendi… eu subo à área de computadores com um notebook que ninguém sabe que é meu… circulo, circulo e na hora de ir embora tenho que provar que é meu… para provar é só ir aos postos de cadastros que se limitam a colar um adesivo violável com o número do seu RG. Hum…

Notebooks inseguros?!

Quer dizer que se eu achar um note por aí sem esse adesivo e reclamar a propriedade, o note passa automaticamente a ser meu? Isso mesmo! Ao invés de cadastrarem nossos gadgets no momento do check-in no evento – o que seria mais lógico – cadastram sem critério algum… é só mostrar e dizer que é seu… Que lógica é essa? E eles disseram que eu estava ensinando o segredo ao ladrão, insinuando que provavelmente só eu pensei nisso. A informação não é livre? Eles mesmo disseram algo assim 15 minutos antes, na palestra coletiva. Sério, não entendi nada! Será que se eu tivesse me identificado como blogueiro de aluguel da Intel o tratamento recebido teria sido diferente? Desculpem-me mas só entro as 16h…

Falha 3

Ninguém pode entrar no Campus Party depois da meia-noite. Claro, regras do parque. Mas então, por que diabos fizeram ontem uma festa em uma casa noturna grátis para os participantes? É só pra quem está hospedado em hotel/ mora em SP? Quem estava no prédio da Bienal sabe que se sair não volta… Regras do parque, tudo bem, mas então que façam a festa aqui dentro!

Falha 4

São três mil inscritos… cada um com um só crachá, não? O credenciamento de participantes foi extremamente falho. Um amigo meu está aqui com três crachás, sendo um deles do tipo “C”, de colaborador, verde. Mas ele não é colaborador do #cparty mas poderia facilmente colocar quem ele quisesse aqui dentro. Inclusive o ladrão citado pelos organizadores na falha 2. Claro, ele não fez nada disso, mas vi essa dos crachás múltiplos acontecerem com vários conhecidos meus. Espero que no ano que vem (e até 2013) essas e outras falhas sejam sanadas.

Falha 5

Ah, desisti… tá ficando um post gigante…

Comentários do Facebook
53 comentários
  1. 1. Luis Francisco disse em 16 fev 2008 - 16:17

    Pseudo veiculo de imprensa, mas na realiade um grande Ctrl-D/Ctrl-C, meu vc é retardado, está fora da realizade ou é demente mesmo ….

    Cara analisa seu blog e reveja seus posts, nada mais do copias de informações colhidas na net … e você ainda tem coragem de se achar um veiculo de informação …… audacia pura ….acorda cinderela ….

    Quanto as falhas .. falhas … falhas … porque você não tirou sua bunda da cadeira e foi lá ajudar a organização do evento …. só criticar quase na ultimo dia do evento não resolve nada, só mostra mesmo o quanto vc é destrutivo …..

  2. Bom, que tudo que aconteceu de errado nesta Campus Party sirva de lição para as próximas. Vacilos que aconteceram desta vez, não podem ocorrer novamente, pois como o ditado popular diz, errar uma vez é humano, duas já é burrice.

  3. 3. Zé disse em 16 fev 2008 - 16:30

    Quanta falta de educação hein? Será que esse Francisco é algum jornalista assustado?

    Tive muita vontade de ir à Campus Party, porém essas brigas e atitudes contraditórias conseguem apagar tudo o que o evento deveria trazer de bom.

    Acho suas críticas pertinentes.

  4. Não fui pois DETESTO aglomeração. E TENHO CERTEZA que roubaram alguma coisa.
    em todo caso…. não posso questionar os números sem provas. É como uma estatistica dizer que 50% dos motoristas compraram a carta e eu suspeitar que é MUITO mais.

  5. A Rosana Hermann já havia falado sobre o sistema de segurança da Campus Party no início da semana, e ninguém havia entendido.

    É um absurdo, isso sim, falar durante seis dias de colaboração, de novas mídias, e então durante a coletiva dar preferência aos veículos maiores.

    Queria é ver essa cena gravada. :P

  6. Luis, então você defende que o G1, da Globo seja um veiculo de informação?

    Mesmo chamando o SDK (Software Development Kit) do iPhone de “Kit faça-você-mesmo”?

    O TechBits tem posts bem mais confiaveis do que muitos “veiculos de informação”…

    Sem contar que muitas acessorias de imprensa simplesmente te ignoram se você é blogueiro, as vezes você vai atrás de informação e sai de mão abanando porque é blogueiro.

    E das quatro falhas que ele apontou, três já eram bem conhecidas. E uma aconteceu na hora :)

  7. Falha 5 – Os chuveiros não tinham cortina e é bem desagradável um monte de gente sem intimidade se lavando peladas lado a lado. Parece bobagem mas me incomodou pacas.

    Falha 6 – As palestras eram inaudiveis porque eram muito próximas umas das outras.

    Falha 7 – No primeiro dia não tinha nada para comer à noite, e não se podia sair do parque. Mas essa foi resolvida.

    Falha 8 – Era difícil saber os horarios da palestra, podiam ter feito um muralzão em algum canto ou um banner para cada área.

    E por ai vai :)

  8. Realmente, falhas como essas são absurdas…

    Outra coisa que também não entendo é… por que muitos dinos tem tido tanto medo de nós blogueiros?… esquisito né?!

    Mas…. bola pra frente… logo logo eles verão que estão errados e iremos tem nossa voz no meio deles… pois na internet… nossa voz clama muito mais alto!

  9. Todo evento tem suas atrações e falhas, normal algumas coisas escaparem à primeira vista. Se bem que algumas são imperdoáveis, como o caso dos equipamentos… Eu só espero que a organização do evento aprenda MESMO nas próximas edições! E um pouco de informação clara e flexibilidade nas regras, por favor!

  10. 10. Leandro disse em 18 fev 2008 - 00:17

    caros, não sou blogueiro nem “dinossauro”, mas um mínimo de educação caberia ao Sr. Francisco… Sem maiores comentários sobre isso… Quanto ao evento, concordo com a Fabiana: “herrar é umano” rs…

  11. 11. Fabio Badaró disse em 18 fev 2008 - 01:49

    Nossa gente, realmente a cada dia que se passa fica mais clara que a “junção” entre a mídia convencional e blogueiros não se concretizará; como alguns disseram aqui, também tive uma vontade imensa de ir ao evento, acompanhei “tudo” pelo Twitter e pelo VideoLog, mas não pude ir pelo preço das entradas, mas estou aqui (já que o Francisco “esporrou” suas opiniões não críticas) para dar minha opinião.

    Acompanho o blog do Fugita a tempos como anônimo(não respondo os post’s)e posso falar que aqui vc encontra uma série de colunas feitas pelo próprio Fugita e também vc encontra matérias relacionadas que estão em outros blog’s, mas….., qual é o mal nisso, a Web 2.0 tem um de seus conceitos mais importantes a troca de informação (Web colaborativa), foi esse o conceito que fez a Web se tornar o que é hoje, e se continuar assim, ficará melhor ainda.

    Animais abestados estão de alguma forma tentando atrapalhar esse progresso da Web, pois sabem que em um futuro(não tão longe) a Mídia Impressa e o Monopólio de informações das mídias tradicionais acabará.
    Atitudes como a do Francisco deixam claro que será travada uma guerra longa entre “DINOS”(em Extinção) X BLOGUEIROS, e se, a mídia tradicional está representada por pessoas como nosso amigo, está óbvio que não será necessário esforço algum da Web colaborativa para acabar com esse monopólio da Mídia abatida.

    “Quem não aguenta……..Chora”

    Espero respostas caro Fugita. Abraços

  12. 12. Neide disse em 18 fev 2008 - 08:56

    Olá,
    Não sou blogeiro nem jornalista, mas tenho acompanhado à distância essa discussão.
    Acho que o grande erro está em tentar generalizar tanto o grupo de blogueiros como o de jornalistas.
    Há jornais grandes e sérios, e há jornais pequenos e marrons; todos cometem erros (pois são feitos por humanos), mas os primeiros cometem muito menos erros.
    Igualmente, há blogs importantes (como o techbits e alguns outros), mas há uma grande massa de blogs que (desculpem a honestidade) pouco têm a acrescentar.
    O que me parece é que quando a grande mídia não dá a atenção a todos os blogueiros igualmente (no que ela está certa), forma-se uma onda que diz que “a imprensa não gosta dos blogs”; isso é tão errado quanto, por exemplo, constatar que o Estado publica as notícias da Reuters e ignora as da Folha do Amapá e concluir que “os grandes jornais não gostam dos pequenos jornais”.
    Acho que se os blogs importantes mantiverem-se como referência (caso do techbits) e tiverem a paciência necessária, conseguirão o reconhecimento da mídia; a grande maioria dos blogs, entretanto, permanecerá no anonimato.

    Abraço,

  13. É Fugita-san…por isso que eu acredito que a rma NG tem muito espaço neste mercado. Apesar da tradição em assessoria de comunicação, pensamos no lado social media “da força”. E vc fará parte deste trabalho por saber os problemas de quebra de paradigma da mídia tradicional para a nova mídia. Vamos em frente, agitar todo mundo! Abs.

  14. 14. Campus Nerd disse em 18 fev 2008 - 17:32

    “Falha 5 – Os chuveiros não tinham cortina e é bem desagradável um monte de gente sem intimidade se lavando peladas lado a lado. Parece bobagem mas me incomodou pacas.

    Falha 6 – As palestras eram inaudiveis porque eram muito próximas umas das outras.”

    De acordo como falhas, e ainda destacaria uma pequena falha :

    Falha 7 – Acabaram os prendedores das credenciais, os organizadores estavam distribuindo as credenciais com fitas de plástico sem a menor condição de uso.

    Outro problema foi com alimentação. Muitos participantes simplesmente não pagaram a alimentação, ou por não confiarem na qualidade da comida ou por não acharem que precisariam de café/janta/almoço por 7 dias, mas o evento não parece ter pensado muito nesse detalhe, já que a estrutura de alimentação para essas pessoas era de certa forma, precária.
    Ou você comia um lanche de microondas, ou um lanche “natural” ou um crepe, ou pipoca ou salgadinhos, ou um pedaço de pizza requentado (só no horário de funcionamento do andar de baixo… nada muito cedo ou muito tarde) ou até tomava um sorvete, mas não haviam opções próximas de refeições completas. 7 dias de porcarias não dá certo! Hahaha.
    Eu paguei alimentação, parecia comida de hospital mas não posso reclamar.

  15. 15. Rogério disse em 19 fev 2008 - 08:36

    Caro amigo,

    Da próxima vez, pq você não se oferece para organizar o Campus Party?

    E mais, imprensa é uma profissão regulamentada. Baixe a bola…

  16. Rogério, sinceramente isso nao faz diferença. Existem ótimos jornalistas e ótimos blogueiros, assim como péssimos representantes dos dois grupos.

    Nao ha motivo pra discriminação!

  17. Eu não fui mas estava ouvindo a CBN, e os caras comentaram sobre esta questão da segurança, eu também pensei caramba mais como que o cara vai provar que o Equipamento é dele é só dizer que é dele.
    Um dos organizadores do evento disse que algumas pessoas passaram sem ser revistados, que raios de negócio é esse.
    Agora o Francisco é meio nervosinho falhas acontecem, e são sempre bem vindas as criticas e sugestões.
    O cara se acha no direito de não levar nenhuma critica, seja lá quem seja o sugeito calma ai cabra macho.
    O post está otimo.

  18. Fugita… os adesivos eram invioláveis… você tirou ele do seu notebook??? Eles ficam inutilizáveis depois!!!

    E se a pessoa subiu com o notebook, não registrou, e depois roubarem ele, é burrice da pessoa que não registrou o notebook!

    Abraços

  19. Fugita…

    se você reparar… olhe o que o “jornalista” está olhando no monitor… o Livestream do BlogBlogs!!! :p

  20. […] mundo já sabe que o evento foi um primor em falta de organização e, novamente, mais um gerador da eterna e rançosa briga blogueiros vs jornalistas, muito bem […]

  21. […] acaba sendo requentada por mais preconceitos, como o fato ocorrido com Fugita, que relata um flagrante de preconceito com a blogosfera na coletiva de imprensa de encerramento do Campus […]

  22. Fugita,

    Ótimo post. Viu uma falha, tem que expor mesmo. Jornalistas “regulamentados de bola alta” fazem isso desde que a imprensa existe e vem 1 ou 2 abestalhados falarem merda porque se doeram.

    Vou dizer, a maioria dos jornalistas presentes no evento GRAÇAS A DEUS são boa gente, bem humorados e muitos eu conheço pessoalmente. Compartilhei pauta com alguns deles mais de uma vez, fazendo valer a indistinção que queremos conosco.

    Com relação ao “Luis Francisco”, nem escrever sabe. Certamente não é jornalista. Releva, é só mais um troll.

    Abração

  23. 23. Tatiana disse em 19 fev 2008 - 19:26

    O que achei engraçado foi que parece haver uma combinação para abafar os roubos. Mais engraçado ainda é esse lance de ¨não gostou? organiza aí¨, típico de gente sem argumentos.

    Quem está p-da-vida aí em cima com certeza não é jornalista, e sim organizador. Era só vc reclamar de algo, como a epopéia das barracas, que foi uma história RIDÍCULA, para que um organizador viesse e fizesse uma grosseria.

    É quase uma cientologia, essa empresa que organizou; os voluntários ficavam repetindo: não reclama, agradece a deus que você tem isso. Só que, desculpa, agradece P*** nenhuma. Foi um evento

  24. 24. Tatiana disse em 19 fev 2008 - 19:28

    O que achei engraçado foi que parece haver uma combinação para abafar os roubos. Mais engraçado ainda é esse lance de ¨não gostou? organiza aí¨, típico de gente sem argumentos.

    Quem está p-da-vida aí em cima com certeza não é jornalista, e sim organizador. Era só vc reclamar de algo, como a epopéia das barracas, que foi uma história RIDÍCULA, para que um organizador viesse e fizesse uma grosseria.

    É quase uma cientologia, essa empresa que organizou; os voluntários ficavam repetindo: não reclama, agradece a deus que você tem isso. Só que, desculpa, agradece P*** nenhuma. Foi um evento que encheu o bolso de muita gente. Nada foi de graça. Mas o brasileiro tem que aprender a exigir coisas de qualidade pro pessoal respeitar. Pode ter certeza que o evento só não foi pior porque muitos campuseiros ameaçaram entrar com ação na justiça.

    Fica a lição.

  25. Respondendo ao comentário absurdo feito pelo Luis Francisco:

    Seu comentário revela toda o alcance da sua ignorância, que simplesmente parece não ter limites. Se lá fosse no meu blog, ele seria automaticamente deletado, pela ofensa pessoal e pela sua falta de educação, mas como o Fugita é democrático, ele deixou passar.

    As críticas feitas pelo Fugita são construtivas e buscam a melhoria do evento, o que é bem melhor do que ficar puxando o saco dos outros. Agora guarde o seu recalque, volte para a toca de onde saiu, e recolha-se a sua insignificância.

    Um abração, Fugita!

  26. Olha, obviamente isso é uma demonstração de que o evento foi organizado “nas coxas”, ou seja, fizeram tudo meio que em cima da hora, e acabou nisso.

    Acho que no geral, o balanço foi positivo, pelo menos é a sensação que foi passada por tantos e tantos blogueiros que comentaram. Mas obviamente existem muitas falhas pra se corrigir.

    Quem sabe em 2009 a coisa já dê uma melhorada.

  27. Na boa, um dos fatores mais importantes para que um evento desse tipo aconteça é justamente a atuação divulgadora dos blogueiros. Burra, muito burra essa assessora que não te deu espaço na coletiva.
    Hahaha. Hilário.

    Beijos

  28. Pelo que acompanhei durante toda a semana do cparty via internet, houve falhas atras de falhas. ja fui em eventos grandes da mesma duranção do cparty, e garanto que teve mais organização que pelo q acompanhei… tomara que na próxima eles mudem a postura em relação a varias coisas!

  29. […] um ranço no ar. Daí casos como o dinossauro no aquário da imprensa, ou o Alexandre Fugita ser barrado na coletiva final. Pra mim é cansativo, pois sou jornalista E sou blogueiro, ambos com muito orgulho. E a discussão […]

  30. Olá a todos!

    Ocorreram várias falhas, umas mais graves outras menores, particularmente achei a segurança boa, e sim, como disse o Jonhy o lacre foi uma boa medida que, como toda medida de segurança precisa da colaboração do usuário (cadastrar seu equipamento na chegada!)

    Sobre a proibição de bebidas e etc… eu achei acertada, pois se proibiu os excessos, quem quisesse poderia sair e fazer o qe desejasse… há questões legais envolvidas na questão.

    Os próximos precisam melhorar em muitos pontos!

    Agora eu acho que um crítica fia mais qualificada quando se mostram os dois lados da moeda.

    Um leitor mais desatento poderia ficar com a impressão que o evento foi muito ruim e não foi o caso, nem na opinião do Fugita!

    Como teremos Campus Party até 2013 espermaos que todas coisas que julgamos ruins no evento possam ser melhoradas…

    PS: Jess, sem querer ser chato, mas já sendo… cortininha em acampamento! Isso é pequeno-burguês de mais para um ACAMPAMENTO!

    Eu acho que a organização precisa pensar em pacotes de hoteis próximos e com descontos para os inscritos no evento… e estou falando sério! Eu dormi 2 dias nas barracas e percebi que estou um pouco velho pra isso :-)

  31. 31. Vini disse em 23 fev 2008 - 19:46

    Muito bom conteúdo! parabéns Visitem meu site ;-) Pousadas e hotéis em Teresópolis

  32. ainda há muito para a sociedade brasileira no geral aprender em relação a blogs e blogueiros.

    em relação ao cparty só falta colocarem a culpa na má organização por ter sido feito aqui no Brasil.

    bom erros foram feitos para serem corrigidos e 100% de acordo com suas idéias.

  33. Isso porque você não teve que tomar banho lá…
    Aquela escada macabra, aquele box imundo e uma constatação alarmante: homens fofocam mais no banheiro que as mulheres!!!

  34. 34. cp_user disse em 25 fev 2008 - 13:43

    Cara, eu fique lah durante todos os dias, mesmo pq eu estava auxiliando uma das areas.
    O mais legal de tudo, foi que quando fui cadastrar uma das maquinas, simplesmente achei uma etiqueta intacta dentro da lixeira.
    O que eu fiz ? peguei LOGICO, pq de repente sobrava alguma coisa pra mim.
    Brincadeiras a parte se quiser eu te mando uma foto da etiqueta pra vc.

    Outra coisa, achei muito interessante, vc poder entrar e cadstrar a maquina depois, e na hora do cadastro a menina dizer:”Não se preocupa, que é só limpar depois que não fica manchado.”
    LOGO:
    Eu poderia ter ido pegar um Note qquer, retirar a etiqueta, limpar com alcool ou qquer coisa que valha, pois “não ia ficar manchado”, levar no “aquario”, pois somente na segunda e na terça tinha gente no balcão e mandar etiquetar com o meu RG (pq naum tinha cadastro de maquinas por RG e nen nada que ligasse vc ao eqpmento) e sair nakele exato momento do evento, levando o brinde pra casa, antes que o dono soubesse da façanha.

    PS. É não foi só vc que viu o “SEGREDO”…e como diz o velho deitado, “a ocasião faz o ladrão”.

  35. […] Na semana do Campus Party aconteceu uma coisa que eu confesso, não esperava ver na pele do Fugita, um dos blogueiros mais  profissionais e  conhecidos do mercado. Num bate-papo rápido ele relata […]

  36. […] Levando-se em conta que militares de qualquer lugar não são exatamente amantes de novidades e progressistas, a idéia de uma estrutura de divulgação envolvendo blogs é no mínimo inusitada. Nada mal, pelo visto é melhor lidar com os soldados do Tio Sam do que com a organização de eventos de tecnologia e Internet no Brasil. […]

  37. O proximo com certeza será melhor organizado, as coisas aqui no Brasil são assim mesmo… E ainda há quem encontre algum charme neste jeito largado de organizar…

  38. Oi, Cris

    Que bizarro o lance da coletiva. Como jornalista, fico indignado por você. Um evento voltado para amantes da internet e tecnologia não pode fazer isso.

    É uma péssima gestão da comunicação.

  39. […] também não ajuda. A frase que mais se escuta é “blog? Minha filha tem um”. O Fugita que o diga, quando se identificou como blog e quase foi […]

  40. Comentando meio tarde, mas está válido também.

    Acredito que essa falhas Fugita aconteceram pelo o fato de ser o primeiro organizado por aqui, é claro que isso não quer dizer que essas falhas estão relacionadas a maturidade da organização do evento.

    Quanto a “mídia-tradicional”, só lamento em saber que ainda exista isso por aqui. Estava acompanhado o debate entre blogs vs imprensa (a tradicional) , e sinceramente depois de 20min eu fechei a janela.

    Rídiculo esses debates, aonde não acontcem nada de novo, a velha e mesma discussão de sempre.

    Eu particulamente me vejo com um meio de comunicação, apesar que meu blog é totalmente pessoal, aonde falo do meu jeito, com meus erros (errar é humano) e ler quem quer.

    Quase um post esse comentário. :D

  41. […] esse post do Techbits de uma reclamação sobre o #CParty, um comentarista notadamente vestindo a carapuça da […]

  42. Até mesmo na festa que se mostra como o evento high-tech do ano, a mentalidade “dinossáurica” preodomina.

    http://fabianopereiradesigner.blogspot.com/

  43. Essas discussões entre “mídias tradicionais” vs blogs, é sempre a mesma coisa, nunca se chega a lugar algum. Lembra a discussão entre software proprietário vs software livre, igualmente improdutíva.

    Ao contrário de discussões fundamentalmente estúpidas como preconceitos raciais (onde a idéia absurda de que existe diferenças significativas entre as “raças” sustenta conclusões em que se é diferente, ou é pra melhor ou pra pior), discussões lógicas devem assumir que diferenças geradas por rupturas sociais, não são necessariamente efeitos adversos de um processo evolutivo. Blog, na minha opinião, é mais uma ramificação de mídia do que uma revolução (como geralmente é apregoado), quando mídias novas, como rádio ou televisão, apareceram, foram assimiladas com o tempo, servindo como complemento às já estabelecidas e não como algozes.

    O mesmo acontecerá com blogs, mas isso demanda tempo, e, paciência não é uma das qualidades mais difundidas na sociedade atual.

    Abraços

  44. 44. Felipe Zini disse em 5 mar 2008 - 10:46

    Tá de férias ?
    :[

  45. 45. Tigerface7 disse em 7 mar 2008 - 00:20

    É a pura verdade ,os ladrões estão em toda parte a esperar as oportunidades se eu tenho uma máquina que as vezes custou anos de ralação para afinar eu vou deixar ela dando mole em um lugar aberto e cheio de gente super boa e tambem gente super do mau? ,cara ,uma vez eu fui a um acampamento comum e como meu relógio quebrou a pulseira eu deixei na barraca ,mas pensei,vou enterrar o relógio em baixo do plástico que forra o chão da barraca.
    Quando voltei tinham cavado e roubado o relógio num acampamento de umas 200 pessoas eu vou culpar quem ??
    ficar dando facadas no mar ou chorar segurei minha onda e pronto,eu não saio com um note nem no quintal de casa….kkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!

  46. isso se chama falta de organização!

    aquele coments dos notebooks é evidente que se o cara tiver tal malicia…. monta uma loja de notebook na frente do campus party! =D

  47. E aí pessoal se vocês quiserem saber tudo sobre celulares como dicas, truques e lançamentos acessem o site: http://www.fuull.com

  48. […] Drops do almoço: Estava lendo o post do Fugita do Techbits sobre as falhas do Campus Party, e achei um detalhe interessante na foto que ele postou […]

  49. Caramba.
    Adorei essa democratização do blog!

    Muito bom o post, só achei também que quem lê de primeira acha que o evento foi feito SÓ de momentos ruins. Quando lí, eu achei.

    Não tive a oportunidade de ir mas na próxima quero estar lá! :)

    ótimo seu blog cara, passa lá no meu depois.

    Até mais e boa sorte,
    Thiago

  50. […] BrainStorm conta como foi o tratamento dado aos blogueiros. O TechBits também narrou sua estadia neste evento, indicando inúmeras falhas do […]

  51. legal o blog

  52. […] em suas estratégias de marketing, posts pagos, comentando sobre produtos. Embora ainda haja umarixa ou outra com a mídia tradicional, é inegável: os blogs vieram para ficar e são o veículo […]

  53. […] em suas estratégias de marketing, posts pagos, comentando sobre produtos. Embora ainda haja umarixa ou outra com a mídia tradicional, é inegável: os blogs vieram para ficar e são o veículo […]

Deixe um comentário

Faça apenas comentários relacionados a este post. Caso tenha dúvidas, sugestões, críticas, ou queira discutir qualquer outro assunto que não esteja relacionado a este post, entre em contato pelo formulário ou através do email [email protected]

Siga-nos no Twitter Nossa página no Facebook Assine o RSS Receba os posts pro email